Brasil - Ponte Estaiada em São Paulo

Para quem ainda não sabe, estou no Brasil desde domingo passado em virtude de um falecimento na família. Não era exatamente a meneira que eu epserava visitar o país novamente, mas acabou sendo assim. Desta forma demorei um pouco para atualizar o blog, mas agora estou de volta. Por sinal o Brasil de hoje me parece muito mais rico e com uma economia forte do que 2 anos atrás, quando estive aqui pela última vez em 2010. Muitas pessoas reclamam que o Brasil está caro, mas algumas coisas como alimentação e valores dos imóveis ainda estão mais baratos que a Austrália.

Incrivelmente muitas coisas mudaram desde que estivemos aqui há dois anos. A maioria para melhor. É claro que ainda existem os problemas como trânsito, etc, mas mesmo isso foi muito menor do que eu esperava.

Trânsito

trânsito na Paulista  Brasil - Segundas Impressões Screen Shot 2012 11 19 at 3

Este sem dúvida está sendo o fator mais complicado para mim aqui no Brasil, não pelo trânsito em si, mas pela maneira que as pessoas dirigem. Sempre que possível prefiro fazer as coisas a pé, mas como quase nada dá pra se fazer apé por aqui o jeito é ir de carro mesmo. Na questão do trânsito, sim, ele existe, mas não é assim TÃO diferente do que costumava pegar às 8 da manhã indo de Northern Beaches para Sydney CBD. Ambos vão na mesma velocidade, porém o trânsito de SP é muito mais tenso e parece que demora mais. Aqui em SP tenho ido muito dos jardins para o Paraíso, Paulista, Vila Mariana, Morumbi, etc e pego algum trânsito, mas sempre chego no destino no horário. Apesar de haver muito mais carros aqui do que em Sydney, as vias de SP são maiores.

Preços

Um amigo que mora na Austrália esteve no Brasil recentemente e reclamou que tudo estava uma fortuna. Desta forma cheguei aqui já preparado para o pior. Porém em vários quesitos o valor das coisas aqui está cerca da metade do preço da Austrália. Vou listá-las abaixo até com o objetivo de orientar quem está indo para a Austrália.

Alimentação

Na Austrália como pelo menos uma vez por semana em um restaurante japonês normal. Nada requintado. O restaurante se chama Sushi Roll e é um daqueles restaurantes em que os pratinhos ficam rodando e você paga por prato, conhecidos como Sushi Train. Comendo normalmente, sem me entupir, na verdade até controlando, eu e a Michelle gastamos cerca de $35,00 dólares em um almoço comendo uns 6  a 7 pratinhos os dois sem bebida. Aqui, fomos em 2 destes restaurantes japoneses de shopping e gastamos os dois cerca de $35,00 reais com bebida (chá Lipton), ou seja, $17,50 dólares, praticamente a metade do que gastamos na Austrália.

Alguém pode falar que se eu for no Mori vou gastar 100 dólares por pessoa num rodízio de Sushi, mas na Austrália, pelo menos em Sydney, não existe nada que chegue perto de um Mori para comparar, existe o Tetsuya’s, mas o conceito é diferente e deve custar uns $250,00 dólares por pessoa.

Mas independente dos preços, não existe lugar melhor no mundo para sair para comer do que São Paulo. Tudo do melhor você encontra aqui. O melhor Hamburger como no St Louis, Joakins ou até o americano PJ Clarks, a melhor Pizza como o Basílico, Macedo, 1900, o melhor sorvete que conheci pela primeira esta semana no Baccio de Letche, as melhores carnes como no Rubayat, Rodeo, as melhores padarias e inclusive um dos melhores restaurantes do mundo, o Dom do Alex Atalla fica em SP.

Roupas

As roupas aqui no Brasil custam praticamente o mesmo que na Austrália. Comparamos o preço da Zara aqui no Brasil com o preço da Zara na Austrália e convertendo o valor é praticamente o mesmo. Contudo não existem no Brasil lojas mais baratas (eu pelo menos não achei ainda) e com roupas interessantes como a Cotton On da Austrália.

