Na política australiana, um Spill de liderança é uma declaração de que a liderança de um partido parlamentar está vaga e aberta para a reeleição. Um Spill pode envolver todos os cargos de liderança (líder e vice-líder em ambas as casas), ou apenas o líder.

A eleição para a liderança pode resultar em um novo líder, ou pode confirmar o status quo. Se o partido em questão está no governo, a eleição de um novo líder irá resultar em um novo primeiro-ministro, Premier ou ministro-chefe; se o partido é a oposição, a eleição de um novo líder irá resultar em um novo líder de oposição.

Basicamente, quando um líder, no caso, o primeiro ministro (equivalente ao presidente no Brasil) está fazendo um governo de baixa popularidade, insatisfatório e não tem resolvido os problemas do país, ele é desafiado por alguém dentro do partido e pode perder o cargo, ou em outras palavras, ser demitido do cargo de primeiro ministro.

Devido a insatisfatória administração do governo do Primeiro Ministro Tony Abbott, ele foi hoje desafiado pelo ministro Malcolm Turnbull e perdeu o cargo de primeiro ministro do país.

Tony Abbott vinha fazendo um governo questionável e com muitas críticas, inclusives de minha parte. Ele não estava sendo efetivo em combater os problemas econômicos que a Austrália vinha enfrentando e estava vendo sua popularidade cair.

Como o Abbott Sai e a Dilma ainda Fica?

Screen Shot 2015-09-14 at 7.27.36 pm  Austrália Dá Exemplo de Seriedade Política ao Afastar Primeiro Ministro Screen Shot 2015 09 14 at 7

Parlamento Australiano

A grande diferença de um país sério e realmente democrático como a Austrália é que qualquer líder, até mesmo o Primeiro Ministro pode perder seu cargo por estar realizando um governo insatisfatório. Vale lembrar que em toda esta questão aqui na Austrália não houve sequer um mínimo caso de corrupção, uma única decisão muito ruim ou que veio  a consideravelmente prejudicar o país e  os problemas que a Austrália está enfrentando estavam sendo combatidos, eles apenas não estavam sendo combatidos de uma forma eficiente ou apresentando resultados rápidos.

Fica difícil entender como a Austrália consegue ser tão democrática e organizada enquanto o Brasil, com os diversos casos de corrupção, as vergonhas públicas que a presidente Dilma tem passado, o escândalo da Petrobras, a queda da nota da análise de risco, a gravíssima crise econômica e a enorme recessão que o país está enfrentando, consegue manter a presidente Dilma no poder.

Se fosse na Austrália, somente o caso da corrupção na Petrobrás teria sido suficiente para fazer com que o Primeiro Ministro fosse afastado. Se somar tudo o que aconteceu no Brasil e os escândalos envolvendo o PT, isso provavelmente teria extinguido o partido para sempre, pois ninguém jamais votaria novamente neste partido.

A Austrália mais uma vez dá um grande exemplo de democracia, honestidade e transparência e mostra que em um país sério quem não faz o seu trabalho direito corre sérios riscos de perder o emprego, mesmo que esta pessoa seja quem esteja presidindo o país.

Solicite Orçamento 160×160
SHARE
Previous articleLugares Especiais em Sydney – Balmoral Beach
Next articleCompanhias Aéreas “low cost” (baixo custo) na Austrália
Jerry Strazzeri
Jerry Strazzeri vive na Austrália com sua esposa desde 2006. Trabalha como Analista Digital na Austrália já tendo trabalhado em empresas no Brasil e Estados Unidos. Cidadão Australiano, junto com seu trabalho está concluindo uma graduação em Leadership. Junto com sua esposa Michelle, foi responsável por diversos sites na área de educação e TI e criaram o Brazil Austrália em 2006 para ajudar aqueles que estavam imigrando ou vindo estudar na Austrália. "Mas eu e a minha família serviremos ao Senhor" ~ Josué 24:15 Veja meu outro blog - Siga-me no Quora

10 COMMENTS

  1. já tem algum tempo que estou me preparando financeiramente para ir embora do brasil, fazer um intercambio na australia, meu sonho e talvez ir morar nos EUA ou Canada porque Australia parece ser meio caro… mas com essa subida o dolar, ta ficando meio dificil, parece que vou precisar vender meu rim pra fazer isso…

  2. A diferença gritante de seriedade é devido a educação e caráter das pessoas. Na Austrália a maioria da população é honesta e têm/teve boa educação e exemplos (da escola, sociedade e casa). A punição existe praqueles que querem tirar vantagem, a população não aceita, não finge que não é problema dela até pesar no bolso, e nem se vende por trocados.
    Já no Brasil, essa parcela é minoria, e que, em grande parte, se desdobra para conseguir uma vida mais justa em outro país (ou sobreviver no Brasil). E o porquê já sabemos, caráter e educação.

