Assim que voltamos à Austrália pensei logo em aproveitar o final de ano para viajar por toda a Austrália e conhecer novos lugares. O primeiro destino em nossa lista era Cairns, que é um lugar que já queríamos há muito tempo conhecer e foi muito bem recomendado por amigos que estiveram em férias aqui na Austrália em julho. Contudo, a quase unanimidade dos nossos amigos aussies e brasileiros que já estão aqui há algum tempo nos disseram que o verão é de longe a pior época do ano para ir para Cairns. Além do calor insuportável o verão é a época com uma quantidade absurda de águas viva que tornam o mergulho sem a utilização de roupas apropiadas da cabeça aos pés, praticamente impossível. Meu cunhado que é Australiano disse que quando ele decidiu visitar Cairns no verão acabou passando todos os dias dentro do hotel, o único lugar onde a temperatura (controlada por ar condicionado) era suportável.

Desta forma sobraram algumas poucas opções para quem planejou a viagem de última hora e a maioria delas lugares para onde já tinhamos ido anteriormente. Sendo assim escolhemos Victoria, pois apesar de termos passados 3 dias em Melbourne há poucos anos, ficamos devendo uma visita à Great Ocean Road, Phillip Island e the Twelve Apostles. E valeu muito a pena voltar, pois além de visitarmos estes lugares mencionados, pudemos explorar outras áreas de Melbourne que não fomos na primeira viagem.

Indo para Melbourne.

Great Ocean Road jetAvalon

Tinhamos booked a passagem, o hotel e o carro de aluguel algum tempo antes da viagem. Da primeira vez fomos de carro e apesar de muito legal não estava muito disposto a dirigir mais de 900km de volta para Sydney. A ida é sempre fácil, mas na volta parece que a viagem nunca acaba. Desta forma acabamos nesta vez optando por ir de avião e alugar um carro lá. Contudo, no natal foi presenteado por Deus e pela Michelle com um carro novo, que acabou sendo um presente combinado de natal e aniversário, já que faço aniversário em janeiro e tudo o que eu mais queria naquele momento era poder ir dirigindo para Melbourne. Como a companhia área não devolveria o dinheiro da passagem acabamos mantendo os planos de ir de avião.

Escolhemos a Jetstar por causa do preço. Gastamos cerca de $70.00 dólares por cada parte da viagem para cada um, no final ficou em cerca de $300.00 dólares as duas passagens ida e volta.

Avalon Airport – Victória

Great Ocean Road 1

Algo que só notei pouco antes de embarcarmos é que Melbourne possui dois aeroportos, e o de Avalon onde desceríamos fica há cerca de 60Km do centro de Melbourne. Pra quem decide por não alugar um carro como fizemos vai acabar pagando uns $100 dólares por pessoa só de ônibus do aeroporto para cidade e de volta para o aeroporto.

O mais engraçado de viajar aqui é isso. O preço do Taxi da minha casa em Balgowlah até o aeroporto  de Sydney é mais caro que o ticket de Sydney para Melbourne. Um absurdo. Como marcamos a viagem bem cedo não teria como irmos de ônibus e acabamos dirigindo com o carro da Michelle até o aeroporto e deixando o carro lá. O aeroporto cobrou cerca de $105.00 para pararmos o carro lá por 6 dias, mais barato que gastaríamos de taxi para ir e voltar (Cerca de $170.00 dólares)

O Aeroporto de Avalon parece um celeiro no meio do nada. Por incrível que pareça tem até uma porteira de fazenda na entrada do aeroporto. Contudo, apesar do aeroporto ser bastante afastado e bem simples, ele não é um aeroporto ruim. Existem alguns pequenos restaurantes e uma boa sala de espera. Não é nem um pouco insuportável aguardar seu voo ali.

Já a parte de voos domésticos do aeroporto de Sydney é impressionante. Um dos melhores terminais que eu já vi em minha vida e ao meu ver só perde (dentre os aeroportos que conheci)  para o aeroporto de Orlando em conforto e facilidades.

Rent a Car

Great Ocean Road 2
Quem sabe se alguém beijar ele vira um carro.

Chegando ao aeroporto de Avalon fomos ao lugar onde ficam as locadoras de carro. Tudo parecia bastante caseiro e intimista. Alugamos o carro pela Alpha, uma empresa que se mostrou muito boa e bem mais barato que as tradicionais Hertz, Budget, etc.

Pra quem está acostumado a viajar para os EUA, as opções de carros para aluguel aqui na Austrália são um pouco fracas. Alugamos um Nissan Micra, ao meu ver um dos carros mais feios do mundo, mas que acabou sendo bastante útil durante a viagem.

Tudo alí é tão caseiro que quem nos atendeu foi o dono da empresa. Depois de nos entregar as chaves, sua filha preencheu para nós os formulários e assim que pegamos o carro ele voltou pra casa. Encontramos com ele na saída do aeroporto indo embora.

A empresa se chama Alpha Rent a Car e pelo preço valeu muito a pena. primeiro por que os carros básicos das outras empresas eram piores ou do mesmo nível só que bem mais caros e depois por que não me senti tentando ser enganado pelo atendente/dono, como me senti várias vezes em outras operadoras que quase te obrigam a pegar 3o0 seguros.

Dirigindo Pela Great Ocean Road

Great Ocean Road 10
Dirigindo pela Great Ocean Road

Saimos do aeroporto direto para a Great Ocean Road, percorrendo cerca de 250km da estrada mais linda que já tive a chance de conhecer. Poucos meses atrás, na Califórnia, havíamos feito de carro com amigos da empresa a Big Sur, (depois vou fazer um post sobre a Big Sur) uma maravilhosa Scenic Drive pela costa da Califórnia, mas incrivelmente a Great Ocean Road conseguiu a meu ver superar a Big Sur em beleza.

Great Ocean Road bigsur
Big Sur na Califórnia

A 100km/h cada vento que batia parecia que iria jogar o pobre Nissan Micra despenhadeiro abaixo. Ainda “otimistamente” tentei brincar um pouco fazendo um pouco mais rápido a sinuosa Great Ocean Road, mas o carro era tão instável e perdia tanta aderência que cada vez que se pisava um pouco mais no acelerador ele escapava de frente, de traseira e de lado ao mesmo tempo. Não tinha uma curva que eu fazia acelerando que o carro não terminava a curva quase de lado. Por outro lado, o pequeno motor do carro fazia com que a viagem fosse compulsoriamente mais segura e por mais que desejasse estar confortável no meu carro, fazer a Great Ocean Road, uma estrada praticamente sem radares, cheia de curvas num carro 1.8 turbo, na Austrália, não ia prestar, poderia perder minha driver license por conta dos double demerits do feriado.

Great Ocean Road 3

Decidi me conformar com a total falta de estabilidade do pequeno Micra. Me senti pilotando um sapo com rodas, mas de modo algum deixou de ser divertido,muito pelo contrário, o carro, por sua singularidade e até seus problemas acabou tornando a viagem mais engraçada. Valeu muito a pena, pois ao final dos seis dias haviamos dirigido mais de 1000km no sapinho branco.

Brinquei com a Michelle que acelerar no Micra ia acabar nos levando mais rápido para os Twelve Apostles, mas não o ponto turistico, mas os verdadeiros.

A Great Ocean Road.

Great Ocean Road 7
Uma das primeiras paradas no começo da viagem

Não é a toa que a Great Ocean Road tem GREAT no nome. Na verdade, o nome não faz jus a beleza da estrada, um nome mais apropriado seria FANTASTIC Ocean Road. Tudo ali é lindo. É praticamente impossível prestar a atenção na estrada com tanta beleza a sua volta. As praias no caminho para os Twelve Apostles são absolutamente extraordinárias. Quando você pensa que acabou de ver a praia mais linda da sua vida é logo supreendido por outra ainda melhor.

Great Ocean Road 4

Na estrada há acostamentos em frente a cada praia onde você pode parar o carro por alguns minutos e descer para apreciar a beleza.A viagem toda de Avalon para os Twelve Apostles, parando em algumas praias e cidades no caminho leva cerca de 4 horas, mas para quem decide ir sem parar (não faça isso), consegue fazer em umas duas horas e meia.

Dava vontade de ter levado uma toalha e curtir um tempo na praia, entrar no mar, mas quando coloquei os pés na água me senti pisando no freezer. Além disso as ondas ali são geralmente tão fortes que quem decidir entrar no mar corre o risco de ver os Twelve Apostles do oceano.

Great Ocean Road 8
Uma das cidades no caminho.

Great Ocean Road 9

Great Ocean Road 5

Gibson Steps.

Great Ocean Road 11
Entrada de Gibson Steps

A última parada antes dos 12 Apóstolos é Gibson steps e tem este nome por que o famoso ator australiano Mel Gibson andou por ali pela primeira vez quando ainda bebê. Anos mais tarde, depois de se tornar o primeiro ator australiano de grande sucesso na América decidiram batizar o lugar com seu nome por ser ali que o famoso policial de Lethal Weapon deu seus primeiros passos.

Na verdade não foi, mas como não encontrei por ai (GOOGLE) a razão de tal nome, achei melhor usar a imaginação.

Gibson steps é um lugar fora do comum. Você se sente em um episódio de filme de ficção. O lugar parece saído do Jardin do Éden. É impressionante andar em meio à aquelas rochas. Conutudo, é preciso tomar cuidado, pois a maré ali sobe bem rápido e não são raros os casos de gente que fica presa ali.