Carros

Os carros aqui no Brasil são mais caros que na Austrália, mas nada que o dobro como diziam pra mim. Uma Captivas completa por exemplo sai por cerca de $9.000,00 dólares a mais. Apesar do valor maior, é incrível a quantidade de carros importados que vejo nas ruas por aqui. O Mitsubishi ASX que na Austrália é mais barato por vir do Japão, mas ainda assim é um bom carro (carros japoneses são considerados carros mais populares na Austrália) aqui no Brasil se vê mais que Gol. A cada esquina tem uns 3, 4 no trânsito. Na Austrália os carros mais caros são geralmente os Europeus, já os japoneses e coreanos são mais em conta. Por exemplo um Volkswagen na Austrália é considerado um carro melhor que um Mitsubishi ou Toyota. Já no Brasil o VW é considerado mais popular em geral.

Um amigo me disse que está muito fácil comprar carro no Brasil por causa dos financiamentos, por isso tem tanto carro caro nas ruas. Contudo, no geral os carros na Austrália são relativamente mais baratos.

Entreternimento

Outro quesito que o Brasil também me surpreendeu foi entretenimento. Esta possibilidade de pagar meia sendo cliente de tal banco, ou operadora, ou ter carteira de estudante ajuda muito. Fui em um cinema extraordinário em um shopping e gastamos $45,00 reais (cerca de $22 dólares) para dois convites para uma estréia em uma sala VIP de cinema. Na Austrália gasto $30 dólares pelos mesmos dois convites para uma sala comum sem ser pré estréia. Para uma sala comum, mas muito boa no shopping gastamos $24,00 reais. Cerca de 12,00 dólares. O mesmo vale para teatro e outras diversões.

Shoppings

Por falar em Shoppings ficamos impressionados com os Shoppings que vimos em SP. O Novo JK é sem dúvida um dos soppings mais bonitos que já vi, no mesmo nível ou melhor que o Millenia Mall em Orlando e só perde para o Sian Paragon na Tailândia. Isso sem falar no Shopping Cidade Jardim que não perde nada para o The Grove de Los Angeles. Os Shoppings em Sydney ainda são meio fracos. O melhorzinho é o Westfield de Bondi e da City que são considerados os melhores shoppings de Sydney.

Academias

Neste conceito o Brasil está a frente inclusive dos EUA. As academias estão extraordinárias. Quem dera eu tivesse uma academia assim para treinar todos os dias na Austrália, como a Rebook ou a Bodytech. Depois preciso fazer só um post sobre estas academias, mas nunca vi nada igual. Além da academia linda, moderna, com os últimos equipamentos do mercado, você tem uma grade de aulas incrível que inclui até jiu jitsu, MMA, e Spinning Aquático, além de aula de Thriatlon e até Circo. Fora os vestiários privativos, toalhas, shampoo, condicionador e sabonete líquido gratuíto, lanchontes naturais fantásticas, SPA super moderno e tudo que você pode sonhar em uma academia. É claro que elas são no geral bem mais caras que as academias na Austrália, mas também são incomparáveis. Na Austrália gasto $100,00 dólares por mês na Fitness First, uma academia bem feinha, com aparelhos velhos e só as aulas são vantajosas. Aqui no Brasil uma BodyTech sai em torno de $250,00 dólares por mês, mas é mais um clube que uma academia.

Quando estive nos EUA este ano estava conversando com um cara na academia e ele disse que as academias que mais dão dinheiro da rede que ele trabalhava estão no Brasil e consequentemente as melhores academias estavam lá (no Brasil) hoje em dia.

Salários e Emprego

Estive em uma reunião semana passada com uns amigos que trabalham no mercado financeiro aqui no Brasil e eles estavam me explicando as peculiaridades do Brasil que fizeram com que muitas empresas multinacionais que vieram para cá tivessem que se adaptar. O mercado brasileiro é único e bastante diferente da maioria dos mercados internacionais.

Contudo, os salários no Brasil para cargos senior estão equivalentes aos da Austrália e EUA. Tanto é que fui almoçar em um shopping numa área próxima à várias grandes empresas e prédios de escritórios e ouvi pelo menos uns 3, 4 idiomas o tempo todo, fora os gringos falando português com sotaque.

A Austrália contudo possui salários consideravelmente mais altos para quem está iniciando, ou saindo da faculdade e para empregos mais braçais. Para bons cargos em vagas senior os salários estão equivalentes para algumas profissões e menores para outras.

Geralmente profissões com muita oferta de profissionais aqui no Brasil possuem menores salários, mas nem por isso são ruins e vejo que quem está batalhando, fazendo MBA, Pós, correndo atrás está colhendo excelentes resultados.

Qualidade de Vida.

Muito me perguntaram sobre a qualidade de vida na Austrália e eu sempre respondi: É sensacional. A Austrália possui lindas praias e muita natureza que podem tornar a vida mais agradável. Digo “PODE”, pois não é todo mundo que experimenta isso. Se você trabalha na Austrália das 8 da manhã às 8 da noite, chega em casa, toma banho, janta e vai dormir, esta qualidade toda não vai fazer muita diferença. Mas para quem consegue equilibrar bem o tempo de trabalho e o tempo pessoal consegue aproveitar bastante.

Contudo, São Paulo tem melhorado neste aspecto. Não se compara com a Austrália (na verdade acho que nenyum lugar do mundo se compara a Austrália em qualidade de vida), mas tem melhorado. Tem sido criado muitos parques, ciclovias e vejo cada vez mais gente nas ruas aos finais de semana e à noite, em parques como o Ibirapuera, Burle Max, Parque do Povo, entre outros.

Ritmo

Está aí uma coisa que não me adaptei de jeito nenhum aqui. O ritmo de SP é muito intenso. Tudo é muito rápido e parece que tudo é feito com pressa. Na Austrália não é assim. Tudo é feito com mais calma, mais paciência (geralmente) e acho que já me adaptei ao ritmo australiano.

Gentileza e Atendimento

Algo que me impressionou aqui foi o atendimento, Como as pessoas aqui são prestativas. Fui a uma loja de decoração (aquelas como objetos modernos e descontraídos de decoração) e o cara me atendeu tão bem que pensei que ele fosse o dono da loja. Quando perguntei ele disse que não, que era apenas o vendedor. De supermercados à restaurantes, de academias à lojas, só em Bangkok fui tão bem tratado. Todo mundo é super prestativo e anda a “extra mile”pra te atender.

Quando fui fechar o plano de academia, minha condição era muito específica, pois não podia fechar um plano, uma vez que logo estarei voltando para a Austrália. Haviam mais umas 5 pessoas fechando plano ao mesmo tempo, ou seja, a academia não estava desesperada por alunos. Mesmo assim a menina que nos atendeu abriu uma exceção (na verdade abriu 3 exceções), falou com o supervisor, mudou todas as regras só para nos atender e foi tão simpática que novamente parecia a dona.

Só fui mal tratado em uma empresa que mencionarei depois, mas desta eu já esperava e vocês vão entender. Telemarketing aqui também é terrível

Aerolíneas Argentinas

Vim para o Brasil de última hora, pois minha avó havia sido internada no hospital. Como precisava chegar aqui o mais rápido possível peguei o voo mais rápido e mais próximo que significava vir pela Aerolíneas Argentinas.

Ela faz Sydney – São Paulo em 20 horas, muito menos que todas as outras. Contudo o avião é regular pra fraco, mas a velocidade com que se chega aqui acaba compensando. Não há TV nos assentos, e o avião é velho. E como mencionei acima, fui super mal atendido quando liguei para remarcar minha passagem de volta. Não recomendo de jeito nenhum a não ser que esteja muito mais barato ou você precise chegar rápido ao seu destino, mas sem dúvida uma das piores companhias que já viajei, tão ruim quanto os voos domésticos da American Airlines nos EUA ou a AirAsia na Ásia.