  3. Olha só…
    A democracia é tão respeitada que não foi o Bill Shorten (líder da oposição, equivalente ao Aécio) que entrou. Não foi tampouco uma vitória da população, que há muito tempo queria a saída do Tony Abbott.

    Foi uma decisão do partido mudar seu líder (no sistema de Westminster, o líder do partido no poder acaba virando o primeiro-ministro) com medo de perder as próximas eleições daqui a um ano e meio.

    Tony ter saído foi uma decisao do PARTIDO pois eles queriam um líder mais carismatico e o Turnbull agrada muitos que são centro-esquerda. Porém, os liberais continuam no poder. É completamente diferente do que ocorre no Brasil com a Dilma. Tony não saiu para o Shorten ou o di Natale ou o Palmer entrarem.

  4. O mais engraçado é que no Brasil tudo que vem do exterior e tratado como exemplo affff e muita burrice . O louco meu quem escreveu isso ai não tem um pingo de conhecimento de política externa quanto mais da Austrália. A mídia daqui esta tocando o terror nesse circo que virou o governo Australiano desde a invenção do iPhone a Austrália não tem um primeiro ministro que completou seu mandato completo sempre trocado no meio do mandato porque aqui o partido pode trocar o lider a qualquer momento desde que aja um desafiante ou desentendimentos o que não faltam nos últimos 8 anos a Austrália ja trocou de primeiro ministro mais de 4 vezes são tantos que saíram na rua para perguntar a população e o pessoal não tem nem noção quem é, tem gente que respondeu com nome de primeiro ministro de 3 anos atráz ???????????????? é uma zona total o sistema so funciona porque foi criado certo do começo ao contrário do Brasil . Hoje eles bateram um recorde aqui no Pacífico como a nação mais desestabilizada politicamente do Pacífico o dólar Australiano não para de cair. As fábricas de carro até o fim do ano as últimas duas restantes serão fechadas, Holden GM ai no Brasil e Ford, vai ser tudo importado. Crise existe em qualquer lugar não importa o país a única coisa que faz a Austrália ter uma boa qualidade de vida e a população que é pequena e as riquezas naturais abundantes porque aqui pelo menos o governo reinveste o dinheiro de volta o que no Brasil não acontece.

    • Quanta besteira. Não me daria ao trabalho de responder, mas poucas vezes li tamanha besteira. Você certamente não ouviu falar do John Howard que ficou 11 anos no poder como primeiro ministro da Austrália, só saindo em 2007. Eu não me importo com comentários opostos, só não entendo quando enviam comentários sem qualquer conhecimento. O dólar Australiano está caindo por que o banco central Australiano tem baixado o Dólar. A Austrália é tem nota de crédito AAA em todos os índices, o Brasil é BB+. O salário mínimo na Austrália é $17.29 por hora, o equivalente a $2,768 dólares por mês. No Brasil o salário mínimo é equivalente a $281.00 dólares por mês?

  5. Comparação indevida e mal feita já que são sistemas de governo diferentes. Parlamentarismo e presidencialismo usam mecanismos diferentes e, em qualquer lugar do mundo, um chefe de governo e estado não será afastado com a mesma facilidade que um primeiro ministro.

    • O presidente Collor foi afastado em condições muito mais favoráveis do que a da presidente Dilma e com denúncias de corrupção muito menores.

  6. Vixe… Odeio quem se muda pra cá e passa a vida inteira comparando o brasil vs Australia. O que aconteceu ontem foi um jogo político, e não há nada do que se orgulhar disso. Muitos australianos não estão nada feliz com o que aconteceu.

    • Que bom. Eu não odeio ninguém, ainda mais por motivos tão fúteis, nem faço comentários sem noção, afinal, qualquer pessoa um pouco mais instruída vai sempre tentar usar estatísticas e informações para comparar qualquer coisa para a qual ela queira fazer uma decisão. Este blog tem em sua maioria um público que está decidindo se vai para a Austrália e fica no Brasil e se comparamos na hora de comprar um carro, escolher um filme, ir a um restaurante ou escolher um hotel, nada mais óbvio que comparar na hora de decidir mudar para outro país.

Comments are closed.