Estados Unidos ou Australia

Quem já segue o blog há algum tempo sabe que já morei em San Francisco nos EUA e na Austrália. Muita gente me pergunta qual é o melhor lugar para viver. Brasil, Austrália ou Estados Unidos.

De fato esta é uma pergunta é difícil de se responder, pois depende dos interesses, personalidades e características de cada, mas o que posso fazer para quem está com esta dúvida é listar algumas características de cada país e as principais diferenças não apenas entre a Austrália e os Estados Unidos, mas como as características de cada país se assemelham ou não com as características comuns aos brasileiros que pretendem viver no exterior.

1 – Custo de Vida

O custo de vida na Austrália é em média bastante alto. Porém vale lembrar que a maioria dos brasileiros que vem pra cá decidem morar naturalmente nas principais cidades como Sydney, Melbourne, Perth ou Brisbane. O custo nestas cidades é bastante elevado, com Sydney encabeçando a lista.

Screen Shot 2014-11-04 at 2.20.36 pm 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália Screen Shot 2014 11 04 at 2

Casa de 3 dormitórios em Celebration, considerado um dos melhores bairros de Orlando – Preço: $369 mil dólares

Screen Shot 2014-11-04 at 2.22.20 pm 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália Screen Shot 2014 11 04 at 2

Casa de 2 Dormitórios em Bondi, um dos melhores e mais caros bairros de Sydney – $2.5 milhões de dólares

Screen Shot 2014-11-04 at 3.29.40 pm 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália Screen Shot 2014 11 04 at 3

Casa de 3 dormitórios em San Francisco

Porém, dependendo de onde você decidir morar nos EUA os custos não serão nada baixos. Caso você escolha morar em San Francisco ou New York por exemplo, pode se preparar para gastar em moradia algo semelhante ao que se gastaria em Sydney . Vale lembrar que se você for pra Orlando por exemplo as oportunidades de emprego na sua área caem bastante.

Porém, para todo resto o custo de vida é muito mais barato nos EUA. Nos EUA eu comprava um pote de sorvete da Ben&Jerrys ou Häagen-Dazs por $3 dólares, aqui o mesmo sorvete custa $12.00, ou seja, 4 vezes mais. Nos EUA você consegue sair pra comer em um lugar legal no final de semana gastando pouco, na Austrália você gasta bem mais.

Agora, se você vai para uma cidade como Orlando ou Miami por exemplo, terá o custo de vida bem mais baixo que na Austrália e ainda assim com uma boa qualidade de vida. Porém a vida é mais parada em Orlando e mais perigosa em Miami. Na Austrália um lugar legal com preços não tão abusivos quanto Sydney é Gold Coast. Gold Coast é a Miami melhorada, porém é mais difícil conseguir emprego por lá.

P1100304 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália P1100304

Carro que você compra nos EUA com 28.000. Na Austrália (não existe este carro, mas está pra ser lançado o Mustang) um carro semelhante custaria em torno de $50 mil. By the way este carro não é meu, é da locadora de carros.

Carros também são muito mais baratos nos EUA. Meu carro nos EUA custa cerca de 40% a menos do que eu paguei aqui na Austrália. Porém o carro aqui na Austrália custa muito menos que um carro semelhante no Brasil

A vantagem é que você consegue ter uma excelente qualidade de vida na Austrália quase de graça, além disso você tem educação de qualidade gratuita para seus filhos e um excelente financiamento estudantil, além de um excelente suporte do governo e sistema de saúde gratuito para residentes através do Medicare,  vou falar sobre isso mais adiante.

2 – Emprego

P1070777 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália P1070777

Eu e a Michelle durante nosso tempo em San Francisco

Ambos os países tem uma boa oferta de empregos, a diferença é que a competição nos EUA é muito maior. Outra desvantagem dos EUA é o fato de que se você for estudante nem sonhe em trabalhar. A Austrália lhe permite trabalhar legalmente até 40 horas por quinzena como estudante.

Os salários na Austrália também são mais altos, mas com a queda do dólar australiano a diferença ficou menor. Nos EUA eles são mais Workaholics e a impressão que eu tive é que eles vivem para trabalhar, já na Austrália se trabalha para viver. Porém isso está pouco a pouco mudando e acredito que em 10 anos, quem não tiver estudado muito, se especializado bastante e tiver bons conhecimentos vai ficar fora do mercado de trabalho também na Austrália. Todos os anos chegam mais de 120 mil profissionais qualificados à Austrália, ou seja, em dez anos, somando-se a imigração com a população imigrante (que valoriza bastante os estudos) que se forma aqui, você terá fácil mais 2 a 3 milhões de pessoas no mercado de trabalho.

Nos EUA conheci um cara que no dia que sua esposa deu a luz ao seu primeiro filho ele saiu do escritório, foi ao hospital, viu o parto da esposa, saiu do hospital, pegou um taxi e foi para uma reunião de trabalho. É uma loucura a rotina de trabalho. Eu que estou acostumado a trabalhar muito não me importo tanto, mas dá pra notar uma grande diferença. Quando tive minha primeira entrevista de emprego nos EUA eu fui ao país para a entrevista e ao mesmo tempo em férias. Quando falei que ia passar um mês em férias eles não acreditaram e a mulher que acabou se tornando minha manager disse que o máximo que ela tinha tirado de férias na vida tinha sido naquele ano e apenas 2 semanas.

3 – População

image 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália image

Neste quesito a impressão que eu tive é que os americanos são mais abertos e amigáveis. Amo a Austrália, curto os australianos, tem muita gente legal aqui, mas culturalmente os americanos são mais parecidos com os brasileiros do que os Australianos. Os Australianos tem uma cultura mais inglesa.

Os Australianos são geralmente mais frios e distantes para o padrão brasileiro. Os americanos (naturalmente ou não) tentam ser e parecer mais simpáticos. De fato acho os americanos bem mais simpáticos e solícitos que os brasileiros. Quando fui contratado para um dos meus empregos na Austrália cheguei ao escritório, nem me apresentaram ninguém, me colocaram pra trabalhar e não tinha muita interação no escritório. Ninguém me perguntou sobre o Brasil ou demonstrou muito interesse sobre minha vida. Por outro lado em um dos empregos tive uma chefe que era Australiana que me ajudou bastante e o pior manager que tive na Austrália foi um cara da Malásia, por isso tudo é relativo e não tem a ver apenas com a cultura, mas com o indivíduo em si. Todos os australianos sempre foram bons comigo e me ajudaram bastante aqui, a diferença é que não tinhamos muito contato pessoal, apenas estritamente profissional.

