Connect with us

Brazil Australia – Estudar e Trabalhar na Austrália

Dicas Para quem Vem para a Austrália

Dicas

Dicas Para quem Vem para a Austrália

Estas últimas semanas acabei tendo bastante contato na igreja com brasileiros que estão aqui como estudantes. Não só isso, também conheci alguns residentes recém-chegados e percebi como muitas coisas que hoje já me parecem comuns ainda são novidades para muita gente que está chegando. Não só isso, mas também vi que muitas coisas que passei quando cheguei aqui ainda são iguais e desta forma resolvi postar algumas dicas para quem estiver chegando que certamente poderão ajudar bastante os recém-chegados ou quem planeja vir pra cá.

Alugando um apartamento

Conversando com um amigo esta semana vi que ainda existem muitas fraudes de aluguel. É algo que acontecia quando cheguei e pelo jeito ainda acontece, por isso é preciso tomar cuidado. Algumas pessoas anunciam um apartamento lindo para alugar, numa excelente localização e por um preço excelente. Contudo, quando você envia um email se mostrando interessado eles respondem dizendo que tiveram que viajar de emergência para o exterior por um motivo qualquer e por isso precisam alugar o apartamento com urgência (por esta razão está tão barato) e dizem que você precisa fazer apenas o depósito do Bond (neste post você encontra tudo sobre como alugar um apartamento na Austrália e o que é  o bond) e que a chave do apartyamento vai ser enviada pelo correio. Isso na verdade é uma fraude. O apartamento não existe e a pessoa anuncia isso buscando roubar o dinheiro do bond do maior número de pessoas possivel. Tome cuidado.

Update: Coincidentemente hoje saiu uma matéria no SMH sobre isso. O alvo destes impostores agora são os estudantes:

http://smh.domain.com.au/real-estate-news/students-target-of-real-estate-con-artists-20121008-2795o.html

Escolhendo a Agência de Intercâmbio

Existem agências boas e outras não tão boas, mas justiça seja feita, a agência é uma empresa e não sua mãe, por isso algumas coisas que podem lhe incomodar com a agência na verdade é apenas o procedimento padrão. Por exemplo, se você por algum motivo não gostar da escola o valor pago não será reembolsado. Isso não depende da agência, pois a escola aqui não reembolsa o valor pago. Cabe a você escolher bem a escola. Eu mesmo fechei 5 meses de curso de inglês e fiz 2, pois arrumei um emprego na área logo e mudei de visto. Tentei pedir o reembolso na escola, mas eles informaram que o curso não era reembolsável. Isso é normal, por isso não tenha expectativas irreais.

Mas um ponto importante é que a imensa maioria das agências lhe trata como rei antes de você fechar e depois não quer mais saber de você. Isso também é normal. Contudo não caia na besteira de papo de agente. Eles sempre dizem que tem uma agência aqui na Austrália que lhe dá todo suporte que você precisar. A agência que eles possuem aqui serve apenas para lhe vender outro curso quando o seu acabar. Nada além disso. A ajuda que eles dão é uma newsletter semanal com vagas de emprego, uma folha com algumas dicas quando você chegar e um tapinha nas costas.

Um amigo esta semana me disse que pagou um serviço da agência que lhe pegava no aeroporto e lhe deixava na homestay. Ele achava que viria uma van, lhe pegaria no aeroporto, lhe levaria até sua homestay, apresentaria para a dona da casa (uma vez que ele não falava inglês ainda), lhe daria dicas, etc. Quando chegou em Sydney um garoto de 19 anos brasileiro num carro velho e pequeno apareceu no aeroporto junto com a namorada para pegá-lo. Ele foi o caminho todo (meu amigo) com uma mala enorme no colo e eles apenas o deixaram na porta da homestay e foram embora.

O importante disso tudo é que ter uma agência aqui (ou mesmo no Brasil) não vai fazer nenhuma diferença. Você vai aparecer na agência no máximo uma vez para eles te darem uns papéis que não servem pra nada, tirarem uma foto para colocar no site deles e ganhar mais algum dinheiro extra sempre que você precisar de algum serviço. A Agência é fundamental apenas para você fechar o curso, fazer sua documentação, etc. Ou seja, para você vir pra cá. Depois disso não fará diferença alguma na sua vida.

