Você já comprou seu curso, arrumou as malas, se despediu dos amigos e está prestes a embarcar a tão sonhada viagem para a Austrália. Se você já tem um nível de inglês bom o suficiente para acompanhar as notícias do país no SMH (se você vai pra Sydney e NSW em geral), The Age (Melbourne – Victoria), Brisbane Times (Brisbane e Queensland em geral) ou WA Today em Perth (WA), o Australia Financial Review ou se pelo menos acompanha este blog há algum tempo (ou leu vários posts) provavelmente já está bem informado o suficiente para não ser pego de surpresa e conseguir seus objetivos aqui, quaisquer que sejam eles.

Porém 2015 aparentemente será um ano atípico para a Austrália. Pela primeira vez desde que cheguei aqui em 2006, ouço diariamente palavras como recessão, queda no mercado de imóveis, desemprego e outros termos que se não nos deixam preocupados, pelo menos servem para que o povo Australiano comece a ponderar mais sobre suas decisões para 2015. De fato a última recessão que a Austrália enfrentou foi em 1991, quando muitos dos brasileiros que vem pra cá nem tinham nascido.

Recentemente houve uma grande queda do dólar Austráliano, que já chegou a valer $1,10 dólares americanos e hoje vale cerca de $0.80 centavos. Mas isso não é um sinal da crise, mas mais uma medida na tentativa de contê-la. o Banco central da Austrália quer que ele chegue a $0.75 centavos. Outros fatores como a forte diminuição do crescimento chinês tem contribuído fortemente para uma possível crise. A enorme maioria dos economistas tem pintado este cenário para a Austrália em 2015., separei alguns artigos abaixo.

Austrália sem sorte. Chances de recessão em 2015
http://www.abc.net.au/news/2014-12-17/australia-out-of-luck-odds-of-recession-rise/5972732

Economistas esperam recessão em 2015
http://www.theaustralian.com.au/business/economics/economist-expects-recession-in-2015/story-e6frg926-1227123189323?nk=99554692c97a45a34a60ac28fd2f3019

Desemprego pode alcançar a maior Taxa em 12 anos
http://www.probonoaustralia.com.au/news/2014/12/unemployment-reach-12-year-high#

Mas se você quiser ler apenas um artigo leia: O guia do consumidor para a economia australiana em 2015
http://www.smh.com.au/federal-politics/political-news/a-consumer-guide-to-the-australian-economy-in-2015-20150110-12kwaa.html

De modo algum quero alarmar alguém. De fato a Austrália passou com flying colors pelo GFC, mas o consenso geral dos especialistas econômicos é que a sorte da Austrália acaba este ano. Mas você não deve ficar tão alarmado e mais adiante vou explicar o porquê.

Esta semana a Business Insider publicou uma matéria falando sobre o maior site de empregos do mundo anunciou que os anúncios de emprego em seu site australiano caiu 16,3% e as áreas mais afetadas foram saúde com uma queda de -16,8%, TI: -18,8%, Mineração: -15,1%, Varejo: -23,2% e Turismo: -19,8%

De acordo com Chris McDonald, o responsável pela filial do site na Austrália, uma queda como essa não é tão inesperada, pois realmente a sazonalidade desempenha um papel importante nesta variação, o que é inesperado é que áreas como mineração, saúde e TI não são sazonais, ou seja, as ofertas de empregos neste setor costumavam ser constantes ao longo dos meses.

De fato há cerca de 6 meses conversei com um brasileiro da área de TI que havia chegado há poucos meses à Austrália e ele estava muito preocupado pelo fato de apesar da sua grande experiência, de ter um excelente nível de inglês (ele já havia morado na Austrália anteriormente) e ser residente permanente, ele não estava conseguindo empregos.

Na época ele me contou que muitos empregos na área de TI estavam sendo enviados para China e Índia. Até ai nada de novo, mas a diferença é que anteriormente apenas trabalhos de TI considerados low level eram enviados para fora, agora todo tipo de trabalho de desenvolvimento está sendo terceirizado.

Mas não é preciso se assustar, o que precisa é que seja feito um melhor e mais cuidadoso planejamento. Ao invés de vir para a Austrália como estudante com $2000 dólares no bolso e cheio de sonhos, é melhor aumentar um pouco esta poupança inicial para o caso de imprevistos. Ao invés de largar seu emprego no Brasil e vir pra cá achando que irão chover ofertas de empregos, é melhor estudar bem o mercado, fazer muita pesquisa e sempre se preparar para o pior cenário possível antes de vir. Não significa ser pessimista, mas sim ser prudente.