A Vibe no Brasil

O Brasil é um país misturado em todos os sentidos. Tem de tudo e gente de tudo que é jeito. Graças a Deus temos bons amigos e uma grande família aqui, e isso nos ajudou bastante a superar este momento difícil. Fiquei impressionado com a animação do brasileiro que está aqui. Bares lotados, gente saindo o tempo todo, você conhece uma pessoa num dia e às vezes no dia seguinte ela já se torna sua melhor amiga. Tivemos muita gente que mal conhecíamos e que fizeram de tudo para tornar nosso tempo aqui menos difícil e muito mais agradável.

A amizade na Austrália é um pouco diferente. Graças a Deus também fizemos bons amigos na Austrália, mas não foi tão fácil. Não no sentido de fazer amigos, mas sim no sentido de ter que deixar certas pessoas saírem da sua vida para que você possa estar perto de pessoas que realmente querem o melhor pra você. Isso por que na Austrália todo mundo (brasileiros) é imigrante e parece que rola uma espécie de competição velada para ver quem se dá melhor. É quase como se todo mundo estivesse trabalhando na mesma empresa e vez por outra um quer puxar o tapete do outro só pra se destacar ou para tentar provar algo. Não é a toa que a maioria dos brasileiros deportados da Austrália são pegos trabalhando mais que o permitido ou fazendo algo ilegal depois de terem sido denunciados por algum “amigo”.

E como eu disse em outros posts, se eu pudesse dar apenas um conselho para esta “gente boa” que vai para a Austrália seria tentar se juntar com pessoas que querem o seu melhor e vão lhe ajudar a crescer. Pessoas que querem seu bem de verdade, que torcem por você. Também tenha a mesma postura em relação aos amigos que você fizer lá.

Porém também tiveram algumas pessoas sem noção que não entenderam que viemos para o Brasil enterrar minha avó e em vez de oferecer um ombro amigo só contactavam para pedir algo. Acho que gente assim tem em todo lugar.

Gente Bonita e Alegre

Parece que este boom econômico brasileiro refletiu no visual e na alegria das pessoas. Em quase todos os lugares que vamos o povo está super bem vestido, sempre animado, sorrindo, conversando. Fiquei feliz em saber que o Brasil está assim

Segurança

Não me sinto seguro aqui em SP. Não tem jeito. Todo mundo leva tudo na boa, mas acho que as pessoas te colocam tanto medo em relação ao Brasil quando você está na Austrália que você acha que vai sair do aeroporto e ser baleado. Não é assim, mas nem por isso é seguro. A impressão que tenho às vezes é que não se pode dar mole, mas ai vejo meu cunhado saindo de Mustang Shelby 500 e alguns amigos de BMW X6, Mercedes, etc, como se fosse a coisa mais normal do mundo. Então acabo pensando: Não deve ser assim tão perigoso, pois senão eles seriam os primeiros a serem vítimas.

Não vou dizer que o Brasil é seguro. Em comparação a Austrália não é. Nem um pouco. Na Austrália você saca 500 dólares no ATM no meio da rua sem olhar pra trás, ou entra no ônibus com Ipad, Iphone e tudo mais no ônibus às 6 da tarde sme qualquer medo. Mas acho que São Paulo, ainda assim é bm mais segura do que se ouve falar nos noticiários. Isso Não quer dizer que eu me sinta seguro aqui. Não, não me sinto, mas acho que com o tempo posso ir me acostumando.

A Vida no Brasil

Vim pra cá na pior viagem que alguém pode fazer. Cheguei aqui com minha avó no hospital e ela veio a falecer 4 dias depois. Contudo, estar perto da família foi muito bom. Deus sabe de todas as coisas e acabou sendo muito importante esta viagem.

Num momento difícil como este você vê quem é seu amigo e quem não é e acabei me surpreendendo com o carinho e apoio de tantas pessoas que eu nem esperava. Desde nossa saída da Austrália nossos amigos nos deram muita força e aqui alguns amigos nos deram tanto suporte que realmente nos tocou bastante. Algumas pessoas até que eu não esperava abriram mão do seu dia de trabalho para nos ajudar e somos muito gratas a Deus e a elas por tanto apoio. O que me impressionou também foi que todos os meus amigos de infância, alguns que não via há 15 anos, me contactaram oferecendo ajuda e suporte nesta hora. Estão levando eu e a Michelle para cima e para baixo, temos conhecidos vários lugares legais, novos restaurantes e até estamos sem graça, pois ninguém deixa a gente pagar nada. Outro dia conhecemos um restaurante de Fondue chamado chalezinho com uns amigos. Simplesmente incrível.

A correria na Austrália e o dia a dia por vezes vai fazendo que você se torne mais distante dos seus amigos e familiares no Brasil. Não faça isso. Se você mora na Austrália ou está indo para lá, Venha para o Brasil visitar seus amigos e familiares sempre que puder. Não deixe que sua vida na Austrália lhe afaste do Brasil e de pessoas que foram e são importantes para você aqui.

Saudades da Austrália

Amo muito o Brasil, mas nesta segunda vinda pra cá também tenho sentido uma saudade muito grande da Austrália e dos nossos amigos e familiares lá. Morar em outro país é isso. É como ser filho de pais separados, você não pode estar com os dois o tempo todo por mais que queira.

Por dias me pego super homesick aqui apesar de todo apoio que recebemos e às vezes até penso em antecipar minha volta. A Austrália agora também se tornou nossa casa, em certos aspectos mais que o Brasil. Mas nem por isso esqueci do meu país. Bom seria que o Brasil e a Austrália fizessem fronteira, certamente muitos dos empecilhos de morar fora acabariam.

Muitas vezes estou fazendo algo aqui e lembro de um amigo na Austrália com quem gostaria de estar naquele momento, da mesma forma que sinto o mesmo quando estou lá em relação aos amigos e família no Brasil. Por isso que nesta minha viagem pra cá estou tentando convencer todo mundo que encontro a se mudar pra lá e quem sabe assim resolver de vez os problemas de se morar tão longe.

O Blog

Apesar de estar estes dias aqui no brasil vou estar sempre atualizando o blog com assuntos da Austrália, respondendo as perguntas que foram enviadas e lhe passando o melhor da Austrália.

Espero que entendam esta pausa de duas semanas em que o blog ficou sem novas atualizações, mas já estou com vários posts sobre a vida na Austrália prontos para serem publicados. Também estarei respondendo as perguntas enviadas, ate o momento foram quase 300.

Abraços

Solicite Orçamento 160×160
SHARE
Previous articleCoffee in Australia
Next articleSaturdays in Sydney
Jerry Strazzeri
Jerry Strazzeri vive na Austrália com sua esposa desde 2006. Trabalha como Analista Digital na Austrália já tendo trabalhado em empresas no Brasil e Estados Unidos. Cidadão Australiano, junto com seu trabalho está concluindo uma graduação em Leadership. Junto com sua esposa Michelle, foi responsável por diversos sites na área de educação e TI e criaram o Brazil Austrália em 2006 para ajudar aqueles que estavam imigrando ou vindo estudar na Austrália. "Mas eu e a minha família serviremos ao Senhor" ~ Josué 24:15 Veja meu outro blog - Siga-me no Quora

18 COMMENTS

  1. São Paulo é realmente impressionante. O que tem de melhor em SP certamente compete com o que há de melhor no mundo (tecnologia, gastronomia, cirurgias robóticas, riqueza – vi um colar de R$ 450 mil no Iguatemi!). Infelizmente o que há de pior também compete com o que há de pior no mundo (falta de infraestrutura, pobreza, trânsito, etc).

  2. Olá Jerry,

    Primeiramente meus sentimentos pelo acontecido com sua avó, meus sentimentos mesmo.

    Tudo isso de bom que aconteceu em meio a esse turbilhão, isso é apenas um reflexo do que você é para muitas pessoas e nem imagina Jerry. Sempre acreditei que você escreve o blog por pura paixão e prazer em ajudar pessoas que 100% das vezes você nunca viu ou verá na vida.

    Pessoas como você são poucas e tenha certeza que você e sua familia nunca serão desamparados, primeiramente por Deus e saiba que terá sempre boas energias vindas de pessoas como eu, que você tanto ajuda através dos seus textos.

    Um forte abraço pra você e toda sua familia.

  3. Jerry, como sempre você é sempre ótimo em suas colocações. A única coisa que acabo discordando um pouco de você é a conversão entre o que se paga em Real para o que se paga em Dolar. No fundo isto é ilusório. Quem ganha em dolar, gasta em dolar. Quem ganha em real gasta em real (Na maioria das vezes).

    Eu acabei criando um mecanismo que ouvi de um amigo. Quantos dinheiros vale tal coisa.
    No Brasil se paga x dinheiros, e na australia x dinheiros. Assim acho que fica mais justo a comparação.

    • Gisele,

      Concordo com você. Ainda mais porque a dificuldade para conseguirmos juntar 10.000 reais no Brasil é diferente de juntar 5.000 dólares na Austrália (considerando o dólar australiano como valendo o dobro do real). Apesar de não podermos fazer uma simples conversão entre moeda, os relatos que o Jerry descreveu ficaram ótimos para podermos ter uma ideia do custo de vida nos dois países.

    • Jerry, meus sentimentos a voce e toda a familia!

      Concordo em genero, numero e grau com a Gisele! Dizer que no Brasil a churrascaria custa menos que na Australia, so se for pragente que ganha em Dolar! 😉

      Uso tambem o conceito do “dinheiro”, um carro no Brasil custa 100mil dinheiros, e aqui na Australia o mesmo custa 40mil dinheiros – eh MAIS DA METADE do preco.

      Claro que essa teoria so eh valida quando vc ganharia por exemplo 5000 dinheiros em ambos paises… Se chegarmos ao ponto que o trabalho que paga 5000 dinheiros na Australia paga 10000 dinheiros no Brasil, ai a conversa muda 😉

      Abraco,
      Renato

  4. Realmente, SP não se pode confiar, mas venha para cidades do interior como Santa Barbara d’Oeste (muito desenvolvida, cultura americana) e Marília (muito desenvolvida, cultura anglo-italiana). Realmente, Austrália é mais segura e desenvolvida, mas o Brasil é emergente, e para países com dimensões continentais chegarem a esse nivel que chegamos, é dificil pra caramba, enfim, estamos muito felizes por isso, pois o Brasil precisava mesmo melhorar 🙂

  5. Olá Jerry;

    Desculpe discordar um pouquinho é que acho que graças a Deus você se encontra numa posição privilegiada. Realmente o Brasil está relativamente melhor do que há 2 anos atrás mas continua deixando e muito a desejar se comparado a outros paises.
    Que bom que vocês puderam presenciar tantas coisas boas que SP tem a oferecer mas não é o que ocorre com a grande maioria dos brasileiros. Os salários melhoram sim mas a alimentação concequentemente tambem, um casal não gasta menos de 100 dinheiros numa saidinha a noite para ir ao cinema e jantar. A segurança ta um caos, morrendo toda noite uns 30 e a politica nem se fala… SP é linda e deslumbra muito quando se fala da Paulista mas a realidade é que com a especulação imobiliaria é provavel que a maioria continue nas periferias das zonas de SP.
    Pelo menos tenho certeza que quando eu estiver pagando impostos na Australia eles serão revestidos em beneficios para a população e não para sustentar politico corrupto. Desculpe o desabafo.

  6. Seja bem vindo Jerry. Meus sentimentos. Pois é, o Brasil cresceu, evoluiu, mas esses últimos dias a violência tem aumentado muito por conta dos conflitos entre a polícia e o crime, uma verdadeira guerrilha civil. Por outro lado estive no Rio de Janeiro há uns dia… eu morria de medo e preconceito de lá… me surpreendi, fiquei na Zona Sul e fiz os passeios básicos de turista com uma amiga, fizemos tudo de ônibus e nem fico caro, num FDS fui de praia a montanha e teatro… me diverti demais em 2 dias, e não tive nenhuma sensação de medo, pelo contrário, eram 22h e as pessoas estavam passeando em Botafogo normalmente…. enquanto que na minha cidade no interior de SP eu não dou bobeira depois das 20h no centro. O Brasil tem tudo para ser uma nação próspera e feliz, não tem povo igual ao nosso. Amei a Austrália e morro de saudade de lá também. Mas quando cheguei aqui a primeira coisa que fiz foi ir a praia brasileira… é muito mais divertido, mais livre, as pessoas interagem, a gente ri a valer… sei lá, cada lugar tem seus encantos. E o Brasil… ah é o Brasil né gente!

  7. Jerry, meus sentimentos. Você não imagina o quanto este post foi importante – espero que Deus te dê em recompensa o conforto que você e sua família necessitam. Peace.

  8. Meus sentimentos Jerry.
    Li o seu post mas acho que vc deveria mudar completamente o título dele para impressões de São Paulo. Não se pode estabelecer a vida de SP como o Brasil. Sou de Recife e a realidade aqui é bem diferente para pior. Creio que o norte, o nordeste, o centro-oeste seja bem diferente de toda essa realidade que vc descreveu. Eu passei os últimos 3 meses em Sydney e tive que voltar por questões pessoais. Eu achei o ritmo da Austrália bastante puxado. Morei em Bondi junction e às vezes tiha que acordar 5:00 da manhã para ir trabalhar em Manly. Os brasileiros foram meus melhores amigos em termos de assistência em relação a emprego. Contudo, ninguém tem paciência para te ensinar coisas em que vc nunca trabalhou na vida, como construção, etc. Ou vc sabe ou cai fora, simples assim. Em relação à segurança realmente é impressionante como é seguro andar sozinho pela madrugada em Sydney. Enquato isso, a sociedade brasileira está cada vez mais doente: crime todos os dias, corrupção, sequestros, assassinato de PMs, etc. É o caos e creio que isso nunca irá melhorar.

  9. Quanto as academias.. concordo com você! Em viagens nunca pude encontrar academias tão boas! Hoje sou matriculado na Bio Ritmo e recomendo a todos!

    Sim, o Brasil melhorou muito…eu que estou aqui consegui sentir essa mudança. Realmente a população tem melhorado em alguns aspectos, mas ainda vejo mais coisas negativas que positivas. De qualquer forma, já consigo pensar em viver sempre aqui! Antes só pensava em ir embora… Ainda penso, mas já aceitaria a ideia de voltar ou ficar caso algo desse errado.. 😀

    Gostei muito do post! Parabens! Abração!

  10. O dia q eu ou um de meus amgos tivermos condições de ter X6, Shelby 500 etc, a vida em SP realmente eh mais facil ! Alias, com $$$ e ingles, qqer lugar do mundo se vve facil.

  11. Com todo o respeito, mas vc frequenta os lugares mais “playboys” de SP, e quer falar que a vida em SP melhorou muito? Jerry, na boa cara… a maioria aqui não tem cunhado que anda em shelby ou tem amigos com X6, vamos falar da realidade que a grande maioria dos brasileiros vivem. Eu curto muito seus Posts, mas esse aqui você saiu da realidade.

  12. boa noite

    esse seu relato foi um post de TURISTA, a realidade e pagar plano de saude q so tem um medico no ps e ele atende a emergencia, hj vc gasta muita grana em sp seja na regiao central ou rica ou periferia, seguranca nem se fala, hj vc e assaltado dentro de casa, escola hospital banco, justica nao existe, mortes, politicas, hj a gasolina esta 3.50 reias o litro, a luz aumenta 40%, impunidade, sabesp nao fez plano e hj falata agua no pais q tem a maior floresta e rios do mundo, falcatruas na petrobras metro copa do mundo, na realidade esse post http://www.brazilaustralia.com/quanto-custa-viver-na-australia/ esta bem explicado…….. vc e otimo detalha bem, mas nesse post vc foi um TURISTA, assim como os gringos vem aki e acham tudo otimo e perfeito, alias esqueci q aqui exite BOLSA PRA TUDO QTO VAGABUNDO SUGA GOVERNO E GOV SUGA VOTO. quem trabalha ganha salario min, quem vagaba o dia e noite ganha 30% a mais geralmente, compara quem lava prato na autralia por 6 hs e quem lava prato e faz tudo aki em dez hs,, quem ganaha mais e vive melhor…… amo o brasil, a terra e boa, lindas paisagens, mas nao da… infelizmente,

LEAVE A REPLY