Nos EUA, antes mesmo do meu primeiro dia de trabalho uma das funcionárias da empresa passou no meu hotel e nos levou para conhecer vários lugares em San Francisco, além disso todo mundo na empresa parecia sempre interessado em quem eu era e o que eu fazia. Havia também uma preocupação se eu estava bem, estava me adaptando, etc.

Há umas duas semanas conheci um Canadense que nasceu na Austrália, mas se mudou para o Canadá ainda com 1 ano de idade e cresceu lá. Os pais dele são também Canadenses. Quando perguntei se ele gostava mais da Austrália ou do Canadá ele me disse que sentia falta do povo do Canadá que era mais acolhedor, segundo suas palavras ele (que nasceu na Austrália) achava o Australiano mais distante e meio egoísta. Vale lembrar que isso também varia de cidade para cidade. Pessoalmente acho o povo de Melbourne simpático.

Algumas matérias mostram que alguns estrangeiros em geral tem esta impressão de Sydney, mas vale lembrar que Sydney é uma cidade que está ficando overcrowded e naturalmente como em qualquer grande cidade as pessoas vão se distanciando.

http://travel.ninemsn.com.au/blog.aspx?blogentryid=1027303&showcomments=true

https://answers.yahoo.com/question/index?qid=20060901164641AAeXrZZ

http://www.samesame.com.au/forum/showthread.php?t=8844

Tudo é apenas uma questão cultural. Meu cunhado e meu sobrinhos são Australianos e minha filha será Australiana, então naturalmente eu gosto do povo aqui. Cada povo é de um jeito e tem suas características. Um outro exemplo interessante foi quando um conhecido foi pro hospital aqui. Ele teve um problema e ficou uma semana no hospital Durante este tempo ele dividiu uma ala com outros 5 Australianos e ele (brasileiro) era a única pessoa que recebia visitas. Todos os outros pacientes tinham passado por cirurgias sérias e em nenhum dia ele disse ter visto alguém indo visitá-los.

Conversei com uns brasileiros nos EUA e eles dizem que sentem que os americanos são frios, que eles não tem contato com os vizinhos, etc, mas eu também não tenho aqui. Os vizinhos que conheço e que procuram ter um contato maior comigo são estrangeiros também.

Há pouco tempo descobri o Modelo de Lewis (acima) que avalia a reação de cada nacionalidade de acordo com um índice de emoção e o Brasil e a Austrália e EUA estão em extremos opostos.

Neste índice a Austrália aparece a frente dos EUA no quesito emoção o que eu não acredito que seja correto, pois acho os americanos (pelo menos os que conheci) mais conectados com a família (pais, irmãos, etc) do que os Australianos. Não significa que um povo é melhor ou pior, mas apenas que somos diferentes.

Temos que ver também pelo outro lado, que talvez possamos ser exageradamente calorosos para os estrangeiros

4 – Qualidade de Vida

aus3 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália aus3

Praia de Manly em Sydney, Austrália

Neste quesito a Austrália é incomparável. Esta semana tive que sacar $300 dólares no banco para pagar por um serviço. Passei no caixa eletrônico que ficava literalmente na calçada, saquei o dinheiro, tirei meu Iphone do bolso ainda contando o dinheiro e parei para esperar o semáforo abrir para que eu pudesse atravessar. De repente lembrei de quão surreal é poder fazer isso sem sequer se preocupar em olhar pro lado.

Os EUA não experimentam o mesmo nível de segurança e qualidade de vida que se tem na Austrália, mas como eu disse, tudo vai depender da cidade onde você mora.

aus2 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália aus2

Na Austrália você pode ir jogar vôlei com os amigos depois do trabalho

5 – Transporte

429032_187317178044745_576896966_n 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 429032 187317178044745 576896966 n

Na maioria das cidades americanas você precisa usar o carro até pra ir à farmácia.

Dá pra resumir bem. Tirando algumas cidades como NY, no resto dos EUA você precisa de carro pra absolutamente tudo. Já na Austrália você não precisa de carro pra absolutamente nada (dependendo de onde você more). Conheci há um tempo um diretor de uma grande empresa numa reunião com amigos e o cara há 8 anos não tinha carro. Fazia tudo de transporte público. Outro dia precisei ir à city e peguei o ônibus. Fui sentado, com ar condicionado lendo um livro no celular.

Screen Shot 2014-11-04 at 11.30.36 am 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália Screen Shot 2014 11 04 at 11

Na Austrália os ônibus são modernos, eficientes, tem ar condicionado, alguns tem Wi-Fi e na city (em Sydney) por exemplo tem um ônibus gratuito que roda pelo centro.

O transporte público em Sydney e na Austrália em geral é bem melhor que dos EUA e incomparavelmente melhor do que o Brasil.

Screen Shot 2014-11-04 at 2.31.49 pm 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália Screen Shot 2014 11 04 at 2

Estação de trem na Austrália

6 – Estilo de Vida

aus5 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália aus5

Indo caminhar em Dee Why depois do trabalho.

Depende de cada um, mas gostava muito do estilo de vida que tinha nos EUA. Como tudo é barato você tem muitas coisas para fazer por um bom preço. Você consegue ir à um jogo da NBA pagando pouco, à eventos, restaurantes e outros lugares interessantes sem gastar muito.

Screen Shot 2014-11-04 at 1.45.38 pm 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália Screen Shot 2014 11 04 at 1

Você pode não apenas assistir um jogo da NBA como encontrar algumas celebridades como Mario e Luigi

425923_187318874711242_1701640062_n 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 425923 187318874711242 1701640062 n

Na maioria das mais conhecidas cidades americanas sempre há algo legal pra se fazer.

Na Austrália você consegue fazer muita coisa de graça, mas apenas coisas ao ar livre como praias, parques, pique nique, etc. Aqui não rolam muitos eventos. Ou você gosta de Footy, NRL ou Cricket ou não tem nenhum evento esportivo que preste ver. Nos EUA tem Nascar, Indy, MLB, NHL, NFL, NBA, Patinação no gelo, UFC e qualquer outro evento que você imaginar acontecendo o tempo todo.

aus1 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália aus1

Como eu disse, vai depender do estilo de vida de cada um, mas pessoalmente eu tenho saudade destas coisas dos EUA, assim como sei que sentiria saudade deste incomparável estilo de vida ao ar livre da Austrália se morasse em outro país. Precisa colocar na balança o que é importante pra você.

7 – Justiça Social

Screen Shot 2014-11-04 at 1.48.17 pm 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália Screen Shot 2014 11 04 at 1

Centrelink na Austrália

Nem precisa falar. Tem poucos pobres na Austrália e mesmo a maioria destes não são miseráveis. Tem bastante incentivo do governo aqui para famílias carentes, tem muitos empregos (tem diminuído), estrutura e tudo mais. A Austrália tem um programa social que deixaria qualquer crítico do bolsa família revoltado.

Eu sou a favor dos programas de assistência do governo, pois entendo que apesar de ser um excelente país, com muitas oportunidades, estas oportunidades não estão acessíveis da mesma maneira para todos. Sim, existem pessoas que abusam do sistema, mas estes são uma minoria. De qualquer forma a Austrália cuida do seu cidadão de maneira exemplar. Mães solteiras, idosos, deficientes, desempregados, doentes ou pessoas nas mais diversas condições possuem um suporte para que tenham uma qualidade de vida decente.

No meu começo aqui na Austrália servi na área de Street Teams da Hillsong onde ajudávamos famílias carentes da Austrália. Fiz por um mês e parei, pois as famílias carentes tinham uma vida melhor em muitos aspectos do que a minha. : ) .  Estou brincando, mas por um lado é verdade. As famílias carentes que íamos ajudar moravam numa casa de dois andares de frente para um lindo parque, tinham um ou dois carros na garagem, tinham um quintal, máquina de lavar louça e geralmente eram mais solteiras desempregadas que tinham 4, 5 filhos. É um padrão de pobreza muito diferente do que é considerado um pobre no Brasil.

8 – Saúde

Conta do Hospital 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália hospital bills usa 6

“Continha” do hospital nos EUA

Nem se fala. A Austrália é um paraíso perto dos EUA e do Brasil. Aqui o Medicare cobre quase tudo para residentes. Não é perfeito, ams é muito bom. Nos EUA se você não tiver um plano de saúde, uma visita ao hospital para algo simples pode lhe deixar com uma dívida para o resto da sua vida.

Uma vez vi uma matéria nos EUA sobre um cara que era marceneiro e tinha cortado dois dedos com a serra. Pegaram os dedos do chão e o levaram ao hospital. Chegando lá veio o orçamento. $60 mil para reimplantar o dedão e $45 mil pelo outro dedo. O cara escolheu só o dedão e o outro dedo foi pro lixo.

Screen Shot 2014-11-04 at 1.56.16 pm 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália Screen Shot 2014 11 04 at 1

Royal Adelaide Hospital. Um dos diversos hospitais públicos da Austrália.

Um CAT Scan que aqui na Austrália gasto $80 dólares (custa mais, mas o governo paga a diferença) nos EUA chega a custar $7,000.00

Royal Women's Hospital, Melbourne, Victoria 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália Screen Shot 2014 11 04 at 1

Royal Women’s Hospital, Melbourne, Victoria

Isso jamais aconteceria na Austrália, porém aqui rola muito diagnóstico sem noção. Não são raros casos de pessoas que vão quebradas para o hospital e tudo que recebem é uma receita de panadol.

De qualquer forma, eu não tenho palavras pra descrever quão grato sou a Deus pelo sistema público de saúde Australiano.

 9 – Comidas e Restaurantes

usa4 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália usa4

P.J Clarks nos EUA. Um dos melhores hamburgueres do mundo. Tem no Brasil também. Na Austrália não conseguiram fazer um bom hamburguer ainda.

Sem dúvida os EUA. Dizem que os EUA é o país do Fast Food, mas se esquecem de falar que além das fast Foods há 10 mil outras opções de restaurantes nas grandes cidades. Nos EUA você vai ao Cheesecake Factorycom a esposa (um restaurante ao meu ver muito bom) , come super bem com direito a sobremesa e bebida Refil e gasta $30.00 dólares. Aqui na Austrália com $30 dólares você só consegue comer um Fish&Chips com a namorada e ainda assim num restaurante mais ou menos. Pra ir à um restaurante legal você vai gastar no mínimo uns 70 dólares.

usa3 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália usa3

No Gray’s Papaya de NY. 2 Hot Dogs + um Suco por $5,00

Por outro lado a comida Tailandesa na Austrália é boa, barata e tem em todo lugar.

Pra quem gosta de Fast Food a opção large na Austrália é equivalente a pequena nos EUA.

Screen Shot 2014-11-04 at 1.59.10 pm 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália Screen Shot 2014 11 04 at 1

Jamie’s Italian em Sydney do famoso chef Jamie Oliver. Um excelente restaurante, mas que não sai por menos de $60 dólares por casal,

Foram incontáveis as vezes que paguei caro para comer mal aqui na Austrália. Agora sou bem mais seletivo e pago pouco pra comer onde sei que vai ser bom, mas como eu disse, 99% isso significa comida asiática e nada além disso. Se você não come comida asiática (tailandesa, indiana, etc) corre o risco de passar fome. Os restaurantes italianos são muito ruins aqui e o melhor deles ao meu ver (Criniti’s) tem uma pizza muito boa e nada mais.

kPlZL 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália kPlZL

Diferença de tamanho entre o McDonalds nos EUA e na Austrália. O Large daqui é menor que o small de lá.

Você pode comer bem na Austrália, mas vai gastar muito pra isso.

10 – Para Planejar a Vida

Screen Shot 2014-11-04 at 2.02.19 pm 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália Screen Shot 2014 11 04 at 2

Evento em que fecharam a Harbour Bridge para Picnics. Um tipico final de semana na vida de um Australiano

Se seu objetivo é encontrar um lugar para formar sua família, criar seus filhos e seguir sua vida, sem dúvida este lugar é a Austrália. Você consegue ter isso nos EUA, mas precisa ter muito dinheiro. Aqui na Austrália as escolas públicas são boas (apesar do povo aqui reclamar) e muito melhores que nos EUA. Nos EUA você vai precisar colocar seus filhos em um colégio particular. O acesso à saúde na Austrália é fácil e você não vai falir por causa de uma conta do hospital.

O governo da Austrália possui programas de assistência para praticamente tudo. Você tem muitas atividades gratuitas ao ar livre, o transporte público é bom e os empregos idem. Ou seja, se seu sonho é criar sua família sem se estressar muito em um ambiente muito legal e seguro este lugar é a Austrália.

Se por outro lado seu objetivo é investir na carreira e não na família, para ter um plano de saúde pago pela empresa, poder pagar o financiamento de sua casa, carro e tudo mais pra viver em um lugar legal onde com muita determinação, poucas horas de sono, incessante estudo e dedicação você pode se tornar o próximo Steve Jobs, este lugar é os EUA. Porém leve em consideração que você pode fazer tudo isso e não se tornar nada também.

11 – Bonus – Receptividade ao Estrangeiro

Acho que os EUA está um pouco a frente, principalmente pelo fato da imigração não ser tão recente como na Austrália. Não virei cidadão americano como virei Australiano, mas o que eu senti lá (pelo menos nas cidades onde fui e onde morei) é que, contanto que você trabalhe, seja honesto, dedicado, respeite a lei e o próximo e ame o país e seus valores, você é bem vindo (salvas exceções). Acho que os EUA (levando em conta as cidades mais cosmopolitas) está mais acostumado com o estrangeiro. Eu vejo que os estrangeiros que estão lá se sentem americanos mesmo. O cara pode ser preto, branco, mexicano, chinês, russo, brasileiro, grego, ser careca, cabeludo, não ter as duas pernas ou ser como for, existe um senso de belonging muito forte lá, mais do que se tem aqui na Austrália. A impressão que eu tive é que o imigrante que se torna cidadão Americano se sente mais aceito e mais parte do país e da cultura americana. Aqui a pessoa é geralmente vista pra sempre como um imigrante que se mudou para a Austrália, nos EUA  (com algumas exceções) a pessoa é vista como um imigrante que se naturalizou Americano, que nasceu em outro país, mas hoje é um americano.

Screen Shot 2014-11-04 at 2.10.16 pm 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália 10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália Screen Shot 2014 11 04 at 2

Na minha cerimônia de cidadania Australiana eu era o único estrangeiro carregando uma bandeira Australiana colada ao bolso do meu terno. A cerimônia foi legal, gostei, aprendi bastante sobre a cultura Australiana estudando para o citizenship test, mas fica a sensação que está faltando alguma coisa, não sei explicar. Por outro lado a Austrália ainda é um país com as portas muito mais abertas para a imigração do que a maioria dos outros países desenvolvidos e isso é um imenso ponto a favor da Austrália.  Abaixo coloquei um trailer muito legal de um documentário sobre a cidadania Americana.


HBO Documentary Films: Summer Series – Citizen… by HBO

Pra quem quiser, recomendo assistir o documentário da HBO chamado Citizen USA sobre a cerimônia de cidadania dos imigrantes nos EUA. Muito interessante.

Australia

Prós

Qualidade de vida, altos salários, possibilidade de imigração, estrutura, acesso à saúde gratuito, acesso à educação gratuito, excelentes escolas, possibilidade de financiamento universitário (pago após o ingresso no mercado de trabalho descontado do imposto), praias, vida ao ar livre, clima, transporte público, empregos, organização.

Contras

imigração recente, custo de vida, dificuldade de imersão cultural, restaurantes, eventos, alto consumo alcóolico, distância do Brasil e fuso horário.

Estados Unidos

Prós

Custo de Vida, bem estar, meritocracia, maior imersão cultural, proximidade do Brasil, enorme quantidade de imigrantes, estrutura, diversidade cultural, atividades e eventos, compras, possibilidade de comprar um imóvel por um valor menor, melhores universidades do mundo, grande parte das mentes mais brilhantes do mundo está lá (isso não significa que isso pode fazer alguma diferença para 95% da população), excelente para empreendedores, melhor atendimento em serviços privados.

Contras

Sistema de saúde absurdamente caro (dependendo do que você tiver ou você morre por não ser tratado ou morre de susto quando chegar a conta), salários mais baixos (principalmente para área de hospitality, garçonetes e outros profissionais não tem salário, apenas ganham gorjetas), intensa rotina de trabalho, menos tempo para aproveitar a vida, menor assistência social.

Solicite Orçamento 160×160
SHARE
Previous articleComo Conquistar Seus Sonhos na Austrália
Next articleComo é o Trabalho na Austrália
Jerry Strazzeri
Jerry Strazzeri vive na Austrália com sua esposa desde 2006. Trabalha como Analista Digital na Austrália já tendo trabalhado em empresas no Brasil e Estados Unidos. Cidadão Australiano, junto com seu trabalho está concluindo uma graduação em Leadership. Junto com sua esposa Michelle, foi responsável por diversos sites na área de educação e TI e criaram o Brazil Austrália em 2006 para ajudar aqueles que estavam imigrando ou vindo estudar na Austrália. "Mas eu e a minha família serviremos ao Senhor" ~ Josué 24:15 Veja meu outro blog - Siga-me no Quora

53 COMMENTS

  1. Fala Jerry!
    Muito bacana esse post!

    Muito gente me pede pra fazer essas comparações, mas como nunca morei lá (EUA), não posso fazer ¯\_(ツ)_/¯

    Só uma coisa: discordo que a Austrália não tem bons hamburgers. Pelo menos em Brisbane e Gold Coast eu já encontrei opções muito boas. Sério!
    Eu morava em São Paulo e posso dizer que aqui pode não ter a mesma variedade que tinha lá, mas no quesito qualidade eu diria que é tão bom quanto! ツ

    Abraço!

  2. E aí Jerry… valeu pelo post.
    Já passei férias na Califórnia, e como você disse, os americanos são bem receptíveis e as coisas são baratas.
    Ano que vem pretendo fazer um intercâmbio em Gold Coast – Austrália e pelo que você disse, é um ótimo lugar para viver, estou torcendo por isso.
    Grande Abraço!

  3. Jerry, as vezes as coisas tem que ser pescadas no meio do texto: Parabéns ao casal pela filha que esta para vir.

    E como sempre, texto muito bacana!

  4. Excelente texto, muito detalhado e esclarecedor, nada muito tentendo a puxar para um país em específico, mas mostrando a realidade, parabéns! Só adicionaria uma coisa no seu texto, nos EUA dependendo da região que você mora, o povo pode ser menos receptivo também. Eu morei um tempo em Utah e o povo lá era bem fechado mesmo, lembro que frequentava as igrejas mormons la e o povo nem falava comigo e meus amigos, nem um oi rolava. E pra você não dizer que era somente eu que reclamava, dois amigos americanos me disseram a mesma coisa, que o povo de Utah era muito fechado e estranho, que outros lugares dos EUA o povo era mais aberto. Então dependendo do lugar que você vá nos EUA, pode pegar um povo fechado também.

  5. Só discordo um pouco da parte que australiano é mais “fechado”, e já tinha ouvido sobre terem “herdado” isso da cultura inglesa, mas aqui em Canberra fui super bem recebida, principalmente pelos ingleses! A inglesa que trabalha comigo me levou pra conhecer a cidade e as praias próximas!
    Em relação a comida, aqui se come muito mexicano também, mas o preço é bem salgadinho. Quando estou sem grana tenho que optar pelo Mc, que além de ser barato, ainda tem casquinha por 30 cents!!! hehehe

  6. Muito bom, só achei que faltou deixar ainda mais claro que saúde e educação gratuita na Austrália são só para quem tem o visto de residente (e o caminho para isso é longo longo e pode levar anos). Muitos estudantes com certeza lerão o texto e poderá haver má interpretação. Tive minha filha na Austrália e quase tive que vender um rim para poder pagar as despesas…além do child care, que era algo em torno de 500 doláres por semana. De resto, ótimo texto!

    • Olá Maria,
      Você poderia dar mais detalhes sobre o custo de ter um filho na austrália para não residentes e sobre o que é o Child Care? Depois disso, seu bebê recebeu a cidadania australiana? Agradeço desde já, abraços!

  7. Otimas comparacoes! Como vc, tb senti um feeling de belonging somehow maior na California (SoCal)…! Porem, a Australia realmente da de 10×0 no quesito oportunidades – independente da nacionalidade (experiencia pessoal/ professional/ imigratoria)

    Um outro ponto que vale ressaltar eh o consumismo desenfreado nos EUA ja que tudo eh mto mais barato! Principalmente pra mulheres: morando la, facilmente compra-se roupa nova no dia-a-dia. Agora na Australia…a comparacao involuntaria entre precos americanos x australianos desencoraja a loucura do consumismo (o que eh ate bom!) Os outlets aqui parecem propaganda enganosa. Mas comparado ao Brasil, bem mais barato!

    PS: acho que somos vizinhos…! rs

  8. Primeiramente adorei o texto, parabens! De fato, o conceito de um pais ser receptivo ou nao depende muito das nossas experiencias individuais. Tendo uma imagem muito positiva dos Australianos, fui Bem recebido e Bem Tratado na maior parte das vezes.

  9. Oi Jerry, vou pra Gold Coast em Maio de 2015 com minha esposa pra passar 1 mes de ferias. Antes de irmos embora iremos passar em Sydney, pois queremos conhecer a igreja HillSong Church!!
    Precisava pegar alguns detalhes com voce. Poderia entrar em contato através do meu e-mail?
    Abraços e tudo de bom pra vc e sua família!

  10. Excelente texto Jerry, parabéns!

    Estou com planos de ir para austrália fazer intercambio no começo de 2015, um dos motivos primordiais da minha escolha pela austrália(cidade de Sydney) foi pelo fato do estudante poder estudar e trabalhar. Pelo que li no seu texto as oportunidades de emprego estão diminuindo, isso é verdade? em quais areas os empregos estão ficando escassos? Peço por gentileza que dê um retorno, pois um dos meus maiores medos é passar dificuldades financeiras na austrália.

    Muito obrigado e que Deus o abençoe!

    abraços

  11. Gostei muito do seu texto. O que me ficou de impressão é que o custo de vida elevado na Austrália acontece por causa dos gastos sociais do governo com saúde e assistência. A tendência é que os impostos fiquem cada vez mais altos, com o tempo (como já acontece na Escandinávia) e a qualidade dos serviços caia. Você falou dos pacientes quebrados que saíram com receita de paracetamol. De fato, o problema da saúde pública, nesses moldes, é que você não tem direito de escolher nada. Se o médico for ruim, azar o seu. É o que você vai ter. Por isso, acredito que um lugar com baixos impostos, em que o dinheiro fique no meu bolso para eu contratar os serviços que fizerem o melhor pelo meu dinheiro, tem mais chances de dar certo. Prefiro pagar barato por produtos para contratar os serviços que escolher, do que pagar caro por hambúrguer que vem com o preço do SUS embutido. O sistema de saúde alemão conseguiu juntar vantagens dos dois mundos, o liberal e o socialista. Talvez a Austrália caminhe nesse sentido, quando houver o colapso, daqui alguns anos (vai acontecer, acredite). Enfim, coisas para se pensar. Obrigado, de toda forma!

  12. Na minha opinião, esta questão de povo fechado x povo receptivo agente sente em qualquer lugar, em qualquer cidade de qualquer país do mundo. É muito relativo e subjetivo esta questão. Para alguém que vem por exemplo de uma cidade do interior de Minas, com 10 mil habitantes, onde todo mundo conhece todo mundo e todos frequentam a casa de todos, chegar em São Paulo será um desafio e tanto, pois as pessoas em São Paulo tem suas panelas, seus clubes e rodas de amizade então essa sensação de acolhimento será péssima. Já um paulistano indo para o interior normalmente sente uma grande receptividade, pois o povo geralmente é mais aberto e receptivo. Isto tudo sem sair do país. Adicione uma pitada de outro idioma/cultura/educação e terá temperos diferentes para a mesma receita.

    • Mais um ponto: Eu já trabalhei em lugares extremamente hostis, e em lugares extremamente acolhedores, e sem mudar de cidade.

      E desculpem os erros de português!

  13. Oi, boa tarde !

    Gostaria de saber se assim que eu chegar na Austrália com visto de estudante eu ja posso procurar por um emprego ?

  14. Bacana suas experiências. Estou indo para Gold Coast por 8 meses a priori, depois irei decidir se permaneço por mais tempo. Estou indo dia 2 de janeiro e estou extremamente ancioso para conhecer essa cultura australiana. Em relação aos EUA tive um impressão completamente diferente, um pessoal fechado, egoísta, puts, um saco, nunca mais volto naquele lugar. Espero ter um bom feedback da austrália e do seu povo! Abraços!

  15. Minha opinão apenas sobre turista que conheço os dois lugares.é muito dificil escolher.eu pirei no estilo de vida da califa, mas na balança a australia é melhor pra viver e curtir a natureza misturada com a vida normal.se eu tivesse que escolher hoje escolheria a califa pelo meu plano de vida, mas a australia é show de bola.
    Acho que o sucesso vai depender da pessoa.quem é mais humilde ou ja lidou com o perrenge vao tirar de letra qualquer trampo inicial que é fato.mas as possibilidade é tanta que vale a pena arriscar.mais ja aviso que viveu na aba dos pais e vai pra trampa ñ guenta. E o sonho vira um pesadelo talvez.pense nisso.

  16. Jerry, parabéns pelo seu post! A meu ver, Austrália parece um lugar fantástico de se morar. Para quem mora em SP ou mesmo no Rio, fato de ter custo de vida relativamente caro não é surpresa… Me formo em Sistemas de Informação agora, no meio de 2015 e gostaria de passar ao menos um ano na Austrália. Pelo o que li, para conseguir um emprego na área, é necessário 3 ou 4 anos de experiência e ainda prestar uma prova de inglês. Essa informação é correta?
    Tive um amigo que trabalhou como pedreiro aí e adorou (ao menos, é o que ele diz). Você conhece outras pessoas que vivem aí com este tipo de trabalho – mais braçal do que intelectual? Poderia indicá-las por aqui?

    Fiquem à vontade de responder!

  17. Olá!

    Eu tenho uma grande dúvida.

    Estou com meu planejamento para morar, eu diria viver, pois quero ficar para sempre. Daqui a uns dois anos estou indo para a austrlia, para fazer algum curso técnico em logistica, pois trabalho aqui em uma petróquimica com projetos logísticos.
    Após estar estabelecido poraí vou procurar emprego na área, e como tu passar a viver como um residente.

    Minha dúvida é: como funciona a parte de aposentadoria poraí, saberias me informar sobre isso? Se o governo tem um cuidado com isso, se um estrangeiro, sendo residente por exemplo teria direitos a algum programa de aposentadoria, enfim está é minha dúvida.

    Ótimo site, sempre o acompanho, abraço!

  18. Jerry, gostei de seu texto! Bem útil pra quem pensa em se mudar para um desses dois países.

    Só faria uma observação quanto ao item 1 – Custo de Vida. Quando comparamos 2 países diferentes não podemos levar em conta apenas o preço de um determinado produto, mas devem ser considerados outro fatores como salário e tempo de trabalho.

    Em outra palavras, devemos levar em conta que o salário médio de um australiano é maior do que o salário de um americano para o mesmo tipo de emprego. Quanto ao tempo de trabalho, esse é primordial, pois sabemos quanto tempo (horas/dias) um australiano terá de trabalhar para comprar determinado produto e quanto tempo um americano que desempenhe a mesma função terá de trabalhar para chegar ao mesmo objetivo.

    Espero ter colaborado.

    Cheers!

    • Olá Francisco

      Bem colocado. Eu cheguei a mencionar que o salário na Austrália é maior e realmente, como você disse temos que levar em conta quantas horas se trabalha a mais nos EUA do que aqui

      Valeu

      Abraços

  19. Tudo eh muito relative. Morei nos Estados Unidos e achei os Americanos muito mais frios que os Australianos. Todos os Australianos sempre foram muito cortezes. Em relacao a nao ter carro etc. tudo depende da cidade e onde na cidade que vc vive. Eu vivo em Perth a 8 anos e digo que sem carro em Perth nao tem como se viver decentemente. Outra coisa eh falar que nao tem evento esportivo na Australia eh fogo. O Brasil soh tem futebol. Os esportes que vc citou vc nao gosta. Aqui tem uma variedade muito grande. Tem o nosso futebol ( eh o esporte Amador mais praticado do pais), AFL, NRL, Rugby Union, Basquete, Cricket Etc etc. Sem falar em eventos como a Formula 1, Australian Open etc…

  20. Já fui à Austrália. é um país muito bacana, mas não foi o que eu procurava. O que eu queria e fiz, mesmo, foi viajar de trem pela Indian Pacific, de Perth a Sydney. Viajei para vários países e a Austrália está entre os melhores, mas não é um lugar que eu gostaria de morar, o que me surpreendeu foi as paisagens, por ser diferente do Brasil. A receptividade deixa um pouco a desejar, mesmo quando vc tem muito dinheiro para gastar. Os australianos não sabem praticamente nada, não só sobre o Brasil, como também sobre os Estados Unidos e Europa. A frieza deles é compensada pelo bom caráter.

  21. ameiii este post…pensando e analisando onde mandar filho p fazer intercambio.
    e devo dizer que nao me assusta os preços , afinal moro em sao paulo capital..e esta quase quite
    oos preços “abusivos” sao de sao paulo tambem e nao venha comparar a qualidade……

  22. Hummmmm nao comparo com Australia, pq nao vivi la. Vivo aqui nos EUA a 10 anos. Mas tem dois equivocos neste post: 1) Acerca da saude: Achei fantasiosa o orcamento dos dedos., isso e crime! Bem capaz que fariam um orcamento para escolher qual dedo iriam reimplantar. Vivo dentro de hospitais, pois meu marido e doente, e tem semanas que vamos 3X ao medico. Eles NUNCA recusaram atendimento, nem pedem o cartao do seguro, nunca me disseram o valor de um exame de urina, eles fazem TUDO q acham que vc precisa, atendimento espetacular, e depois SIMPLISMENTE mandam a conta, que eu concordo q sao altissimas! O tratamento de 7 dias de um pe queimado em um diabetico, custou U$ 130.000.00. (Na epoca nos nao tinhamos seguro privado eles assumiram parte dos custos, e finalmente custou a nos cerca de U$ 30.000.00. Aqui tambem se vc nao puder pagar nada eles nao vao cobrar nada de voce! 2) Acerca das escolas: Nao, vc nao precisa colocar seu filho em uma escola privada. Meu marido teve 5 filhos, nenhum estudou em escola privada, somente quando foram a universidade e mesmo assim com bolsas de estudo e outros com subsidios do governo.

  23. Muito legal o post, mas tenho que discordar sobre os australianos serem mais frios. Acho eles super parecidos com os brasileiros e muito mais simpáticos do que os americanos!

  24. Ola Jerry.

    Acompanho seu blog e acho muito bom.
    Venho fazer meu comentário. Em relação a amicabilidade dos americanos e Aussies, não da para generalizar. Morei 6 anos em NY antes de ir para Oz e disparado os Aussies são muito mais amigáveis e simpáticos. Talvez porque vocês estavam na Califa, o povo eh mais amigável. New Yorkers são azedos e antipáticos , ate pelo clima e cidade “cinza”. Simpáticos só os waiters e bartenders interessados nas tips.
    Moradia em NY também eh infinitamente mais cara do que Gold Coast e mais cara do que Sydney por apartamentos minúsculos e mal cuidados em Manhattan.

    Cheers,

    Georgia

  25. Post profundo e realista, e o melhor de tudo, com linguagem simples.
    Apesar de não ter vivido em nenhum dos dois países ainda (indo pra Austrália em breve), suas pontuações atestam a minha impressão como visitante desses dois países. Durante muito tempo, depois de viver na Espanha por um ano, eu decidi escolher o país aonde criaria meus filhos. E seu post vem detalhadamente explicar as mesmas razões que me levaram a escolher Aussie.

    Parabéns pelo texto, cheers.

  26. Muito bom o Post….Só acrescentando, em diversas cidades da Austrália, vc pode fazer muita coisa de bicicleta.

    Parabéns!!!.

  27. Ótimo post! No final, como vc bem frisou, a escolha de um ou de outro acaba sendo bem pessoal, de acordo com a personalidade da pessoa e até o momento de vida de cada um. Morei em New York por um ano antes de vir pra Sydney, onde já estou há oito. Me lembro de no começo ficar comparando tudo e, na maioria das vezes, os Estados
    Unidos ficava no topo de minha preferência. Até que voltei a US de férias depois de seis anos morando aqui e percebi que a pessoa que eu sou hoje, com meu atual plano e estilo de vida, se encaixa muito melhor em Sydney! New York continuará pra sempre em meu coração como uma de minhas cidades favoritas no mundo (menção honrosa à Califórnia q tb já me proporcionou mtos bons momentos nessa vida), mas é Sydney na Austrália que me conquistou por inteira e que me completa muito mais hoje em dia, o lugar onde eu escolhi pra chamar de home sweet home.

  28. Oi, gostei muito do seu post, mas ficou faltando falar que na Austrália o acesso gratuito a educação, saúde (hospitais) e programas assistencialistas do governo (centrelink) são apenas pra cidadãos. Pra quem é estrangeiro que chega com um visto de turismo ou como estudante vai pagar caro pra ter acesso à saúde e educação. A condição do visto de estudante só permite vc ficar no país se for pra estudar, ou seja, vc vai ter que gastar uma nota pra ficar pagando e/ou renovando os estudos. Tudo aqui na Austrália é caro, então o estrangeiro ganha um bom salário, mas acaba que o que o estrangeiro ganha só da pra pagar contas. Sobra quase nada pra baladas, restaurantes bons e festas. Cerveja aqui na Austrália custa caro 7 dólares o copo, ou seja, até a balada perde a graça com um preço desses. Por outro lado vc menciona nos contras que existe um alto consumo de álcool. Isso é verdade, o copo pode custar 7 dólares, mas vc pode comprar uma caixa de 24 long necks por 45/50 dólares. Só que como a lei proíbe vc ficar bebendo nas ruas, ai a galera bebe em casa sem moderações mesmo.
    Eu também já morei nos Eua, em Wichita (Kansas) por um ano e em Washington D.C (Maryland) por outro ano. Achei o povo muito mais frio que o Australiano. Lá eles realmente não deixam trabalhar com os vistos de estudante e/ou turismo. E os salários são mais baixos também. O problema dos Eua é que eles têm medo de tudo, se estourar um saco plástico em público com certeza vai ter gente se jogando no chão e achando ser uma bomba. O problema racial é outra coisa marcante. Tirando New York e Miami onde todas as raças e culturas se misturam, lá quem é negro só anda com negro, quem é branco só anda com branco, mexicanos só andam com mexicanos e quem é estrangeiro que procure sua metade igual.
    Outro problema grave nos Eua é que tem muita muita muita gente gorda obesa, mas não são aqueles “gordinhos” que dão no Brasil, lá nos Eua tem gente estourando de tanto que é gordo. Tem alguns outros probleminhas como furacões e muito problema racial ainda.

  29. ????????????????Te dou Parabéns por seu post , até que enfim encontrei alguém que me entenderia Nem que seja um pouco. .rs, não lí tudo que postou ainda, mas gostei da comparação que fez sobre Austrália e o jeito das pessoas, eu moro há 9 anos na Austrália e até hoje me sinto uma intrusa naquele lugar, tenho um bom trabalho , sou bem remunerada , mas por várias vezes sinto que não sou aceita, a imprensa o que tenho é que o Australiano “nos engole” não me sinto bem vinda, talvez seja o fato deles não serem receptivos …Acho eles egoístas, essa coisa que nós brasileiros temos de “dar uma mãozinha” pro outro nas mínimas coisas na Austrália não existe, o fato deles serem bem distantes das pessoas de fora me incomoda bastante, passa uma imprensao de que se acham melhores e que não precisam de ninguém e na minha opinião eu acho que Austrália precisa sim de pessoas de fora alí ou caso contrário à maior parte dos profissionais não seriam de fora. O problema é que muitas vezes focamos no nosso Brasil com problemas e super valorizamos demais os outros países. ( Essa é minha opinião é claro que até onde eu lí vc não mencionou dessa forma) . Austrália tem seus encantos e muita coisa boa que me fez ficar lá durante este tempo , mas estou com planos de passar uma temporada no Canadá e por isso agradeço muito pelo seu post, pq vc só me ajudou a ter mais certeza do que já havia pensado em fazer. Acho que sou muito agarrada com parte boaa da cultura brasileira e gosto deste jeito alegre , que gosta de receber gente , que gosta de ajudar, dividir. .. Este jeito que EU ACHO que somente muitos dos brasileiros tem e também é uma coisa que morando na Austrália eu pude ver que infelizmente muitos brasileiros acabaram perdendo…Muitos se tornam individualistas, egoístas. .. (Lembrando que cada um tem seus motivos pra terem certas atitudes, porém esquecer nossas raízes já fica meio” pesado” pra eu entender. ????

    • Oi Adriana. Tudo bom? Obrigado pelo comentário e realmente as vezes tenho a mesma impressão e vejo outras pessoas com uma impressão semelhante. Culturalmente a Austrália é bem diferente do Brasil e os Australianos são um pouco mais fechados no geral, não apenas com brasileiros, mas mesmo entre eles, eles levam mais tempo para confiar em alguém e desenvolver uma amizade. Há também o fato de que somos diferentes e nós mesmos as vezes criamos algumas dificuldades em criar este vínculos. Vou dar um exemplo, eu no Brasil era visto como uma pessoa que fazia piadas, etc, e entre os australianos levei uns 8 anos para agir deuma maneira que eles achassem – às vezes – engraçado.

      Também concordo com a questão dos brasileiros se tornarem mais individualistas aqui, mas acho que é mais algo que a pessoa traz em si e acaba encontrando um solo mais fértil aqui para estas caracterísiticas aparecerem.

      Não sei muito como é o Canadá, mas pelo pouco tempo que vivi nos EUA me senti muito bem vindo lá e de uma certa forma acabei me conectando mais rapidamente com algumas pessoas, mas isso é miinha opinião, pode ser diferente para outras pessoas.

      Obrigado pelo comentário, abraços

  30. Ahh… Cada pessoa é de um jeito, mas acho essas políticas Australianas um absurdo, são elas que aumentam os preços das coisas, deixam o custo de vida maior, salário mínimo desproporcional, políticas assistencialistas, estatais e subsídios, prefiro os EUA onde tudo é privado ou na Alemanha onde a saúde é privada mas o governo financia planos de saúde para o pessoal frequentar hospitais privados, ter coisas públicas não é bom não, isso gera gastos enorme, encarece as coisas, a saúde no Canadá é 100% pública, não pode montar hospital privado por lá, isso causa uma saúde vergonhosa e um aumento no custo de vida, se eu moro no Canadá e quero uma saúde diferenciada, se não quero correr risco nenhum, ai tenho que ir para os EUA em um hospital privado, sim hospitais lá são caros, mas vc pode arcar com os custos com plano de saúde se vc souber planejar sua vida, para que deixar o governo roubar se dinheiro e investir onde ele quer sem nem saber se vc quer???
    Essas políticas um dia entraram em declínio, aqui no Brasil já entrou sem nem mesmo decolar, pq o Brasil nunca teve um passado de mercado como os países europeus e a Austrália, nunca teve como sustentar, e nunca terá.

  31. Muito bom seu documentário e informações, bem a realidade. Eu pretendo ir este ano p Aus .. vamos ver no que vai dar…quero aprender e aprimorar o inglês. Sou Adm C Comex e bilingue espanhol. Depois ficar um pouco nos Eua mais perto do Brasil mais se pudesse escolher ficar seria Austrália. Abraços Paula.

  32. Muito Bom mesmo Jerry pelo os post. Eu e minha esposa estamos indo pra Australia e estávamos pensando em ir pra Brisbane . Queria saber se alguém de vcs que já vivem aí poderia me ajudar a encontrar emprego por aí. Eu trabalho na área de construção como instalação de Pavers já trabalhei nos usa por seis anos nessa área. Se alguém poder me ajudar eu agradeço muito

  33. Muito bom , até dezembro eu e meu esposo vamos para califórnia tentar uma vida nova , estudar e aprimorar nossos conhecimentos , quem sabe é por la que fico.

  34. Olá, tudo bem. Gostei muito do texto sobre a Austrália. Já tive oportunidades de estar nos Estados Unidos participando de congresso e na Suíça fazendo estágio na área de fisioterapia. Em 2017 pretendo ir para a Austrália participar de um congresso na área de educação física. Estou vendo tudo por um agência, mas gostaria de saber se vc pode ajudar. Sou professora de natação infantil e sei que a Austrália e a melhor nessa área. Gostaria de entrar em contato com alguma escola de natacao ou academia que eu possa fazer um estágio durante o período que ficarei aí na primeira quinzena de julho de 2017 em Perth. Sou educadora física e fisioterapeuta e quero muito ter essa oportunidade de conhecer esse trabalha de natação infantil. Mas preciso de informação para que eu possa fazer contato. Jerry, se vc puder ajudar, agradeço é muito. Abraço. Carmem

    • Olá Carmen. Seria interessante vc fazer uma lista de academias em Perth e entrar diretamente em contato com eles. Certamente alguém vai te receber.

  35. Já acompanho o blog ha algum tempo, desde que decidi que quero ir pra Austrália. Gostei muito do texto, como sempre seus textos esclarece muita coisa pra gente, e continuo achando a Austrália melhor opção. Só gostaria de tirar algumas dúvidas: imigrantes na Austrália tb tem direito à saúde gratuita, educação gratuita (para os filhos), financiamento universitário e acesso aos programas sociais, se precisar? Ou pra isso o imigrante precisa ter cidadania australiana? E como faz para tirar essa cidadania? É difícil? Precisa ter visto definitivo? E você, além de cidadania australiana tem o visto permanente? Gostaria muito que esclarece essas minhas dúvidas. Obrigada.

LEAVE A REPLY