Muita gente me escreve pergunta se vale a pena fechar com uma agência por ela ter filial na Austrália. A resposta é simples: NÃO! Não faz diferença alguma, pois ela não vai lhe servir de absolutamente nada aqui. Serve apenas para lhe passar a falsa sensação de segurança, mas depois de um tempo aqui você vai perceber que elas só vão servir para tentar renovar seu curso quando este acabar, algo que você pode fazer em qualquer lugar.

Indo à Escola

Muitas pessoas começam a arrumar um emprego aqui, outro ali e o dinheiro acaba falando mais alto que o ensino. Com isso começam a faltar a escola ou chegar atrasado. Não faça isso. O sistema aqui é muito rígido e sério e não possui jeitinho. Obtendo menos de 80% de presença seu nome é enviado à imigração e você receberá uma carta dizendo que será deportado do país, sem chance de voltar por 3 anos. Não tem jeitinho, não adianta chorar, dizer que seu avô morreu ou que passou mal e por isso não foi às aulas. Já vi gente tentando todo tipo de desculpas. Não funciona. A escola apode perder a licença se não lhe reportar e eles não farão isso somente para lhe ajudar. Por isso não falte às aulas. Se você não gosta muito de estudar escolha uma escola mais fraca, mas não falte às aulas. Muitos brasileiros são deportados todos os anos. Você não fica sabendo, pois ninguém volta para o Brasil dizendo que foi deportado.

Carteira de Motorista

Você pode usar sua carteira de motorista do Brasil acompanhada de uma tradução oficial (feita aqui na Austrália mesmo) pelo período em que estiver aqui. Apenas quem vem como residente tem o período de 3 meses para tirar uma carteira australiana. Não compre aquelas carteiras internacionais. É gastar dinheiro a toa. A carteira brasileira com a devida tradução é mais que suficiente.

Carteira de Estudante

No Brasil eles lhe empurram aquela carteira de estudante internacional dizendo que você vai ter vários descontos em outros países. Não perca seu tempo. Aqui eles nem vão entender o que é esta carteira. Se for fazer faça a versão brasileira mesmo para usar no Brasil e só.

Título de Eleitor

Se você pretende ficar mais de uns 7, 8 meses por aqui é recomendado transferir seu título de eleitor para a Austrália, principalmente se você estiver por aqui quando acontecer uma eleição presidencial. Você faz esta transferência no consulado brasileiro e precisa apenas votar nas eleições para presidente. Para prefeito e governador não existe votação fora do Brasil.

A transferência é simples e o consulado brasileiro na Austrália vai lhe passar todas as informações.

Casando na Austrália

Este é assunto para um outro post, mas quero só dar uma dica fundamental. NÃO CASE NA AUSTRÁLIA a não ser que você realmente ame a pessoa e se casaria MESMO com ela no Brasil.

Por que digo isso? Muitas pessoas acabam casando aqui com a namorada e até com amigos para facilitar a aplicação para o visto de dependente. Ou seja, para pagar apenas um curso e assim um estudar e trabalhar enquanto o outro não precisa estudar e pode apenas trabalhar.

Não só é comum esta prática entre namorados, mas também entre amigos. Há pessoas aqui (e muitas) que se casam na Austrália com um amigo para que um estude e o outro possa trabalhar. Muitas vezes estes casamentos são feitos por acordo financeiro, do tipo: Você paga meu curso que eu caso com você e você fica dependente do meu visto. Ou no caso de namorados, muitas vezes a pessoa namora há um tempo, vem para a Austrália junto e acha que casando aqui vai facilitar as coisas.

O problema é que eles pensam que este casamento na Austrália não é válido no Brasil, mas é. E não só isso. Se separar na Austrália é a pior dor de cabeça do mundo e não é possível se você não mora aqui. Ou seja, a pessoa se casa com alguém e depois volta (ou voltam) para o Brasil. Ai terminam ou se nunca foram namorados não se veem mais. Ai querem casar no Brasil e descobrem que precisam separar na Austrália. Ai ligam para o consulado aqui e entram no site do family court na Austrália e descobrem que precisam estar morando aqui pelos últimos 12 meses antes de pedir o divórcio. Ou seja, precisariam voltar para a Austrália, ficar aqui por 12 meses e ai pedir a separação.