Great Ocean Road 12
Uma longa escada para chegar à praia.

Great Ocean Road 14
O local parece uma cena do filme O Senhor dos Anéis

Great Ocean Road 15
Se o mar sobe aqui…

Great Ocean Road 16

Great Ocean Road 17

Great Ocean Road 18

Great Ocean Road 19

Twelve Apostles.

Great Ocean Road 34

Depois de algumas horas finalmente chegamos aos Twelve Apostles. É difícil encontrar palavras ara descrever a sensação que se tem ao chegar ali. A primeira coisa que se percebe é que os 12 apostolos não são mais dozes. Judas era de se esperar que tivesse caído, mas o que aconteceu com os outros dois? Ainda é possível ver as ruínas do último dos apóstolos a cair.

Os 12 apóstolos são de fato o lugar mais bonito que eu já estive aqui na Austrália e um dos mais bonitos do mundo. A beleza impressiona. É um lugar diferente de tudo o que você já viu na vida.

Como toda se era de imaginar o lugar está cheio de turistas de todas as partes do mundo. Você ouve idiomas ali que você nem sabia que existiam.

Infelizmente parece que hoje não é mais possível descer para ver os apóstolos de bem perto. Existem áreas com uma excelente vista do lugar onde você pode apreciar os apóstolos e a paisagem, mas não dá mais para descer para a praia para bater um papo com Pedro, João ou Tiago.

Great Ocean Road se tornou uma viagem mais interessante do que eu esperava. Depois de acordar às 5 da manhã para pegar o voo, voar por 1 hora e 2o numa poltrona que não reclinava, descer no aeroporto de Avalon e dirigir por várias horas até os 12 apóstolos posso dizer que apesar de muito cansado, sem dúvida eu faria tudo de novo.

Great Ocean Road 201

Great Ocean Road 21

Great Ocean Road 22

Great Ocean Road 23

Great Ocean Road 24

Great Ocean Road 25

Great Ocean Road 26

Great Ocean Road 27

Great Ocean Road 28

Great Ocean Road 29

Great Ocean Road 30

Great Ocean Road 32

Great Ocean Road 35

Great Ocean Road 37

Great Ocean Road 36

Great Ocean Road 39

Great Ocean Road 40

Great Ocean Road 41

Great Ocean Road 42

Depois eu volto com mais detalhes da viagem pra Melbourne.

Solicite Orçamento 160×160
SHARE
Previous articleDe Volta a Austrália
Next articleComo Comprar um Carro na Austrália
Jerry Strazzeri
Jerry Strazzeri vive na Austrália com sua esposa desde 2006. Trabalha como Analista Digital na Austrália já tendo trabalhado em empresas no Brasil e Estados Unidos. Cidadão Australiano, junto com seu trabalho está concluindo uma graduação em Leadership. Junto com sua esposa Michelle, foi responsável por diversos sites na área de educação e TI e criaram o Brazil Austrália em 2006 para ajudar aqueles que estavam imigrando ou vindo estudar na Austrália. "Mas eu e a minha família serviremos ao Senhor" ~ Josué 24:15 Veja meu outro blog - Siga-me no Quora

10 COMMENTS

  1. Que bom que o blog está de volta!!!!! E que lugar lindo! Fiquei com muita vontade de ir no verão! Se no inverno já era bom, imagino como deve ter sido ver aquele mar todo com o sol brilhando!!!!!
    Deus abençoe muito vocês e que tenham muitas coisas pra contar daí!!!
    bjs

  2. Jerry, cara do ceu! Vc nao sabe como eu to felizasso de vc voltar com o blog

    Eu entrava diariamente, e por alguma razao, decidi ver como estava o blog e pra minha (ótima) surpresa ele esta de volta

    Muita sucesso e paz pra vc por ai

    Deus abençoe

    E obrigado em nos contemplar com o direito de ler novamente seu blog! ^^

  3. Oi jerry tudo bem?
    Lindas fotos, voçê que mora na Australia já a algum tempo me respode uma coisa:
    Porque a maioria dos australianos não usam sunga quando vam a praia? rsrs
    Eles tem pre-conceito em relação a isso?
    bjs adoro o post

    • Oi Paty.

      Obrigado pela visita.

      Aqui sunga não é muito popular, você até vê, mas mais entre atletas, o resto usa bermuda mesmo.

      Você deve ser do Rio né. Morei no Rio e sei que lá é popular, em SP nõa é muito não.

      Valeu pelo comentário

      Um grande abraço

  4. Oi Jerry, uma dúvida: vcs fizeram um bate e volta no mesmo dia ou chegaram a dormir em algum local antes de voltar pra Melbourne?

LEAVE A REPLY