Connect with us

Brazil Australia – Estudar e Trabalhar na Austrália

Vai ficar mais difícil se tornar cidadão Australiano

Vai ficar mais difícil se tornar um cidadão Australiano

Notícias

Vai ficar mais difícil se tornar cidadão Australiano

O primeiro ministro australiano Malcolm Turnbull muda as regras e vai ficar mais difícil para quem deseja se tornar um cidadão Australiano.

A Austrália vai exigir que a pessoa seja competente em falar inglês (hoje em dia não é necessário), tenha o visto de residente permanente por pelo menos 4 anos e esteja comprometido a abraçar os valores australianos.

As novas exigências para se tornar um cidadão Australiano

  • Os candidatos vão passar por um teste de inglês de leitura, escrita e audição (com isenções para pessoas com incapacidade e para crianças).
  • Quatro anos com o visto de residente permanente.
  • O teste de cidadania  vai ter “questões mais significativas” que avaliem a compreensão e o compromisso com nossos valores e responsabilidades.
  • Exigir que as pessoas mostrem o que fizeram para “se integrar e contribuir para a comunidade australiana” – como conseguir um emprego, ajudar organizações comunitárias e enviar seus filhos para a escola.
  • Limitar o teste de cidadania a três tentativas (atualmente não há limite).
  • Repetir automaticamente as pessoas que trapaceiam no teste.

“Pertenecer a família Australiana é um privilégio que só deve ser dado a quem apoia os nossos valores, leis e querem trabalhar duro para se integrar e contribuir para a Austrália se tornar um país melhor” disse Malcolm Turnbull.

De acordo com o Facebook da imigração Australiana as regras já valem desde o 20/04/2017:

Continue Reading
You may also like...
2 Comments

2 Comments

  1. Arthur Carvalho

    April 20, 2017 at 11:01 am

    Enquanto nossos “amados” políticos no Brasil estão abrindo as portas para todo tipo de “refugiados” entrarem no país – como se o Brasil fosse a terra da oportunidade -, a Austrália se mostra exatamente o contrário e na maneira correta de como deve ser. Aqui o intuito é aumentar as fileiras de protestantes de esquerda e radicais religiosos, sobrecarregando os já combalidos sistemas públicos de assistência, enquanto na Austrália somente pessoas comprometidas com seus valores e adaptadas em viver numa nova sociedade terão o privilégio de obter a cidadania. Assim, para nós brasileiros fica cada dia mais difícil acreditar que um dia o Brasil mudará e ao mesmo tempo serve de incentivo para procurarmos outro país para viver com dignidade.

  2. Andréia Carvalho

    April 23, 2017 at 2:30 pm

    Acho correto e fiquei surpresa pelo fato de até agora não exigirem o inglês… Falar a língua de um país é primeiro passo para uma boa integração, evitando os chamados guetos. Os países que conheço já tem requisitos similares: permanência mínima, língua, prova de valores… não me surpreendo com a medida.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

More in Notícias

Posts da Austrália




To Top
%d bloggers like this: