Kelly Slater em Manly

Semana passada saiu em todos os jornais que o 11 vezes campeão do mundo de surf, o americano Kelly Slater, estaria fazendo uma apresentação em Manly, Logo imaginei que o lugar estaria entupido e como havia trabalhado demais naquela semana não queria acordar cedo num sábado para estar às 9:30 na praia para vê-lo surfar.

Então fiz diferente. Dormi, acordei por volta das 10 da manhã, tomei meu café e seguimos para praia com um casal de amigos, isso por volta do meio dia. Cheguei na praia e o local estava muito menos cheio do que eu esperava. No Brasil eu com certeza ficaria há quilômetros de distância do palanque principal, mas aqui cheguei no pequeno amontoado de não mais que 500 pessoas, estiquei o pescoço, e literalmente 10 minutos depois de eu colocar o pé na praia ouço o apresentador ao microfone. dizer:

kelly-slater-manly1  Kelly Slater em Manly kelly slater manly1
O local estava tranquilo quando chegamos

“Sei que vocês estão esperando desde cedo, mas agora vai entrar na água o campeão Kelly Slater”

Esperando a manhã toda? Eu tinha acabado de chegar. Agradeci a Deus por não ter acordar às 8 da manhã de um domingo para ir para a praia e ficar horas esperando.

Screen Shot 2013-04-18 at 12.37.16 PM  Kelly Slater em Manly Screen Shot 2013 04 18 at 12
Kelly Slater pegando uma das 3 ondas que pegou antes de sair do mar

Ele entrou no mar de Manly que estava pequeno, pegou 3 ondas e voltou para a tenda para pegar seu cheque gordo.

kelly-slater-manly7  Kelly Slater em Manly kelly slater manly7
Público no local

O mais interessante foi que algum doido colocou um surfista de controle remoto na água e o mar estava tão parado que o pequeno brinquedo acabou fazendo mais sucesso e chamando mais a atenção do público do que a atração principal.

Sai dali satisfeito por ter chegado extamente na hora e ainda ter conseguido um lugar VIP na areia (coisas que só acontecem na Austrália).

kelly-slater-manly10  Kelly Slater em Manly kelly slater manly10
A praia estava mais cheia que o normal também por que era sábado e o clima estava perfeito

O lugar também estava cheio de brasileiros e notei que os australianos mesmo parecem ter preferido ficar em casa dormindo. Posso garantir que metade ali era estrangeiro pelos diversos idiomas e sotaques que se ouvia no local. O campeão é claro eram os brasileiros, a grande maioria dos estrangeiros no local era tupiniquim.

kelly-slater-manly18  Kelly Slater em Manly kelly slater manly18
Kelly Slater dando entrevista. Durou uns 10 minutos

De lá saímos para comer algo e na volta passamos na praia novamente. Assim que coloco o pé na rua da praia quem vejo saindo. Sim, ele mesmo, Kelly Slater. COmo o cara estava ao meu lado, pedi para tirar uma foto dele com a Gabi e a Mi, o que ele prontamente atendeu, mesmo parecendo desesperado para ir embora.

Ou seja, dos 20 minutos que passei na praia vi o Kelly Slater mais que o povo que ficou lá desde cedo. Lição aprendida, das próximas vezes que rolar um evento destes vou manter o Brazilian Style de chegar tarde, aproveitar muito e sair logo.

kelly-slater-manly13  Kelly Slater em Manly kelly slater manly13
No local, bem tranquilo apesar da presença ilustre

Uma coisa que eu acho legal aqui na Austrália é que ninguém fica deslumbrado com “celebridades”, eles no máximo acham legal, vão lá ver, tiram foto, mas não fica aquele monte de gente gritando, pedindo autógrafo, apenas uma foto aqui, um grito de incentivo ali e só. No Brasil basta você aparecer uma vez num programa de TV para não poder mais sair na rua. Isso é tão sem noção.

Aqui já vi o Hugh Jackman na igreja e apesar de uma ou outra pessoa comentar, o cara entrou e saiu da igreja como qualquer outro membro, sem um monte de gente em cima, sem ninguém encher o saco do cara, sem milhares de pessoas se pisoteando pra chegar perto.

kelly-slater-manly21  Kelly Slater em Manly kelly slater manly21
Gabi, Kelly e Mi

Ser celebridade deve ser bom apenas no Brasil, por que aqui você pode ser um Beatle que ninguém está nem ai.

No geral foi legal ver o Kelly Slater por lá, não que eu fosse morrer se não tivesse ido, mas como não precisei fazer muito esforço foi interessante. Ele mesmo parecia não ver a hora de sair dali, acho que já se encheu um pouco destes eventos e queria pegar o primeiro avião para voltar pra casa.

Estes eventos são promovidos pelas prefeituras dos bairros, ano passado ele veio em Dee Why, este ano foi em Manly.

  kelly-slater-manly3  Kelly Slater em Manly kelly slater manly3
Povo assistindo enquanto ele estava na água
kelly-slater-manly5  Kelly Slater em Manly kelly slater manly5

kelly-slater-manly6  Kelly Slater em Manly kelly slater manly6  kelly-slater-manly8  Kelly Slater em Manly kelly slater manly8   kelly-slater-manly11  Kelly Slater em Manly kelly slater manly11

kelly-slater-manly12  Kelly Slater em Manly kelly slater manly12  kelly-slater-manly14  Kelly Slater em Manly kelly slater manly14

kelly-slater-manly15  Kelly Slater em Manly kelly slater manly15

Corso de Manly. Pausa para o almoço

kelly-slater-manly16  Kelly Slater em Manly kelly slater manly16 kelly-slater-manly17  Kelly Slater em Manly kelly slater manly17  kelly-slater-manly19  Kelly Slater em Manly kelly slater manly19

kelly-slater-manly20  Kelly Slater em Manly kelly slater manly20  kelly-slater-manly23  Kelly Slater em Manly kelly slater manly23

Solicite Orçamento 160×160
SHARE
Previous articleAs Perguntas mais Feitas no Blog sobre a Austrália
Next articleO Melhor Chocolate da Austrália – Haigh’s
Jerry Strazzeri
Jerry Strazzeri vive na Austrália com sua esposa desde 2006. Trabalha como Analista Digital na Austrália já tendo trabalhado em empresas no Brasil e Estados Unidos. Cidadão Australiano, junto com seu trabalho está concluindo uma graduação em Leadership. Junto com sua esposa Michelle, foi responsável por diversos sites na área de educação e TI e criaram o Brazil Austrália em 2006 para ajudar aqueles que estavam imigrando ou vindo estudar na Austrália. "Mas eu e a minha família serviremos ao Senhor" ~ Josué 24:15 Veja meu outro blog - Siga-me no Quora

6 COMMENTS

  1. Jerry,sorry se to falando demais aqui no seu Blog,eh que realmente tudo isso que voce fala aqui sao tao indenticals a minha experiencias.sorry!!:) let me know if i m talking too much lol

    Interessante post (as usual lol).
    Uma palavra cabe-se aqui muito bem,apesar de nao ser somente ela claro, mas eh: ‘respeito’. Respeito eh muito amplo mesmo e tem diferentes conceitos: sei la, por exemplo olhar nos olhos diretamente da pessoa que estamos conversando em certos paises eh considerado desrespeito,enquanto em outros,considerado ‘ter respeito’ mas enfim, a ‘idolatria’ por idolos no Brasil vai alem do respeito pelo espaco do artista ou uma pessoa famosa. A vontade de tocar, tirar foto e ate obter uma coisinha daquela pessoa famosa eh valida quando nao pula as a integridade da pessoa.Enquanto pedir um autografo e tirar foto e ser concedido o que eh muito legal, o exagero de muitos em nosso brasil tambem mostra que um povo que eh tao batalhador sustenta uma idolatria que eleva pessoas ‘normais’ que trabalham por exemplo numa novela a serem tratadas muito bem.Na verdade,essas pessoas sao pessoas como todos nos: precisam de espaco,respeito e ganhar pra sobreviver.Tratar alguem tao bem so porque estao cantando ou atuando mostra infelizmente a incapacidade do brasileiro (claro que tem mais paises com este excesso) de tratar a todos com igualdade.Isso nao quer dizer ‘fazer amizade’ com todos,mas sim nao ‘over do it’ nao idolatrar alguem demais so porque es famoso,e ‘nao dar a minima’ pra alguem que nao es.O conceito de ‘ter alguem’ famoso por perto da a sensacao de grandeza, o que eh bom, ja que tem pessoas com talentos alem do nosso ‘avarage skills’ mas, uma foto, um ‘hello’ ja basta,deixe a pesso viver,respirar e muito menos pensar que sao ‘semi gods’.
    Por onde passei e vivi alguns anos na Inglaterra,descobri um tempo depois que alguns dos frequentadores de um ‘Pub’ que eu costumava relaxar nas quintas-feira, eram pessoas que fizeram muito pela musica,pela arte,pelo cinema..inclusive um deles que sempre estava ali batendo papo inclusive com um ‘simples mortal’ como eu ganhou um oscar em 2003.Bom,niguem tava tratando ele em especial,nem destratando eu por nao ser ‘tao british’ or por nao parecer importante,voce eh tratado igual pelo fato de ser uma pessoa.Claro que,se voce se aproxima de qualquer um se comportando como ‘trash’ voce provavelmente vai ser ignorado,mas em geral, nao as roupas e conquistas materials validam agente como ‘especial’ mas sim o character.

  2. Jerry, bom dia.

    Mais uma vez parabens pelo blog, pelo sucesso ai na Australia. Seus relatos sao sempre empolgantes e com bastante riquiza nos detalhes!

    Uma pergunta meio estranha, mas la vai:
    O sol ai na Australia “queima” muito? Porque nas fotos eu vejo as pessoas bem “brancas”, poucas estao vermelhas ou com aparecencia bronzeadas.

    Abraçao!

LEAVE A REPLY