Connect with us

Brazil Australia – Estudar e Trabalhar na Austrália

O Mercado de Trabalho na Austrália

Mercado de Trabalho na Austrália

Trabalho na Austrália

O Mercado de Trabalho na Austrália

Há cerca de 3 meses uma agência de recrutamento me contactou pelo Linkedin como acontece toda semana (não só comigo, mas com a maioria das pessoas aqui que estão no Linkedin). Apesar de não estar interessado em sair do meu emprego sempre respondo educadamente que no momento não penso em sair da empresa onde trabalho, mas que podemos conversar no futuro. Contudo ele me disse que tinha uma vaga perfeita para mim: Diretor de SEO de uma das maiores empresas no setor aqui na Austrália.

Pedi que me mandasse a especificação da vaga. Olhei, gostei, e decidi fazer uma entrevista. Não que quisesse mesmo pegar o emprego (acreditem ou não, não era minha intenção), mas  resolvi aceitar esta entrevista para ver primeiro como estavam meus conhecimentos na área e se eu realmente poderia me interessar pela posição.

Fiz as entrevistas, passei, gostei bastante da empresa e da posição, mas sabia o que aquele cargo iria exigir de mim. Trabalhar até bem tarde todos os dias, viajar para alguns dos 12 países onde a empresa tem escritórios e consequentemente abrir mão da faculdade de Teologia (Na verdade é Bachelor of Contemporary Ministry e não teologia, mas falo assim pra ficar mais fácil de entender) e de outras coisas que são prioridades na minha vida hoje.

Contudo, um dia depois da entrevista fiz um pequeno teste. Entrei nos principais sites de emprego no Brasil para saber quanto estavam pagando para a mesma vaga, afinal o crescimento econômico certamente aumentou os salários, mas para minha surpresa a vaga em questão não existia em nenhum dos principais sites de emprego que procurei. Parti para outra estratégia. Entrei nos site das maiores empresas de tecnologia, marketing e publicidade do Brasil em busca de alguma oferta. Nada!

Pensei comigo que se estivesse no Brasil hoje e quisesse continuar trabalhando na minha área estaria desempregado, a não ser que… A não ser que conhecesse alguém importante na minha área.

E é exatamente isso que quero explicar neste post que vai fazer toda diferença na sua vida aqui na Austrália e ajudar-lhe a entender o mercado de trabalho na Austrália e aumentar suas chances de ser bem sucedido ao procurar um emprego na sua área de formação ou experiência aqui.

O Mercado de Trabalho na Austrália

Não gosto de comparar, mas acho o mercado de trabalho na Austrália mais justo que no Brasil e é isso que poucos brasileiros entendem quando chegam aqui, mas que precisam entender para que obtenham as melhores oportunidades.

Outro dia estava em uma festa de aniversário de um amigo brasileiro e acabei conhecendo um cara de TI que havia chegado aqui há 3 meses como residente permanente e ainda não tinha conseguido um emprego. De fato, nestes três meses conseguira apenas uma única entrevista.

Conversando comigo e vendo que eu já estava há um bom tempo aqui e também trabalhava em TI ele me pediu: Pô Jerry, vê se fala com seus contatos ai pra ver se consegue alguma coisa ai pra mim.

Tentei explicar pra ele como funcionava o mercado de trabalho na Austrália, mas é muito difícil fazer isso sem parecer indiferente, afinal ele poderia achar que eu não estava querendo ajudar. Mas não foi isso, nem é. É o mercado australiano que não trabalha da mesma forma que no Brasil.

No Brasil seus contatos são muito importantes. Você tem um amigo, que tem um primo, que tem uma namorada que trabalha na empresa tal e este seu amigo vai falar com ele para te arrumar alguma coisa lá. O primeiro emprego que eu tive na vida, como coordenador de Marketing na BMW consegui assim. Jamais teria conseguido enviando meu currículo para lá ou pelo currículo que tinha na época que era praticamente nulo.

Aqui não funciona desta maneira. Vou contar um caso que vai explicar bem a situação.

O Jeitinho Brasileiro de Indicações

O CEO de um dos maiores bancos do mundo aqui na Austrália é brasileiro. Uma amiga minha trabalhou no mesmo banco no Brasil e o conhecia de vista. Depois de alguns anos aqui resolveu entrar em contato com ele. Falou com o cara que gentilmente e educadamente a atendeu (ai você entende por que algumas pessoas chegam nas posições onde estão). Na conversa ele pediu para ela lhe enviar o currículo e disse que ia contactar a gerente de RH e falar sobre ela (sobre esta minha amiga) e que ela deveria ligar para a gerente de RH no dia seguinte.

Meu emprego já está garantido! você diria, afinal o CEO aqui na Austrália de um dos maiores bancos do mundo falou pessoalmente com a gerente de RH sobre mim.

A menina ligou para a gerente no outro dia como combinado para simplesmente ouvir que eles receberam o currículo, mas infelizmente não iriam entrevistá-la no momento.

Esta situação exemplifica muito bem como funciona o mercado aqui. Não existe muito indicação. Não que a maneira como aconteça no Brasil é errada (apesar de eu preferir o modelo australiano), mas simplesmente é diferente o modo de se fazer negócios aqui. A diferença é cultural.

Aqui você pode ser o melhor amigo do filho do dono da empresa que você vai ter que aplicar para a vaga como todo mundo, ter seu currículo lido como todo mundo, ser chamado para entrevista como todo mundo (na maioria das vezes mais que uma. Em um emprego aqui eu tive que passar por 7 entrevistas) e ser descartado ou receber uma oferta de emprego como todo mundo. A indicação quase nunca vale nada.

Quando a Indicação Importa

Mas você vai me perguntar. A indicação nunca funciona. Não é bem assim. Quase nada na vida é absoluto e existem exceções para toda regra. A indicação só vai funcionar para o caso em que a empresa está precisando muito de alguém e ainda assim vai ser só uma indicação para eles lerem seu currículo e considerá-lo para a vaga, nada além disso.

Como Conseguir um Emprego na Austrália

Como eu disse, eu acho o modo como as coisas são feitas aqui na Austrália no setor de empregos muito mais justo e claro. Isso diminui bastante a corrupção, favoritismos e até nepotismo. Se eles contratam alguém é por que a pessoa ou é ou parece ideal para vaga.

Deste modo, veja o que você deve fazer para tentar (e conseguir) um emprego na sua área.

1 – Prepare um Bom Currículo

Este é seu cartão de visitas para qualquer vaga de emprego. Para se ter uma ideia as agências de emprego hoje nem leem mais currículo por currículo. Eles possuem um software que lê os currículos e baseados em keywords faz uma primeira pré-seleção de currículos para determinadas vagas. Somente os currículos selecionados são lidos. Mas isso não significa que seu currículo foi enviado em vão. Ele pode não servir para uma vaga hoje, mas pode servir para outra na semana seguinte.

Seu currículo deve ser claro, bem estruturado, contendo seus skills, sua experiência e PRINCIPALMENTE as suas conquistas na empresa. Por exemplo:

“Gerenciei o projeto de desenvolvimento de um sistema de integração para o banco tal numa equipe de 20 pessoas terminando o projeto dentro do prazo previsto e criando soluções que economizaram 500 mil dólares ao final do projeto”

Este é apenas um exemplo esporádico que eu inventei agora, mas serve para mostrar que você precisa mostrar em seu currículo como o seu trabalho foi importante para empresa. O que você fez que valeu a pena a empresa ter você lá e que valerá a pena a esta empresa te contratar. Você precisa colocar pelo menos umas 2 conquistas por emprego.

Também evite colocar 200 empregos ou qualquer coisa não relacionada à vaga. Quando trabalhava em uma empresa de tecnologia aqui recebi o currículo de um brasileiro e o cara estava aplicando para uma vaga de desenvolvedor PHP e colocou entre suas coisas sua experiência trabalhando como assistente na escola de inglês. O gerente de RH que receber este currículo nem vai ler o restante depois disso. Seja objetivo e coloque apenas experiências relevantes para a vaga. Se você está aplicando para uma vaga de programador ASP.NET não coloque sua experiência com Photoshop, Final Cut ou PHP> Eles querem alguém que dorme, acorda, respira e come somente ASP.NET

2 – Nunca, Nunca, Nunca… atrase para uma entrevista.

Aqui na Austrália 2 da tarde é 2 da tarde. Não é 1:55, não é 2:04. É 2 em ponto. Se alguém te chamar para uma entrevista às 2 da tarde não apareça no escritório à 1:15. Isso vai mostrar que você tem muito tempo livre e está desesperado para a vaga. Chegue mais cedo (para evitar imprevistos) e aguarde em um café na região e chegue à empresa apenas entre 5 e 10 minutos antes da entrevista. Chegar 5 minutos atrasado é quase certeza que eles vão te descartar. A lógica é que se você não consegue chegar no horário para uma entrevista você certamente não vai chegar para o trabalho.

3 – Fale com Clareza e Seja Formal

Seja sempre formal em seus modos durante a entrevista. Não faça brincadeiras, não perca muito tempo falando sobre outros assuntos e mesmo que eles sejam informais no início não veja isso como um convite à informalidade, mas como um teste para ver quão profissional você é. Jamais aja com informalidade em uma entrevista. Deixe a informalidade para as festas às sextas na empresa quando você for contratado (rola um happy hour toda sexta aqui na maioria das empresas).

4 – Seja Educado

Primeiramente agradeça por eles estarem te recebendo para entrevista e por o considerarem para a vaga. Caso não entenda uma pergunta faça uma breve pausa e diga. Excuse me. Would you mind to repeat that question, please? (Desculpe-me, você se importaria de repetir a pergunta, por favor). Aqui na Austrália os negócios são tratados com muita educação. Lembro-me que quando deixei uma empresa onde trabalhava aqui para mudar para outra, na festa de despedida meu chefe disse que eu fui o funcionário mais educado que ele já teve. O que acontece é que por entender esta preocupação e maneira como as coisas são feitas aqui eu sempre me forcei a ir além. Faça o mesmo, isso irá lhe ajudar bastante.

5 – Só Aplique para Trabalhos que Você é Capaz de Fazer.

Muita gente chega aqui e se empolga e e acaba aplicando para tudo que é emprego, atirando para todos os lados para ver se acerta em algo. Não faça isso. As entrevistas aqui são muito sérias e específicas. Parte da entrevista será sobre sua experiência, você como profissional, mas parte também será técnica e muitas vezes com questões bem difíceis. Nesta entrevista que fiz há 3 meses a pessoa fez duas perguntas bem complicadas e tão específicas que se eu não estivesse muito atualizado com o que estava acontecendo na minha área eu não teria como responder. Portanto esteja preparado a responder questões técnicas e resolver problemas apresentados.

6 – Não Minta

Muitas empresas vão tentar ao máximo conferir o que você disse. Portanto para evitar surpresas desagradáveis e mostrar que você é uma pessoa honesta tente sempre ser o mais sincero possível. É claro que você deve valorizar suas conquistas e quando digo isso não digo mentir, mas contar com entusiasmo aquilo que você realmente conquistou profissionalmente para sua empresa, mas sem mentir.

7 – Não Desista

Já contei aqui a história de um amigo de um amigo que era formado em economia e trabalhava como cleaner aqui na Austrália. Um dia, limpando um escritório de investimentos começou a reparar nos papéis que estavam em cima da mesa. Percebeu que tudo o que eles faziam ele entendia e sabia fazer. Na semana seguinte estava de terno e gravata indo para uma entrevista para uma vaga na mesma empresa que limpara uma semana antes. Pegou o emprego e hoje é diretor nesta mesma empresa. Por isso não desista, vá atrás, persista, você provavelmente vai levar 100 nãos, mas pode ser que o 101 seja um sim. Por isso lute e vá até o fim, você vai ganhar experiência e se tornar mais forte a medida que for passando cada etapa.

Onde Aplicar para Empregos?

Aqui na Austrália a quase totalidade das empresas anunciam vagas nos principais sites de empregos. A maioria dos anúncios é feito através de agências de recrutamento, ou seja, a agência vai fazer uma pré-seleção de quem eles vão enviar para cada cliente. Os principais sites são:

99% dos empregos na área disponíveis aqui na Austrália estarão anunciados em um destes sites. Prepare seu currículo, mande lavar sua roupa de trabalho, treine seu handshake e espere pelo melhor.

****************************************************

Acabei de chegar em casa, vou terminar uns trabalhos e assim que acabar volto para responder os comentários. Abraços a todos

Continue Reading
Advertisement
You may also like...
25 Comments

25 Comments

  1. Giovane

    August 16, 2012 at 9:32 am

    Dicas não só pra quem procura emprego na Austrália, mas também em qualquer lugar do mundo, não?

    Ótimo texto!

  2. Pra. Fabiana (SP)

    August 16, 2012 at 11:22 am

    Primeiramente parabéns pelo novo design do Blog, está muito bom mesmo! Achei este tópico muito importante, aqui no Brasil estamos tão acostumados com o sistema de indicação (vugo QI), que parece até difícil acreditar que não seja assim no restante do mundo, então acredito que este tópico vai ajudar muita gente.

    Desculpe mudar de assunto, mas quando estive na AUS fiquei na casa de um dos professores da Alphacrucis… (você certamente conhece) se pudesse faria um curso lá, visitei a escola, entendi como funciona, gostei de tudo, muito legal saber que está estudando lá. Go ahead and God Bless.

  3. Alexandre

    August 16, 2012 at 1:31 pm

    Olá Jerry, parabéns pelo blog!

    Estou indo para Austrália essa semana para um intercâmbio de 6 meses e tenho uma dúvida na confecção do meu currículo.
    Os empregos que vou procurar na Austrália, são os chamados vulgarmente subempregos, porém aqui no Brasil, minha única experiência de trabalho é de 3 anos como engenheiro.
    Minha pergunta é a seguinte, o que coloco na experiência no currículo, a parte de skills etc. Digo, vale a pena colocar que ocupei cargo de engenheiro aqui no brasil? Deixo a experiência em branco, falo que não tenho experiência nenhuma?

    ps: Sei perfeitamente que vc não é nenhum consultor de Rh, mas sei tb que conhece do assunto e pode me ajudar.

    Abs,
    Alexandre.

  4. Felipe

    August 17, 2012 at 8:52 am

    Jerry, boa tarde
    Primeiramente parabéns pelo blog, sempre que possível procuro entrar no site para me atualizar sobre a vida na austrália e matar um pouco das saudades que tenho dai.
    Fiz intercambio ai na australia de janeiro de 2011 a julho de 2011 e foi incrivelmente bom, fiquei encantado com o país e com vontade de retornar e quem sabe ter uma vida por ai.
    O maior problema para isso se dá por conta da profissão que escolhi.
    Estou cursando direito aqui no brasil, com previsão de término para julho de 2014.
    Gostaria de saber se teria como aplicar para empregos nesta área na australia, ou seria necessário fazer o curso de direito especifico do país.
    Fico no aguardo de resposta, por aqui ou pelo email.
    Atenciosamente,

    Felipe

    • Isabela

      August 18, 2012 at 9:44 am

      Eu tenho a mesma dúvida!!!

    • Felipe

      August 27, 2012 at 8:16 am

      Jerry, boa tarde

      Poderia, por favor, responder ao questionamento acerca da aplicação do curso de direito brasileiro ai na austrália ?

      fico no aguardo

      atenciosamente,

      • Isabela

        September 4, 2012 at 6:21 pm

        Sim, Jerry, responda nossa dúvida, por favor, estou mt curiosa!!! Ah, aproveitando o comment, queria saber, é vc q atualiza o site jasabia.com.br tb???

  5. andre

    August 18, 2012 at 5:52 am

    Grande post Jerry,

    Na Australia o mercado de trabalho é mais justo que o do Brasil sim. Senti isso na pele qdo mudei aqui para Brisbane.
    E apenas para informação o banco é o HSBC Bank e o Paulo Maia é o CEO.

    Abs,

  6. rui pereira

    September 25, 2012 at 8:49 am

    oi, tudo bem? eu sou português e gostava de trabalhar aí na austrália, pois isto por aqui está muito complicado. trabalho em serigrafia, mas tenho curso de electricidade de 5 anos e conheço bem o trabalho do campo. falo e escrevo +- inglês, mas estou a ver que é difícil arranjar aí trabalho. um abraço e muita sorte para ti

  7. Nadja

    October 2, 2012 at 8:41 am

    Olá Pessoal …. estou querendo ir para Austrália em Maio/2013 com meu marido para trabalhar será que as coisas estão boas por ai ???

  8. Pingback: 51º Domingão de Twittadas | Austrália | Diário de Mochileiro

  9. Débora Felipe

    October 8, 2012 at 3:11 pm

    Parabéns …o blog realmente é o primeiro passo pra qualquer um que deseja estar na Austrália…um guia fácil de nós Brasileiros…na verdade gostaria de saber como esta áreas como cabelo e estética…?
    Tenho planos pra trabalhar neste país e morar futuramente se assim for a vontade de Deus…mas Gostaria de saber mas a respeito se puder me ajudar…

  10. clodoaldo

    October 26, 2012 at 11:27 am

    ola Jerry,

    gostaria de alguma informacao sobre teu curso “teologico” tenho a mesma intencao e devo estar indo pra australia proximo mes, poderia te visitar na igreja? tb. tenho planos de levar minha familia 02 garotas adolescentes 15 e 14 e meu filho de 07 que nasceu durante os 12 anos que vivemos na florida, onde fui missionario.

  11. Pingback: Austrália | 155 dicas de turismo pelo Blog Mikix no Mundo | Domingão de Twittadas

  12. Gustavo

    January 17, 2013 at 8:58 am

    Bah,
    Como quase todos disseram, parabéns, excelentes dicas que servem para dar aquele clique e tomar a atitude correta.
    Quero te pedir uma recomendação. Estou indo para a Austrália como Italiano em maio e pretendo encontrar um bom emprego aí. Trabalho como eletrotécnico e sou formado em física.
    Qual seria a melhor cidade para eu me estabilizar e encontrar boas oportunidades de emprego?
    Abraço,
    Gustavo

  13. Jonathan

    February 2, 2013 at 11:13 am

    Estou pensando em ir para a austrália daqui 1 ano ou 2, trabalha na área de gastronomia, você pode me dizer como é o mercado por ai? tipo, faixa de salário e coisa e tal?
    Obrigado.

  14. Lucas

    February 25, 2013 at 8:19 pm

    Seria legal voce citar sobre as agencias de RH que publicam vagas falsas e arranjam entrevistas que na verdade nao tem vaga, eles fazem isso pra aumentar o database deles com informacoes de candidados, assm a empresa de RH aumenta o portfolio dela e consegue mais trabalhos, ou seja, voce vai e concorre a uma vaga, cria expectativas e quando descobre que tudo isso e uma grande fraude fica frustrado. Ja denunciei algumas empresas. A boa dica antes de ir a uma entrevista e nao perder tempo, eh logo perguntar se eles podem oferecer o “job description” … se eles comecarem a dizer que a vaga e confidencial suspeitem, pois hoje nao existe mais essa de confidencial pois quanto mais aplicacoes a empresa receber e melhor pra ela pois pode selecionar melhor. Tomem cuidado com isso

    • Jerry

      February 25, 2013 at 9:13 pm

      Bem mencionado Lucas.

      Isso realmente é um problema aqui. Realmente existe este problema de vagas falsas.

      Valeu

      Abs

  15. Flavia

    March 25, 2013 at 10:25 pm

    Existe idade máxima para aplicar para um emprego? Como designer grafico, pir exemplo.

  16. Isaac

    December 30, 2013 at 12:22 pm

    Parabéns cara, muito boa iniciativa e ombridade com seus irmãos aqui no Brasil que desejam uma oportunidade nesse Pais.

    Grato,

  17. Marines Elisete de Fraga

    January 12, 2014 at 5:02 pm

    Boa noite Jerry, muito legal teu blog,fiquei emocionada e ao mesmo tempo tranquila ,com todo esclarecimento sobre Austrália,minha filha ,e meu genro,moram a um ano ai em SYDNEI,vivo com coração na mão,pois meu genro é formado na área de computação ,será que seria possível me dar uma luz ,como posso ajudar eles de alguma forma,sempre que posso acompanho teu trabalho,é uma forma de me dar um pouco mais de tranquilidade sobre a vida ai,desculpe desabafo ,mas quem sabe você pode ajudar eles,abração!!Mari!

  18. Luciana

    April 9, 2014 at 3:44 pm

    Oi, Jerry! Tenho uma dúvida sobre os modelos de currículos. Aqui no Brasil, principalmente no mercado de comunicação, estão cada vez mais comuns os currículos diferenciados, que são quase ilustrações em formato de folder, revista, etc. Com fotos e fontes “descoladinhas” pra chamar atenção. Você teria modelos de currículos aplicados na Austrália? Obrigada, Luciana

  19. Gabriela

    June 10, 2014 at 6:28 pm

    Ola! Vocês tem informações sobre o mercado de Petroleo – Oil and Gas – na Australia? Tenho muito interesse nesta área… Obrigada!

  20. Douglas

    September 25, 2014 at 6:41 pm

    Muito bom. Concordo com praticamente tudo que esta no texto. Depois de trabalhar por 5 anos com Marketing e Midia Digital em Perth, Sydney e Melbourne, nao consegui um terceiro patrocinio e a empresa onde fiquei por mais de 2 anos nao apoiou o visto permanente.

    Tive que voltar recentemente. No entanto estou me organizando para voltar e recomecar a jornada novamente.

    O item ‘7-Nao Desista’ faz parte da minha vida de forma intensa. 🙂

  21. Michelle

    November 26, 2014 at 1:50 pm

    Oláa, tem um tempo já que leio o seu site e acho ele realmente muito bom!! Tenho uma dúvida que adoraria se você pudesse me esclarecer… Estudo biologia aqui no Brasil, e queria saber como são as áreas de atuação aí na Australia. Tanto em zoológicos, parques, reservas.. É fácil conseguir emprego? Claro, ainda sou estudante, mas nem que seja para algum estágio ou coisa do tipo. Se souber de algo nessa área e puder estar entrando em contato eu ficaria muito agradecida! Abraço,

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

More in Trabalho na Austrália

Jerry Strazzeri no Youtube

Posts da Austrália




To Top