O governo Abbott tem de fato trabalhado para controlar a crise e apesar deste governo não ser o mais preparado que já existiu e estar aparentemente cometendo alguns erros, é notável que entre as medidas ele tem tentado reduzir o salário médio na Austrália.

Mas Por que Você não Precisa se Preocupar… Tanto

Primeiro por que um dos piores lugares que você pode estar nos próximos anos é no Brasil. Existe uma previsão de uma recessão séria para o Brazil que o governo camufla há anos. Aquela história que o Brasil era a bola da vez já acabou faz tempo, de fato estão até sugerindo tirar o Brazil do BRICs caso ele não reerga sua economia e enquanto a Austrália tem a chance de entrar em uma recessão, o Brasil está apenas mantendo o nariz fora da água.

Mas o principal motivo da segurança que se pode ter na economia da Austrália não é esta, mas tem a ver com uma conversa que eu tive semana passada com um amigo americano. Conversando sobre a crise que a Rússia tem enfrentado em decorrência da enorme queda do petróleo (que a propósito reduziu o preço da gasolina em todo mundo, menos no Brasil, aqui na Austrália caiu 30%) ele me disse algo importante. Ele falou:

Jerry, vendo a situação de países como a Rússia em que a moeda entrou em colapso, do Brasil e de alguns outros países eu fico mais grato de morar nos EUA onde o governo é responsável e você sabe que a economia não vai afundar da noite pro dia.

Há quem mencione o GFC como argumento contra a opinião do meu amigo, mas apesar de fortemente impactado pelo GFC os EUA ainda assim estava muito melhor que a quase totalidade dos outros países. O mesmo vale para a Austrália. O governo toma decisões estúpidas, há alguns equívocos aqui e ali, mas no geral existe uma estrutura econômica no país para lidar com períodos como este. Além disso vale lembrar que com um salário de garçom aqui na Austrália ($16 a $25 dólares por hora trabalhando 8 horas por dia) a pessoa consegue pagar o aluguel em um ótimo bairro, alimentação, transporte, todas as suas despesas e ter uma excelente qualidade de vida.

A diminuição na oferta de empregos aqui na Austrália é sensível, mas não quer dizer que empregos não existem. O que é preciso é vir mais preparado, ter paciência e lembrar que o processo de adaptação a um novo país, independente da época, é sempre difícil.

Novidades do Blog

Nos últimos meses tenho estado bastante ocupado no meu trabalho e não tenho tido muito tempo para postar, mas a Michelle parece estar fazendo um trabalho melhor e mais relevante do que eu tenho feito nos últimos anos e tenho ficado bastante animado em ver como o blog tem contribuído para a vida de quem vem ou já está aqui na Austrália.

Semana que vem vou estrear meu blog em inglês, mas não se trata de um blog sobre a Austrália, mas um blog sobre minha área de atuação profissional. Um amigo que trabalha na minha área no Google nos EUA me inspirou a este novo desafio que estará online em breve. Assim que for publicado avisarei aqui.

Um grande abraço a todos.

Jerry

Solicite Orçamento 160×160
SHARE
Previous articleMelbourne X Sydney
Next articleAtaque de Tubarões nas praias da Austrália
Jerry Strazzeri
Jerry Strazzeri vive na Austrália com sua esposa desde 2006. Trabalha como Analista Digital na Austrália já tendo trabalhado em empresas no Brasil e Estados Unidos. Cidadão Australiano, junto com seu trabalho está concluindo uma graduação em Leadership. Junto com sua esposa Michelle, foi responsável por diversos sites na área de educação e TI e criaram o Brazil Austrália em 2006 para ajudar aqueles que estavam imigrando ou vindo estudar na Austrália. "Mas eu e a minha família serviremos ao Senhor" ~ Josué 24:15 Veja meu outro blog - Siga-me no Quora

16 COMMENTS

  1. Jerry algo que me preocupa um pouco é que as vagas que vejo em minha área são todas de nível senior pra cima, encontrei apenas uma ou duas vagas para Junior.
    Oque vc falou faz muito sentido, talvez vale mais a pena esperar mais um pouco e vir para cá com uma bagagem profissional maior.

  2. Eu já venho lendo noticias sobre isso faz um tempo, mas como brasileiro estou vendo o caminho que o Brasil esta seguindo e vejo a Australia como um otimo país para se recomeçar.

    • Olá Saulo, concordo que os EUA e Austrália em crise ainda é muito melhor que o Brasil. Quem é esforçado aqui conquista grandes coisas…

      Mas nós temos que avisar o povo que lê o blog, pois pelo menos uns 10% deles acham que vão ser contratados na sala de desembarque do aeroporto… Hhehehehhe

  3. Mais um excelente post Jerry, parabéns!
    Obrigada por sempre nos manter informados de maneira sensata da situação real da Austrália.
    Deus continue abençoando vocês
    Abs

  4. Eu acabei de aceitar uma oferta de emprego dai. Irei para Sydney em algum momento ainda nesse semestre. Olhando no Linkedin eu encontrei bastante vagas para Australia, mas 99% eram para >= senior.
    Minha família e eu estamos muito empolgados, temos um desejo antigo de morar em Sydney e congregar na Hillsong’s Church.
    Obrigado por manter esse site, tem sido muito útil ler seus relatos.

  5. Jerry, boa tarde…

    Conheci o seu site Brazil Australia gostei bastante do trabalho de voces e percebi que voces são evangélicos… Eu estou indo me mudar pra Sydney agora em Fevereiro e tambem sou evangélico… Estou indo morar ai com minha esposa, e ter amigos evangélicos seria muito bom para a questão de adaptação. Percebi tambem que voces vão na Hilsong, gostaria de saber se podemos encontrar voce ai algum dia no culto para conversarmos…

    Forte Abraço!
    Deus Abençoe!

    Te mandei uma solicitação de amizade no facebook e uma mensagem por la tambem!!

  6. Olá Arthur.

    Com certeza vamos marcar geralmente vamos pela manhã mas a imensa maioria dos brasileiros vai nos cultos da noite.

    O Jerry recebe muitas solicitações de amizade e não aceitamos por segurança, alguns amigos nossos que moram aqui tiveram a família extorquida através de informações obtidas no FB. Não o leve a mal se ele não o aceitar 🙂

  7. Boa noite, pessoal do blog! Eu e meu amigo estamos pensando em ir para Austrália para trabalhar e poder dentro de um tempo juntar um dinheiro e retornar para o Brasil, com uma situação. Financeira melhor. Dei uma lida no blog e achei bem interessante as informações. O que vocês que vivem ai me aconselham. Ei tenho cirso técnico em eletricidade, acredito que isso nao vale muita coisa na Austrália, e meu amigo tem uma amiga que é. Sócia de um restaurante. Nesse caso teriamos que começar por baixo ate conseguir algo que pague melhor. Eu tenho ideia de nao somente juntar dinheiro, mas tambem crescer profissionalmente e voltar para o Brasil com um curriculo melhor. Abraço aguardo uma opinião.

  8. Olá Jerry,

    Com certeza seu novo blog será um sucesso, visto que este sobre a Austrália é de excelente qualidade, tanto na qualidade como seriedade nas informações disponibilizadas aos que desejam mudar de vida neste país.
    Apesar dos dados e estatísticas, não acredito em recessão na Austrália. Trabalho na área de construção civil (fundações) e aqui no Brasil após a última eleição este setor está em crise. Busco na Austrália contatos nas empresas para quem sabe conseguir um emprego. Como você mesmo diz estou planejando minha viagem por etapas pois tenho família e a responsabilidade é muito grande!

    Sucesso na nova empreitada!!
    Abraço,
    Arthur.

  9. Boa noite, Jerry

    Estou fazendo planos para fazer intercambio pra Australia em julho e queria trabalhar nos 6meses que eu ficar, mas agora com essa siuação financeira fiquei com um pouco de receio…Os trabalhos que precisam de menos qualificações (low-skilled) também estão com um elevado nivel de desemprego?

    Abraço!

  10. Olá Jerry e Michelle,

    Sou professor de educação física escolar e gostaria de saber se existe vagas para esta área de trabalho! Como sou formado e tenho CREF posso ser personal também, como é esta área de trabalho, por favor?
    Muito obrigado!
    Sorte ao casal
    Forte abraço!

  11. Boa noite…MEU NOME é Aleksandro e quero ir à Austrália para trabalho…tenho experiência comprovadas na área técnica de elétrica e sou formado como tecnólogo de construção de edifícios pela FATEC em São Paulo. Gostaria de saber como está o mercado de trabalho para eletricistas e tecnólogos.

LEAVE A REPLY