Eu liguei há uns meses no consulado brasileiro na Austrália para dar uma ajuda para uma amiga sobre este assunto e a menina que me atendeu disse que esta é a dúvida que ela mais atende no consulado. Todos os dias várias pessoas ligam pedindo a mesma coisa.

E pior. Se a pessoa conhece alguém que ama e quer casar de verdade depois não pode. Se a pessoa volta para o Brasil e quer aplicar para residência e está com outra pessoa não pode incluir esta pessoa na aplicação, pois legalmente ele ou ela está casado com outra pessoa na Austrália.

Além disso, se a outra pessoa quiser te sacanear ela pode te processar e pedir o divórcio no Brasil e pedir metade de seus bens na justiça.

O casamento é uma decisão muito séria que muitos brasileiros parecem levar na brincadeira. Isso sem contar que esta prática é uma fraude e você no mínimo será deportado se for pego.

Horário

Todo mundo é pontual na Austrália e culpar o trânsito pelo seu atraso não é desculpa. Aqui você pode perder o emprego que lutou tanto para conseguir por chegar 5 minutos atrasados. Os brasileiros são campeões de atraso e quando isso se torna um hábito certamente torna tudo mais difícil. Chegar atrasado em entrevista de emprego então é pedir para não ser contratado. Sempre seja pontual. Chegar atrasado aqui é visto como uma grande falta de respeito. É como você estivesse dizendo que não se importa com a outra pessoa. É mal educado e soa arrogante.Eu sempre fui pontual, desde o Brasil, por isso nunca tive problemas com horário aqui.

Depois volto respondendo as perguntas. Como já disse estou com centenas de perguntas no email. Algumas pessoas me escrevem até reclamando que demoro para responder, mas entendam que eu trabalho de 8 a 10 horas por dia, faço faculdade, sirvo todos os finais de semana na igreja e ainda preciso de tempo para ficar com minha esposa, ir para a academia e sair com meus amigos.  Estou trabalhando em umas mudanças no blog para facilitar o envio de perguntas e agilizar as respostas.

Abraços

Continue Reading
You may also like...
24 Comments

24 Comments

  1. Pedro

    October 7, 2012 at 8:05 pm

    Mais um ótimo post! Valeu Jerry!

    Te mandei um e-mail com umas dúvidas… quando tiver um tempinho responde lá 🙂

    Abraços!

  2. Jakeline Negrini

    October 8, 2012 at 12:17 am

    Jerry, sabes que acompanho teu blog e aprecio muito teu trabalho, por isso me sinto na liberdade de postar meu comentário contando meu ponto de vista, até porque sou estudante aqui na Australia.
    Acho que a filial da minha agência aqui em Sydney fez diferença para mim. Eles não me arrumaram emprego ou me emprestaram dinheiro, mas me ajudaram com a documentação básica, abrir conta no banco e sempre estiverem dispostos a tirar minhas dúvidas. Não digo que não teria conseguido fazer essa documentação sem eles, mas você chega aqui perdido e ainda ter que pesquisar como faz isso, com a ajuda da agência foi bem prático.
    Tem dezenas de agências por aí, e sim precisamos delas! Então no momento de comparar e decidir com qual fechar, um ponto positivo, na minha opnião, é que a agência tenha sede na cidade onde escolhi para morar. Não é SÓ isso que conta, mas vale a pena conferir isso também.

    • Jerry

      October 8, 2012 at 5:08 am

      Olá Jakeline

      Agradeço seu comentário, Respeito sua posição, mas discordo dela. Não é nada pessoal, mas apenas minha visão a respeito. Não considero ajudar abrir conta em banco uma ajuda da agência ou uma justificativa para se fechar o curso com uma agência que diz ter filial aqui.

      Qualquer pessoa consegue abrir uma conta em banco. Sem sequer falar inglês. Eu abri a minha aqui no primeiro dia. Não entendia direito o que o gerente do banco dizia e nem ele a mim, mas no final minha conta está aberta e tenho ela até hoje. Sem qualquer problema.

      A Agência usa o pretexto de que a filial na AUstrália serve para ajudar os estudantes, mas todo mundo sabe que não é em assim. Muito pelo contrário. O único objetivo dela é vender outros cursos ou serviços caso você precise.

      Coincidentemente hoje, depois de ler seu comentário, a Michelle me mandou um link de outro blog de uma menina que veio pra cá, voltou para o Brasil e agora está voltando para a AUstrália e o que ela disse sobre as agências aqui é justamente o que tenho não somente falado, ams visto aqui todos estes anos com centenas de estudantes. Segue o texto dela:

      A agência disse pra mim que para se arrumar um emprego na Austrália, você tem que bater de porta em porta – eu fiz isso – sem sucesso. Não recebi um retorno sequer. Procurei a agência. Mas quando se está lá meu bem, esqueça. Nem uma ligação de boas vindas eu recebi. Eles não se importam nem um pouco com a sua situação. Pedi que me mandassem vagas pelo email. eles mandavam. vagas que não eram viáveis para estudantes. Mas os convitinhos pra festa chegavam a toda hora! Quando perdi a paciência e questonei, recebi a resposta de que para se conseguir um emprego, têm de ser indicado – Isso não te falam no tour explicativo não é?

      http://opesodeseterasas.blogspot.com.au/

      Continuo certo de que a agência aqui não vale de absolutamente nada, assim como aqueles planos de saúde extras e desnecessários que eles vendem e do qual a mesma menina menciona no blog dela. Algo que falo aqui há 6 meses.

      Além disso, para tirar dúvidas não precisa ter agência aqui. Basta ligar por Skype para a agência no Brasil. Além do mais, não se tem tantas dúvidas assim quando se chega aqui e a maioria pode ser respondida por um colega de classe.

      Como disse, respeito sua opinião, mas até hoje, de todas as agências que conheci, não vi uma que mostrasse alguma utilidade para o estudante em ter uma agência aqui. A única utilidade é para eles mesmos, para poderem vender cursos assim que o curso em que o estudante está matriculado acaba.

      Não acredito que eles tenham a obrigação de ser pai de ninguém aqui, mas então que não digam para quem está fechando um curso que eles darão todo suporte para a pessoa na Austrália, pois este “suporte” se resume a um outro estudante brasileiro que trabalha nestas agências part time e lhe entrega um folheto com informações sobre como ligar para o Brasil (através da operadora que anuncia com eles), como comprar bilhete de ônibus, e como renovar o curso com eles quando o seu acabar.

      Continuo acreditando, ou melhor, tendo certeza que fechar com uma agência por ela ter filial na Austrália é tão útil quanto comprar estes planos de saúde desnecessários que eles sem dó empurram para os alunos.

      E por falar nestes planos, segue mais um depoimento de quem já precisou deles.

      Só que o stress era grande e eu adoeci. Aí veio o segundo ato da prova de fogo! O maravilhoso plano de saúde ISIS! aquele que te empurram a todo custo! Sim porque me foi dito que para usá-lo, bastaria ligar na central de atendimento, informar o hospital que eu estaria indo para que eles repassasem ao hospital que eu não pagaria a consulta – sim porque lá você paga e depois pede o reembolso quando usa o plano obrigatório de estudante – mas não com o ISIS que é pré-pago. O sinhôzinho Malta dos planos! Só que claro, não é bem por aí. Você liga, eles querem saber qual é o problema, tentam te fazer tomar alguma medicação a todo custo, dizem que vão ver qual centro médico está disponível para te atender e que retornam a ligação. Eu recebi a ligação quatro horas mais tarde, com uma consulta marcada para dali três horas. Isso por que era emergencial.

      Minha dica é. Não esperem nada da agência aqui e nem fechem com nenhuma agência por que eles dizem ter filial na Austrália. Não vai lhe ajudar em absolutamente nada.

    • Cássia

      June 2, 2015 at 10:46 pm

      Boa Noite Jakeline, tudo bem?
      Por gentileza, com qual agência você fechou? Pois estou indecisa com qual fechar, estarei indo para Perth ou Melbourne.

  3. Márcio

    October 8, 2012 at 11:38 am

    Há um tempo atrás, descordaria plenamente da sua opinião Jerry, acontece é que percebi como esse pessoal de agência nos trata, somos produtos realmente.
    Todos querem vender e somos a mercadoria, quando estamos sonhando eles parecem ser nossos melhores amigos, nos tratam com apelidinhos carinhosos, e você vai se encantando, acabamos nos enganando achando que essa será nossa grande fonte de segurança quando estivermos na Austrália…. como somos inocentes. Não é isso que acontece!!!
    Olha que nem fui pra Austrália ainda.

  4. Dayana Kawai

    October 9, 2012 at 7:02 am

    Jerry, minha opinião sobre minha agencia é que eles nao deram muita bola quando eu cheguei, realmente não tive o suporte que achava que ia ter. Em compensação o conselheiro da minha escola me ajudou com absolutamente tudo.

  5. mariana

    October 9, 2012 at 10:28 am

    ola pessoa, eu sou a mariana a responsável pelo blog àcima descrito pelo Jerry. fico muito contente de ver que as pessoas estão lendo e não sabia que já tinha chegado aqui. a minha ideia e de que muitas pessoas compartilhem porque a verdade tem de ser dita. e isso é so o começo do que eu vou fazer. não se iludam com promessas infundadas. pesquisem por si mesmos, e cuidado com a pressão que eles fazem por escolhas de determinadas escolas. isso e tudo uma questão financeira. escola com menos brasileiro, escola melhor, pior, isso é uma quimera. se você se dedica, você aprende, e brasileiro vai ter em qualquer uma, não se iludam. intercâmbio é um negócio, e o que importa é o lucro. a assitência que eles propõem como disse o jerry, é facilmente feita por você mesmo. tudo é visando o lucro. inclusive muitas coisas que eu fiz lá, eles disseram que eu não poderia fazer e eu fiz. se não é viável pra eles eles não farão. como a escola que eu escolhi por exemplo que eles não representavam, mas bastou eu dizer que ia fechar com outra que eles passaram a representar. olho aberto e pé no chão. um abraço!

  6. Alexandre

    October 10, 2012 at 2:18 am

    Dicas muito bem vindas! Nao tem preco sair do Brasil ja com uma ideia do que vai encontrar!

    So que eu discordo de duas coisas:

    1 – Algumas agencias dao suporte sim e muito bom para os estudantes quando chegam aqui. Eu mesmo tive uma excelente experiencia com a agencia que me trouxe, incluindo ajuda para arrumar emprego, para fazer o meu TFN, para enviar o meu tax return e a agencia aqui ainda tinha video game, varios eventos e tudo mais. Alem disso jamais tentaram me vender qualquer extensao. Nao vou dizer o nome da agencia porque nao quero que isso pareca propaganda, mas sim um testemunho honesto. Portanto pesquise e voce vai encontrar boas agencias.

    2 – Falar que fazer a carteira internacional eh besteira eh, no minimo, um exageiro, se nao desinformacao. A carteira internacional feita no Brasil eh tao valida quanto a traducao feita na Australia, custa muito pouco (cerca de 80 reais) e demora 24 horas para ficar pronta. Se isso so nao eh motivo para considerar fazer a carteira internacional antes de sair do Brasil, ainda vale lembrar que a traducao feita na Australia serve para a Australia, enquanto a carteira internacional feita no Brasil serve para 140 paises no mundo. Alem do mais qualquer cidadao Brasileiro deveria preferir gastar dinheiro no Brasil sempre que puder, ao inves de ajudar a economia australiana.

    • Jerry

      October 10, 2012 at 7:00 am

      Olá ALexandre

      Quanto a carteira de habilitação internacional, você pode até ter razão, principalmente se custar apenas 80 reais. Certamente por este preço acredito que pode realmente valer a pena fazer esta carteira no Brasil mesmo. Obrigado pela informação.

      Contudo, sobre as agências acho muito difícil acreditar que a agência tenha ajudado com seu Tax Return de graça. Primeiro que somente um contator registrado pode auxiliar qualquer pessoa com o Tax Return e desta forma nenhuma agência ou empresa iria fazer isso de graça, pois a hora de um contator deve estar no mínimo uns 80 dólares. Agora, se esta “ajuda” foi um serviço, então não é ajuda, foi algo pago. Então não é ajuda, mas apenas mais um jeito da agência ganhar dinheiro. Conheço uma agência aqui que tem inclusive um escritório de contabilidade na própria agência para ganhar dinheiro fazendo Tax Return dos estudantes. Fora que eles cobram caro, além de cobrarem taxas por este serviço, que inclusive é algo que qualquer estudante pode fazer sozinho, uma vez que o Tax Return de um estudante é relativamente simples.

      Arrumar emprego também acho bem difícil. A não ser que entregar um papelzinho com uma lista impressa da internet com vagas de emprego seja ajuda, ou senão, como uma mulher costumava fazer aqui, cobram uma taxa para arrumar emprego. Oque além de ser um serviço é algo ilegal. Conheço uma mulher que fazia isso aqui na Austrália e como hoje ela tem uma agência acredito que ela ainda continue com esta prática ilegal. Mas isso é problema dela e das agências que fazem isso e não meu. Cabe às autoridades descobrir e tomar uma atitude a respeito.

      Pra terminar. Em relação ao TFN, o processo de fazer um TFN é muito simples e não leva mais que 5 minutos. Inclusive é feito online pelo site: https://iar.ato.gov.au/iarweb/default.aspx?pid=4&sid=1&outcome=1

      Porém, não duvido que você tenha tido uma experiência legal com sua agência. Isso é possível com qualquer agência. Só não acredito que esta “ajuda” das agências chegue ao menos perto do que eles prometem quando se fecha um pacote com eles no Brasil.

    • Cássia

      June 2, 2015 at 10:53 pm

      Boa Noite Alexandre, tudo bem?
      Por gentileza, por qual agência você fechou?
      Pergunto isso pois estou indecisa por qual optar, estarei indo para Perth ou Melbourne.

  7. Giuseppe

    October 10, 2012 at 2:10 pm

    Jerry, tudo bem? tem um dúvida que não consigo esclarecer a muito tempo. Se a pessoa for casada ou provar que namoram a mais de um ano, ela pode pagar apenas um curso e seu parceiro ou parceira também tem direito de se matricular, frequentar esse mesmo curso sem pagar?

    Aguardo, abraços

  8. O. Junior

    October 11, 2012 at 1:42 pm

    ótimos posts Jerry!

  9. O. Junior

    October 11, 2012 at 1:44 pm

    estou atras das agencias e tb vejo que são oportunistas e interesseiras….sempre tive essa duvida qto ao apoio que estas agencias dão ao pessoal na Australia

  10. Priscilas

    October 12, 2012 at 5:53 am

    Olá adorei suas dicas. Meu sonho é viver na Austrália por uns anos. Já fiz intercâmbio no Canadá, onde estudei inglês por 5 meses. Agora, somo sou formada em Jornalista e já tive experiência de curso de inglês fora, gostaria de fazer uma pós na Austrália. Porém, pesquisei 3 Universidades em Sydney e achei muito caras, a mensalidade não baixa dos 1.500 dólares australianos. Já estou até pensando em estudar inglês por aí, visto que o meu ainda não é avançado. Será que vale a pena? Abs!

  11. cleber

    October 19, 2012 at 10:30 am

    ola meu irmao foi para aí a 1 ano e 2 meses e ja veio aqui a passeio no brasil,ele foi como estudante com 1 colega mas conseguiu emprego na area dele de gastronomia ,mas agora trabalha com o colega dele como ajudante em mudanças de caminhao.

    quero saber se no meu caso que nao tenho faculdade,se tenho q ir como estudante,e que agencia é melhor
    e se é facil arrumar emprego aí e em que

  12. Carlos

    October 19, 2012 at 9:01 pm

    Tentaram me passar este golpe do aluguel á alguns meses atrás, mas eu logo desconfiei porque o “nível” do inglês variava muito nas mensagens, isso geralmente ocorre porque a pessoa está usando receitas e apenas recortando e colando diferentes textos para tentar te enrolar.
    Entrei em contato com o site e o pessoal bloqueou o usuário, avisei o Citibank tb e eles iam verificar a conta nos Estados Unidos usada para receber o dinheiro.
    Fora isso recebo pelo menos dois scans por dia, aqueles famosos falando que alguem quer te dar uma fortuna hehehe.
    O povo aquí é muito mais inocente e isso faz com que o país seja alvo de verdadeiras gangues de golpes pela internet.

  13. Rafael

    October 22, 2012 at 9:22 am

    Olá,

    Estou pesquisando alguns lugares para passar algum tempo, junto com minha namorada. Eu já fiquei três meses em San Diego em 2010, mas como agora estamos procurando um lugar onde possamos trabalhar, principalmente na área, estamos meio que descartando a volta para os EUA.

    Gostaria de saber se realmente existe a real possibilidade de conseguir um emprego na área que atuamos no Brasil (TI e Marketing) Sabemos que não é tão fácil quanto conseguir um emprego como garçom ou etc, mas se for realmente possível já podemos considerar.

    Obrigado !

  14. Luiz

    October 23, 2012 at 4:58 am

    Ola jerry td bem!? cara eu me enchi um pouco aqui do Brasil e to indo pra Melbourne em março do ano que vem, vi que vc trabalha com TI tb trabalho ha 6 anos como analista de redes, tenho algumas certificacoes, isso pode me ajudar ha ter um emprego na area!?, meu nivel de ingles ainda nao é bom, sei que é ncessario ter um ingles perfeito, mas supondo que em alguns meses eu consiga ter aprimoraro o nivel, posso ter chances no marcado de TI dai!?

  15. Vinicius Mota

    October 24, 2012 at 9:15 am

    Oi Larry, espero que esteja tudo bem contigo. Desde já parabenizo pelo trabalho nesse blog, que é um projeto inteiro pra que planjar conhecer a terra mágica.

    Adorei o post, e tenho uma dúvida com relação a carteira de motorista. Depois dessa tradução oficial que fazem ai, existe algum tempo mínimo de carteira pra por exemplo alugar um carro, ou algo do tipo? Posso usar carteira provisória?

    Essas informações vão poder muito me ajudar a tomar umas decisões.

    Um grande abraço e muito sucesso Jerry.

  16. Gabriel

    November 13, 2012 at 7:37 pm

    Jerry, pretendo fazer intercambio em Sunshine Coast, já esteve por lá? Como é? Me recomenda uma cidade melhor? Abraços!

  17. Mayhara Hespanha

    December 25, 2012 at 4:12 am

    Adorei as dicas 🙂

  18. Luana Helena

    January 8, 2013 at 9:14 pm

    olá,gostaria de morar ai e faser uma faculdade,você acha que vale a pena ou é melhor me formar logo aqui no Brasil?por favor se dê me responde 🙂
    beijos fica com Deus

  19. Andreza

    August 21, 2013 at 9:24 am

    Jerry, e a carteirinha de alberguista… HIHOSTEL… você recomenda fazer?

  20. Liza

    February 10, 2014 at 4:09 am

    Oi Jerry,

    Já li muitas coisas sobre a AU mas seu blog é extremamente claro e com dicas e informações de alto nível para brasileiros que querem ir para Austrália. Primeiramente gostaria de agradecer por você dedicar parte do seu tempo e se preocupar em postar textos de qualidade e com informações confiáveis à todos que estão buscando esclarecimentos em relação à Austrália, especialmente Sydney.

    Já morei na Austrália por 1ano e meio +- e estou voltando este ano… Graças a Deus! rsrs

    Não encontrei nos seus posts, apesar de não ter conseguido ler todos ainda, sugestões de contatos de “agentes de imigração”. Se puder postar algo neste sentido agradeço pois este é meu foco e não quero perder tempo com cursos que não são elegíveis e coisas que não vão somar os pontos necessários para a residência.

    PARABÉNS pelo blog e por tudo que já conquistou ai!
    Um grande abraço,

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

More in Dicas

Posts da Austrália




To Top
%d bloggers like this: