Connect with us

Brazil Australia – Estudar e Trabalhar na Austrália

Se eu Viesse para a Austrália Hoje

Dicas

Se eu Viesse para a Austrália Hoje

Se eu estivesse vindo para a Austrália como estudante hoje tudo seria muito diferente do que da primeira vez. Pela experiência própria e de amigos que tive aqui saberia como agir para errar menos, saber qual curso comprar, qual cidade vir, onde morar, etc.

Graças a Deus tudo no meu caso acabou dando certo. Peguei uma excelente escola, morei em um ótimo bairro e rapidamente consegui um bom emprego, mas não é assim pra todo mundo e vez por outra vejo as maiores histórias de terror por aqui.

Como esta semana uma amiga que está trazendo a irmã pra cá me disse que a Agência teve a CARA DE PAU de falar que a menina era OBRIGADA a comprar uma homestay, mesmo ela tendo uma irmã aqui e podendo ficar DE GRAÇA na casa da irmã, pois caso contrário o visto dela poderia ser NEGADO.

Eu poucas vezes me surpreendi com tamanha desonestidade, mas levando em conta o trabalho mercenário de algumas agências de intercâmbio eu não deveria me surpreender tanto. Por estas e outras resolvi criar este curto guia para que você que vem como estudante possa evitar cair em furadas e tenha um excelente tempo aqui sem gastar uma fortuna.

Escolas de Inglês

Existem muitas boas e muitas ruins. Das que eu conheço só recomendaria estas escolas. Algumas agências empurram umas escolas podres, pois eles tem uma margem maior de lucro com elas. Bata o pé para aquilo que você quer. Também pesquise muito antes de fechar qualquer curso.

Curso Técnico

Curso técnico vale apenas para duas coisas. Te manter em um visto de estudante na Austrália e para você impressionar seus amigos no Brasil. Eles são geralmente ruins, custam cerca de $300,00 a $500,00 dólares por mês aqui.Escolas que tem curso técnico de TI, Business, etc são na sua grande maioria uma furada.

As únicas excessões são TAFE, Le Cordon Blue (para Chefs), e mais um ou outro. Contudo um TAFE custa cerca de $10,000 a $15,000.00 dólares por ano para estrangeiros e acho que o Le Cordon Blue cerca disso.

A diferença é que estes dois cursos vão te ensinar realmente algo e acrescentar alguma coisa a seu currículo. Do resto, tirando um aqui e outro ali, a grande maioria não serve pra nada. Acredite.

Seguro Saúde Extra

Mais um Papa Dinheiro que as agências tentam te empurrar. O seguro saúde obrigatório já lhe cobre 100% de emergências, ou seja, você caiu, quebrou o braço, basta apenas ir à qualquer hospital público (não existe emergência ou pronto socorro em hospitais particulares na Austrália) e ser atendido.

Eu mesmo passei por isso diversas vezes, no caso de consultas médicas você sempre pagará uma porcentagem e o plano outra. Por exemplo, você foi ao médico, custou $40,00 dólares e o plano geralmente te reembolsa uns 70% disso.

A maioria destes seguros extras tem apenas a mesma cobertura que o plano de saúde obrigatório, ou seja, não vai te cobrir nada além disso aqui. Dizem que cobre dental, mas sinceramente eu pesquisaria mais a fundo.

Além disso, pelo valor que eles cobram estes seguros extras vale mais a pena pegar um cartão de crédito Platinum que já vem com seguro viagem. Mas cada um sabe o que quer e pode decidir se vale ou não a pena comprar.

Clique aqui para entender melhor o sistema de saúde Australiano e pagar menos em exames e consultas

Bairro Onde Morar

More sempre perto de algo que você vai passar a maior parte de seu dia ou de preferência perto de alguma estação de trem ou central de ônibus. Muita gente me fala que quer morar perto da praia, mas acaba passando metade do dia na escola, a outra metade no trabalho e só vê a praia às vezes aos finais de semana.

Se você morar na city, procure morar em bairros próximo à estações de trem como Rhodes, Central, Bondi Junction, entre outros.

Se estuda em Manly, procure morar também nos arredores e sempre veja qual a disponibilidade de transporte público no bairro onde você morar.

Tenho uma amiga que ficou em uma Homestay em French Forrest e tinha que voltar para casa todo dia antes das 6 da tarde, pois depois disso não passava mais ônibus. Eu mesmo em meu primeiro mês aqui fui em um aniversário na casa de um amigo e fiquei 3 horas esperando o ônibus.

Confira o Post: Melhores Bairros de Sydney/

Trabalhos

A notícia boa para quem vem como estudante é que em vários restaurantes e lugares onde fui estas últimas semanas vi ofertas de emprego. Certamente isso vai ajudar quem precisa se manter por aqui.

Contudo, evite a todo custo trabalhar em restaurantes estrangeiros, pois algumas culturas enxergam os empregados como semi-escravos. Procure empregos menos desgastante como cafés, etc.

Também para quem vem com a esposa ou namorada não as coloque para trabalhar em algo muito puxado, como cleaner. Além disso, para as mulheres. Evite trabalhar em qualquer emprego ou lugar onde você vai ficar sozinha em lugares mais isolados ou muito a noite.

Várias histórias que já ouvi aqui, mas não vou entrar em detalhes. Faça com que seu trabalho seja uma parte legal de sua vida aqui e não algo que lhe faça odiar a Austrália.

Dinheiro

Traga dinheiro suficiente para se manter por pelo menos 3 meses sem precisar trabalhar. Não use o Travelex ou qualquer outro cartão de trazer dinheiro. As taxas que eles cobram são irreais e muitas vezes els cobram uma taxa por saque.

EU trouxe Travelers Check da American Express. São seguros e você troca aqui exatamente a mesma quantidade que comprou. Digamos que tenha comprado 10,000 dólares, ao chegar aqui você vai sacar exatamente $10,000 dólares.

Tem uma taxa inicial para o saque, mas é barato. Saque tudo e coloque no banco. Abra uma conta assim que chegar aqui. Não precisa de ajuda. Chegue em qualquer banco com seu passaporte e o comprovante de que está estudando e fale: I want to open a bank account. Os caras vão se virar com o resto. Não tenha medo.

Vindo Como Casal

Se você vem com marido, esposa, ou namorado de mais de alguns anos vocês podem vir como dependente do marido/esposa como casados ou de Facto.

De Facto é a relação em que vocês não são casados no papel, mas vivem como se fossem. Aqui vale o mesmo que casamento. Por isso não acredite quando a agência lhe diz que vocês nao podem vir juntos como dependentes, pois não são casados.

Se vocês tiverem uma relação estável por mais de 1 ano, vivem juntos vocês podem entrar no De Facto.

As únicas maneiras de ter sua entrada negada é se você não comprovar todo necessário (dinheiro, curso, lugar pra morar, etc) ter algum problema sério de saúde ou criminal, ou mentir em qualquer coisa em sua aplicação.

De resto não se preocupe, pois a Austrália precisa de estudantes e você sendo honesto e correto não terá problemas.

Aproveite a Vida

Não chegue aqui desesperado por dinheiro. Não Vale a pena. A Austrália é um país incrível com muitas coisas legais para fazer, por isso balanceie bem seu trabalho, estudo e lazer. Curta a Austrália, vá à praia, piscinas públicas e aproveite as coisas boas que a Austrália tem.

Para os Mais Velhos

Quem vem depois dos 30, 35 anos precisa ponderar bastante para não fazer besteira. Depois vou fazer um post sobre isso, mas depois dos 30 é uma idade em que você já precisa estar com algumas coisas já definidas ou em definição, por isso este tempo aqui pode atrapalhar muitas coisas se não for bem planejado.

Estávamos conversando isso com um casal de amigos esta semana e nossa amiga deu a melhor definição pra isso. Depois conto no outro post. Não é por que é seu sonho morar fora que você deve largar tudo e fazer.

Indo para a Austrália depois dos 30

Continue Reading
You may also like...
24 Comments

24 Comments

  1. Marcelo

    July 24, 2012 at 9:25 am

    Quando uns amigos da França vieram para o Brasil trabalhar um tempo e queriam abrir conta em banco, eu perguntei: Você vai viver nos grandes centros ou em cidade menores? Metade ficou entre SP e RJ e a outra pelo interior do país. Para os primeiros indiquei os grandes bancos privados; para os outros o Banco do Brasil e a Caixa.

    Baseado nisso, Jerry, quando você fala em abrir conta em banco, você poderia também falar quais são os bancos que tem melhor rede de atendimento? Ou todas são iguais?

    Obrigado

    Abs

    Marcelo

  2. Fernando

    July 24, 2012 at 9:48 am

    Oi Jarry,

    Estou essa semana atras de compra de moeda…Fiz um planejamento pra levar AU$700,00 em papel moeda pois vou usar AU$620,00 logo de cara pra bancar as duas primeiras semanas de AP ai…(310,00 de bond e mais 310,00 por mais duas semanas).

    Pedi também pra agencia mais AU$5500,00 em VTM – Visa Travel Money. Segundo a agencia já está disponível VTM na moeda australiana não sendo necessário converter o dinheiro, só pagaria a taxa de saque. Isso procede??? Ou me aconselha levar um cheque de AU$5500,00 e sacar para depositar na minha conta???

    Quanto ao processo de dependentes tentei incluir minha namorada que mora comigo já mais a despachante que encaminha a documentação pra embaixada me disse que este ano teve reformulação nas regras e que agora somente com certidão de casamento, nem mesmo a declaração de união estável está mais aceitando…Isso tbm procede??? teria como incluir minha namorada como dependente mesmo eu estando na Asutralia já???

    Valeu pelas informações Jarry aguardo sua resposta para essas pequenas duvidas.

  3. Soraia

    July 24, 2012 at 9:53 am

    Oi Jerry tudo bem? mt legal seu blog, achei sem querer no google outro dia e li quase inteiro já, hehehe. com relação à homestay é isso msm q vc falou. meu noivo e eu vamos estudar na Kaplan, que fica no centro e no site easyroomate que vc passou, achamos um apto a 750mt da escola por 150 dólares a semana com os impostos, e no prédio tem academia e piscina. Com relação ao TAFE, se meu noivo fizer um curso em demanda (encanador por exemplo), vc acha q dá pra arrumar um bom emprego e quem sabe, dps, tentar uma residência?

    abs.

  4. Soraia

    July 24, 2012 at 10:05 am

    acho que o outro post q eu escrevi não foi, bom, de qualquer forma.

    Jerry, achei seu blog sem querer no google e já li quase inteiro, mt bom… esse lance da homestay, eu tinha 1080 dólares pra um mês, e no site que vc recomendou (easyrommate.com) achei um lugar pra mim e pro meu noivo no CDB, a 750mt da escola que vamos estudar (Kaplan) e custará 150 dólares por semana por pessoa. quase metade da homestay. Deixa eu tirar uma dúvida se possível? Vamos estudar inglês nos primeiros 5 meses pra tentarmos o IELTS, se dps meu noivo fizer um TAFE de encanador por exemplo (ou algo em demanda), vc acha que existe a chance de ele conseguir um bom emprego e tentarmos uma residência?

  5. Thais

    July 26, 2012 at 11:24 am

    Oi Fernando, tudo bem?

    Desculpe me meter, não sou o Jerry nem profunda conhecedora da Austrália, mas acho que toda informação neste momento que estamos indo é bem vinda. Estou embarcando com meu marido agora em agosto e estou indo como dependente no visto dele, nós nunca casamos na igreja nem no civil, mas temos uma relação estável de 4 anos, e uma declaração do cartório, mais algumas correspondências antigas para o mesmo endereço foram suficientes para provarmos nosso DE FACTO e nosso visto saiu rápido e “lindo”, inclusive sem nenhuma restrição de NO FURTHER STAY. Não tenho certeza, mas acho que já estando lá da pra incluir sua mulher sim, dá uma checada no site da imigração. Quanto a grana nós estamos levamos em VTM também.

    Jerry,
    Mais uma vez obrigada pelo comentários sempre muito úteis, principalmente sobre os cursos e vou esperar ansiosa pelo post ” dos mais velhinhos” …rs, que é o meu caso, eu com 30 e meu marido com 36 indo rumo a Austrália mês que vem!

    Abs

    • Fernando

      July 26, 2012 at 9:26 pm

      Ola Thais, obrigado pela informação vou pesquisar mais a respeito.
      Quero muito saber se ela pode entrar no meu visto mesmo eu estando por la…

      Quanto ao saldo em conta que a embaixada exige que comprove para cada mes vai ficar na Australia gostaria de saber se teve que comprovar o valor dobrado já que estão indo como casal?

      Quanto ao Jerry gostaria de saber dele se tem alguma informação sobre poder ou não incluir minha namorada no meu visto mesmo eu estando la já.

      Caso sim vou fazer este esforço e estando la a matriculo em um curso de ingles pra que ela também possa estudar e não fique parada. Assim trataria diretamente com as escolas e pouparia a comissão da agencia.

      Muito obrigado e boa sorte pra todos nós na Australia…Que Deus os abençoe…

  6. Thais

    July 27, 2012 at 8:15 am

    Oi Fernando,

    Nós tivemos que provar mais fundos sim, não é exatamente o dobro, seria +ou- cerca de AUD 2095,00/mês para o casal para viver durante todo o período na Austrália , isso sem contar que o curso já deve ter sido pago e passagens aéreas compradas. Se não tem que comprovar estes AUD 2095,00/mes + grana para curso e passagens.
    Dá uma checada neste link http://www.immi.gov.au/students/students/570-2/financial.htm
    ele tem todas as infos sobre requisitos financeiros para visto de estudante. ( eles mostram os valores por ano, aí é só dividir para ver a média mensal)
    O cálculo que fiz foi o seguinte: ( Pls, não tome isso como informação oficial, não sou agente de imigração, ok? só estou te dando uma noção, porque nós ficamos perdidos tb.)

    AUD 2095/mês para o casal x 7 meses ( 6 meses de curso + 1 de férias) = AUD 14665 X 2,20 = R$ 32263,00 ou seja nós enviamos para a embaixada um extrato com R$ 35 000,00 + comprovante de matricula (COE) que prova que o curso já estava pago + passagem aérea, mas o problema é que o extrato tem que ser tirado quase no dia que vc vai enviar os docs, justamente para eles saberem que você já pagou o curso com outro dinheiro e não que tirou destes 35 000,00. Se você não quiser correr o risco de comprar a passagem antes e o visto vier negado e vc perder dinheiro no reembolso, pode deixar para comprar a passagem depois, mais além da grana para viver você terá que provar mais cerca de AUD 2000,00 por pessoa para a compra das passagens!
    Essa foi umas das partes complicadas para nós, porque é muito dinheiro, mas graças a Deus organizamos tudo e deu certo.

    O legal do visto de dependente é que os dois podem trabalhar as 20hs semanais e não obrigatoriamente os dois tem que estudar, apenas o titular. No meu caso, meu marido que não fala inglês está indo como titular e com o curso pago e eu como dependente e por já falar um pouco de inglês ainda não paguei curso, vou deixar para ver isso lá conforme minhas necessidades ( o dependente pode estudar no máximo 12 semanas)!

    Se organiza certinho, consulte as informações no site da embaixada http://www.brazil.embassy.gov.au/ , planeja bem e com foco, que dá tudo certo!

    Boa sorte!

    • Fernando

      July 29, 2012 at 5:44 pm

      Olá Thais, meu visto ja saiu e eu embarco dia 06/08 saiu td certinho, como a despachante nos informou que não daria pra incluir como dependente pois não eramos casados e devido a mudança nas regras não estavam aceitando declaração de união estável resolvi nem aplicar o visto com ela como dependente, porem meu visto foi td ok…ja ta certinho, tinha pago o curso e a passagem ja estava garantida, vendi meu carro e mandei o comprovante de compra e venda informando que o dinheiro em conta era proveniente de um bem meu que estava em meu nome, sendo assim não houve problemas visto concedido sem restrições.

      O que quero saber agora é se é possivel solicitar a inclusão da minha mulher ja que moramos juntos a pouco mais de um ano e estamos juntos a 5 la da australia. se conseguir fazer isso ela vai no meu visto e não precisa comprar um curso…entendeu…

      Agora vou pesquisar um pouco neste site pra ver o que acho….

      Obrigado pelas dicas e informaçoes…

  7. Tania

    July 30, 2012 at 6:24 am

    Hey J, estou aqui agradecendo o seu blog, eu já venho pesquisando a mais de um ano sobre a Austrália e é sempre bom ter exemplos de brazucas que tiveram o mesmo sonho que a gente. Bem meu destino escolhido foi Melbourne, e apesar de ler bastante sobre Sydney a cidade me encanta, li o seu post outro dia sobre sua visita até Melbourne e ficou me dando coceira de ir logo kkk Mas ainda estou no processo de fechar com a agência e trabalhar pra ter o dinheiro pra ir, mas muito obrigada por suas palavras sempre ajudando quem precisa^^

  8. JOSUE

    July 31, 2012 at 8:46 am

    Jerry, boa tarde;
    Estou aguardando meu visto ser aprovado, enviei toda documentação atraves de uma agencia de intercambio bem conceituada, penso que vai dar tudo certo, se Deus quiser.
    Bem, tenho 47 anos e estou indo para estudar e aprimorar o ingles, pois preciso disto em minha área de segurança.
    Espero ter feito a escolha certa e aproveitar bastante o tempo que estarei por aí.
    Caso você queira continuar passando informações, encie para o mau email, vou ficar em home stay no primewiro mês (pacote) e estudas no TAFE por quase 4 meses, e daí em diante tenho que me virar como você mesmo sugeriu.

    Abs.

  9. Deise Cavignato

    July 31, 2012 at 9:57 am

    Muito bom este post. Obrigada pelas dicas, isso ajuda muita gente.

    Abraços!

  10. Adriana

    August 13, 2012 at 5:28 am

    Informações muito interessantes, sou uma das que cita no final, com mais de 35 anos, gostaria de informação sobre campo de trabalho para minha idade?

  11. Marcos

    August 13, 2012 at 7:51 am

    Cara, curioso sobre o post “partir depois dos 30”. Estou com 29 e querendo muito ir. Abraço e parabéns pelo posp/blog.

  12. Leandro

    August 21, 2012 at 11:36 am

    Jerry, tenho exatamente 37 anos, estou com um projeto de aprender ingles, pois eu não falo exatamente nada.. consultei algumas agencias e me indicaram algumas escolas, Selc, AIPE e English Language Company, vc conhece? Estava lendo seu guia, a agencia realmente me disse que tenho que contratar uma assistencia medica internacional, é realmente necessario? Já descartei a casa de familia, e em relação ao envio de dinheiro essa opçao de cheques achei interessante vou consultar… o que me preocupa é na trabalho vc acha que vou ter dificuldades devido a idade?
    Parabéns pelo Blog….

  13. Amanda

    August 22, 2012 at 9:49 am

    Oi Jerry! Parabéns pelo site. Estou indo para a Australia agora em outubro para turismo. Vou ficar uns 40 dias rodando por aí. O seguro obrigatório deve ser contratado aqui mesmo no Brasil, não é? Você tem alguma indicação?

  14. Dalila

    October 4, 2012 at 6:49 am

    Senhor Jerry, tenho 48 anos e quero sair de Portugal, quero ir para Austrália, não tenho planos em voltar a Portugal. Será possivél me inscrever em uma escola para aprender inglês, pois o que sei é muito minimo. Tenho uma filha com 22 anos, termina o curso profissional em teatro este ano lectivo, ela tem mais possiblidades que eu? Eu teria que ir com ela como guardiã? Para alugar uma casa aí é preciso ter trabalho, assim como é que ao chegar aí tenho onde ficar com a minha filha, eu sou viúva, a minha filha solteira. Obrigado pela sua atenção, aguardo repostas.

  15. Pingback: 51º Domingão de Twittadas | Austrália | Diário de Mochileiro

  16. Pingback: Austrália | 155 dicas de turismo pelo Blog Mikix no Mundo | Domingão de Twittadas

  17. Lívia

    January 16, 2013 at 4:38 pm

    Adorei esse site que você recomendou para acomodação. Os valores são muito bons relacionados com os que a agência nos passam. Em uma agência chegaram a dizer que em Sydney voce não encontraria um lugar pra ficar por menos de 200 dollares por semana..Poxa eu encontrei até de 88 dollares por semana nesse site que voce colocou kkkkk
    Obrigadaa esse seu blog é fantastico o melhor qu enecontrei até hoje 🙂

  18. Julia

    April 30, 2014 at 8:11 am

    Olá tudo bem.
    Gostei muito, gostaria de saber se pode me ajudar em uma coisa.
    Meu namorado irá no próximo ano e está tentando residencia permanente pois seu emprego e elegível, na área de TI.Não poderei ir com ele no mesmo momento.
    Depois que ele já estiver na Australia, posso tentar tirar visto daqui do Brasil como dependente dele ?
    Ou melhor eu ir pra lá ( Australia )como estudante e tentar ficar lá como dependente dele?
    Obrigado, abraços

    • Jerry

      April 30, 2014 at 4:06 pm

      Oi Julia, mesmo indo agora ele precisa te colocar como dependente do visto dele, mesmo se você não for agora.

  19. Rodrigo

    August 5, 2014 at 11:03 pm

    Olá Jerry, tudo jóia?
    Fiquei com uma dúvida relacionada a um assunto que vc comentou em seu post que é o seguinte – até que ponto vale a pena investir num curso técnico na Austrália buscando novas oportunidades de emprego – pq como o investimento é caro tem que ponderar se vale mesmo, se há chances de contratação reais após vc concluir o curso – pq outro problema também seria a questão do visto – vc conclui o curso e o seu visto vale só para mais um mês por exemplo – se vc não conseguir um emprego e validar seu visto nesse curto espaço de tempo é um grande problema.

  20. Luiz Thiago

    August 27, 2014 at 5:15 pm

    Olá Jerry,
    Eu e minha esposa estamos planejando ir para Austrália (Sydney ou Brisbane), e lendo o seu post e os comentários surgiram duvidas, poderia nos esclarecer?
    1º Eu e minha esposa já somos formados, sou da área de TI e já tem MBA em Projetos (Certificações PMI ; CAPM e ITIL , COBIT , PROJECT 2013), a nossa real intenção é ficarmos o máximo de tempo lá até mesmo conseguir um visto de trabalho. Então estávamos pensando em aplicarmos o visto de 1 ano de estudos e minha esposa como dependente ( Ela já tem o inglês intermediário.), acha que em nosso caso seria a melhor opção?

    Ah, somo evangélicos, sabe me dizer se existe adventista ai ?

    Muito obrigada!!!

  21. Pedro

    May 25, 2016 at 2:16 am

    Opa.
    Fazendo um TAFE na Austrália, por exemplo em Marketing, seria possível ultiliza-lo aqui no Brasil depois? No caso, tenho interesse em morar na Austrália, porém, caso precise voltar para o Brasil, esse curso me serviria como um Curso Técnico no Brasil ? tipo do SENAC

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

More in Dicas

Posts da Austrália




To Top
%d bloggers like this: