Mulher Trabalhando na Austrália

Conseguir emprego na Austrália não é tarefa simples, mas é possível se você estiver realmente disposto. Quando me refiro a emprego,  me refiro a qualquer tipo de emprego, seja na sua área em um escritório até um emprego comum a maioria dos estudantes que por aqui chegam, geralmente na área de hospitality.

A Austrália passa por ondas de ofertas de emprego por todos os lados à épocas em que os empregos são mais escassos. No momento me parece que a Austrália está numa daquelas épocas boas, ou pelo menos com uma tendência a um aumento no número de ofertas de emprego. Conheci muita gente que chegou aqui há não muito tempo e já está trabalhando na área, nem que seja pelo menos part time. Para empregos na área de hospitality as ofertas também aumentaram, mas hoje vejo mais australianos disputando vagas que antigamente só eram preenchidas por estrangeiros.

O Woolworths, uma das maiores redes de supermercados da Austrália é um exemplo disso. Há alguns anos você só encontrava estrangeiros trabalhando como atendetes, repositores e caixas, agora, cada vez mais você vê australianos ocupando posições antes comum apenas a estrangeiros neste supermercado.

Com isso é preciso estar muito bem preparado na hora de tentar um emprego. A maioria dos brasileiros acaba tendo muitas dificuldades e demorando para arrumar um emprego por falta de informação e estratégia.  É preciso saber como procurar, como se portar numa entrevista e ate como preparar o currículo na hora de tentar uma vaga.

Contudo, nunca conheci alguém aqui, que estava realmente disposto a trabalhar e que não conseguiu um bom emprego. Muito pelo contrário. A maioria das pessoas que conheço aqui conseguem empregos rapidamente, às vezes na primeira semana, mesmo sem falar inglês direito, enquanto outros, que já estão há mais tempo aqui geralmente pela experiência conseguem empregos melhores  e com salários mais altos.

Vou passar aqui algumas dicas e informações como conseguir um emprego, mas lembre-se que diversas variáveis influenciam neste processo. Não adianta chegar aqui sem inglês, tendo trabalhado em uma empresa pequena no Brasil fazendo design de sites para padarias e achar que vai conseguir um cargo aqui numa grande empresa de tecnologia. É preciso se especializar e principalmente ter algo para mostrar.

Como Conseguir um Emprego na Austrália.

Screen Shot 2013-03-26 at 12.47.25 PM  Como Conseguir Emprego na Austrália Screen Shot 2013 03 26 at 12

Desde que aqui cheguei pude notar que conseguir um emprego não era tarefa fácil. Apesar de ter chegar aqui na metade de 2006, quando as vacas ainda eram mais gordas, conseguir um emprego era uma árdua tarefa. Currículo, entrevistas, aplicações, dificuldades em conversar com um empregador pelo telefone, centenas de “NÃOs” até conseguir uma vaga. O pior é que como muitos empregos são sazonais, geralmente dois ou três meses depois você precisa passar novamente pela mesma coisa. Desta forma, sai em grande vantagem quem está preparado.

Nest post não vou tratar apenas sobre empregos na “área” ou seja, para a pessoa que era analistas de negócios no Brasil e quer exercer a mesma profissão aqui. Vou falar também sobre os empregos geralmente comuns a estudantes que só podem trabalhar (por lei) 20 horas por semana.

Currículo

Screen Shot 2013-03-26 at 12.47.57 PM  Como Conseguir Emprego na Austrália Screen Shot 2013 03 26 at 12

A preparação do currículo é fundamental. Muitas pessoas pegam seu modelo de currículo no Brasil, traduzem, começam a entregar por aqui e semanas se passam sem que recebam um telefonema.  O modelo de bom currículo que se tem aqui é muito diferente do padrão brasileiro. Veja alguns dos erros mais comuns que os brasileiros costuram cometer em seus currículos em inglês:

Informações não relevantes – Aplicam pra vaga de cleaner com um currículo de analista de negócios. – Aqui ninguém contrata um diretor de IT pra limpar o chão. Se o cara vai limpar o chão, pouco importa se ele fala 20 línguas e programa em .NET. O currículo tem que ser de acordo com o cargo e você precisa se mostrar apto a exercer a função para qual aplicou. Portanto, para um emprego especifico, coloque apenas experiências e qualificações que são pertinentes a função.

Erros de gramática e concordância. – Geralmente os currículos em inglês são feitos pelo seu amigo que fez dois ano de inglês no Yazigi. Esqueça. Escreva e revise seu currículo muitas vezes e depois entregue para alguém com pleno domínio da língua, ou que já está aqui há muitos anos, para lhe ajudar e corrigir.

Inglês Fluente – Jamais escreva “Inglês fluente” em um currículo em inglês. Se alguém vai te contratar ara trabalhar na Austrália o mínimo que se espera é que você fale inglês.

Lembre-se que o currículo deve conter seu endereço, telefone e se quiser pode colocar o horário em que você estará disponível para trabalhar.

Modéstia a parte eu me tornei um especialista em currículos e preparação para entrevistas, de tanto que estudei a respeito quando cheguei aqui, ao ponto de que hoje, a maioria dos meus amigos e conhecidos quando estão aplicando para uma vaga me enviam o currículo para eu revisar, dar sugestões e passar dicas para entrevistas. Pode parecer algo simples, mas gasto em média 3 horas para avaliar um currículo, fazer as correções e dar sugestões.

Trabalhar de Garçom, Cleaner, Kitchen Hand…

Screen Shot 2013-03-26 at 12.46.57 PM  Como Conseguir Emprego na Austrália Screen Shot 2013 03 26 at 12

Muitas pessoas no Brasil tem um certo preconceito a estes tipos de emprego, mas aqui eles são apenas o que deveriam ser. Um emprego. Ninguém é definido pelo trabalho que tem. Teve uma situação engraçada a respeito disso assim que cheguei aqui:

Nas minhas primeiras semanas aqui vi um anúncio de emprego nono Woolies (Woolworths), um supermercado conhecido da Austrália que tinha uma unidade perto de casa para onde era a vaga, então avisei um amigo que estava procurando um emprego.Ele fez uma entrevista e pegou a vaga. Fui ao processo de seleção com ele para ver como era.

Na espera conheci um cara que estava aplicando para mesma vaga, no caso, repositor de prateleiras. Ele me disse que trabalhava em finanças, era gerente de contas e estava aplicando este emprego para ganhar um extra nas horas em que estivesse livre.

Que MENTIRA! – Pensei comigo. Nunca que um cara que trabalha em finanças vai ficar a noite repondo prateleiras no supermercado.

Nas semanas seguintes sempre o via no supermercado fazendo reposição.

Dois meses depois estava andando na city e quem vejo descendo de terno e gravata, junto com outros engravatados na hora do almoço do prédio de uma importante empresa aqui na Austrália? Ele mesmo, o repositor. O cara realmente era gerente na área de finanças.

Por isso, nunca tenha preconceito contra qualquer tipo de trabalho. Esta é uma mentalidade muito brasileira e que precisa ser mudada antes de chegar aqui.

Atendendo as Ligações.

O telefonema será a primeira impressão que o cliente terá sobre você. Não atenda o telefonema se não souber o que falar. Deixe cair na caixa postal que eles deixarão recado. Com os dados em mão prepare-se, anote o que vai dizer e o que irá responder e retorne a ligação.

Entrevista para empregos para Estudantes

Screen Shot 2013-03-26 at 12.50.21 PM  Como Conseguir Emprego na Austrália Screen Shot 2013 03 26 at 12

Para empregos para estudantes a entrevista é uma quase garantia de emprego. Mais do que saber se vale a pena te contratar o empregador vai querer saber se “NÃO” vale a pena te contratar. Agindo corretamente na entrevista e respondendo claramente as perguntas é o suficiente para garantir a vaga. Não minta e nem sugira que você pode trabalhar mais que o valor permitido por lei ou fale que prefere receber cash hand para não pagar imposto. Procure agir corretamente.

Entrevista para empregos na Área

Para empregos na área a entrevista é fundamental. É nela que a empresa irá decidir se vale ou não a pena te contratar. Algumas empresas aqui chegam a fazer 7 a 10 entrevistas com a mesma pessoa antes de contratá-la. Eu cheguei a fazer 7 entrevistas para uma empresa antes de ser contratado. Um processo que eu acho desnecessário, mas infelizmente é assim.

Seja o mais profissional possível, não trate de assuntos pessoais ou seja informal demais com os entrevistadores. Procure ser o mais direto e claro em suas respostas. Não confunda a educação que eles podem lhe tratar no início da conversa com liberdade. Você está lá apenas por um motivo. Conseguir uma vaga.

Nunca reclame do seu trabalho anterior ou do seu chefe ou gerentes anteriores. Trate tudo sempre de uma forma positiva e foque nas suas experiências na empresa sempre mostrando exemplos sólidos para reforçar suas afirmações.

Neste site há um artigo muito bom sobre como se portar em uma entrevista de emprego.

Indicação

A indicação é bastante comum para empregos para estudantes, mas é extremamente rara para empregos na área, mesmo entre os brasileiros. Por isso nõa venha para cá contando com ninguém que prometeu ou falou que vai te ajudar a conseguir um emprego. Geralmente não é assim.

Também não pague a ninguém ou qualquer serviço que lhe garantirá um emprego. Isso além de ilegal geralmente traz empregos frustrantes que qualquer pessoa conseguiria sem esforço.

Quando cheguei aqui tinha um amigo chef de cozinha formado no Brasil que pagou a alguém aqui para garantir uma experiência na área. O emprego em questão que arrumaram para ele era para enrolar canapés para festas e eventos, ou seja, um emprego de Kitchen Hand que qualquer estudante consegue.

Dedicação

Só não arruma emprego aqui (empregos para estudantes) quem não quer. Existem muitos empregos. No começo, logo nos primeiros meses aqui, realmente é sempre um pouco mais difícil conseguir o primeiro emprego, pois você ainda está se acostumando à língua, cultura, etc. Mas depois de um tempo, a medida que você vai se sentindo mais confortável tudo fica absurdamente mais fácil, ao ponto de que conheci muitos brasileiros ganhando muito bem trabalhando nestes empregos, em alguns casos quase a mesma coisa do que alguém que trabalha o dia inteiro em um escritório, mas lembre-se que tudo é isso é relativo.

 Que Empregos não Arrumar como Estudantes

Claro que tudo é relativo. Não se pode generalizar, mas eu recomendaria que não se procurasse empregos como:

  • Garçom ou atendente de restaurantes estrangeiros onde o dono é estrangeiro e gerencia o restaurante (uma mega dor de cabeça na maioria das vezes)
  • Empregos noturnos para mulheres onde elas vão ficar sozinha ou em lugares afastados
  • Empregos desmoralizantes que te pendem para fazer algo imoral como servir bebidas vestindo vestidinhos curtos, etc (nem preciso citar outros né)
  • Pedreiro – É um bom emprego para quem é jovem e bastante disposto. Se você não tem muita disposição esqueça. É bastante exigente

Bons Empregos

  • Atendentes em cafés, lojas e redes de estabelecimentos comerciais
  • Baristas
  • Babá
  • Pintor de casas
  • Recepcionistas
  • Vendedor
  • Atendentes em supermercados ou caixas
  • Garçons de eventos (paga muito melhor)

Invente seu trabalho

Tem muita gente que chega aqui e usa uma habilidade específica para fazer dinheiro. É algo que demanda muita motivação, esforço, disciplina e compromisso, mas que a seu tempo acaba compensando muito. Conheci gente que cgehou aqui e foi dar aula particular de natação e em 6 meses estava com a agenda lotada, também vi muita gente fazendo trabalhos freelance online, trabalhando de Dog Walker, oferecendo serviços de pequenos reparos em casa, etc.

Sites para Procurar emprego

Os principais lugares para se procurar emprego na Austrália são:

Seek: www.seek.com.au

Career One: www.careerone.com.au

Gumtree: www.gumtree.com.au

Solicite Orçamento 160×160
SHARE
Previous articleAustrália Possui o 2° Melhor IDH do Mundo
Next articlePor que Eu Fui pra Austrália
Jerry Strazzeri
Jerry Strazzeri vive na Austrália com sua esposa desde 2006. Trabalha como Analista Digital na Austrália já tendo trabalhado em empresas no Brasil e Estados Unidos. Cidadão Australiano, junto com seu trabalho está concluindo uma graduação em Leadership. Junto com sua esposa Michelle, foi responsável por diversos sites na área de educação e TI e criaram o Brazil Austrália em 2006 para ajudar aqueles que estavam imigrando ou vindo estudar na Austrália. "Mas eu e a minha família serviremos ao Senhor" ~ Josué 24:15 Veja meu outro blog - Siga-me no Quora

50 COMMENTS

  1. Achei um barato seu blog, super informativo pra quem está indo para a Austrália, o que nao é meu caso. Ah, e com um layout muito fofo tb.
    Inté,
    Cristina

  2. Oi Jenifer,
    vc está indo para australia em maio ?
    Por favor, queria trocar umas idéias contigo, tb to querendo ir
    Obrigada,
    Michelli

  3. Estou Indo em Maio tb com minha esposa… irei fazer um curso Técnico de T.I…. Muito boas as dicas… Tenho 2 primos que estão morando ai… vou recomendar seu blog a ele…. abraço

  4. Oi Thiago, desde ja e sem conhecer voceis desejo boa viagem e muita sorte. Poderia dar algumas dicas de como conseguiu o curso de TI na australia qual o custo do mesmo, ou onde posso perquisar sobre o assunto, pois meu esposo é analista de sistemas e pretendemos ir p/ a australia mas não sabemos por onde começar as pesquisas. Um abraço, obrigada!

  5. Primeiramente gostaria de agradecer pelo blog. Realmente é um serviço de utilidade pública. Eu e minha namorada pretendemos ir à Melbourne em dezembro, realizar um curso de TI. Qual curso você indiacaria? Novamente muito obrigado por seu trabalho, com certeza está aproximando muitas pessoas de seus sonhos.

  6. Olá Jerry, Tudo bem? Gostaria de saber se é possível adquirir a residencia australiana através de curso técnico. Obrigado.

  7. Olá.. gostaria de saber se alguem sabe como funciona o Endeavour Awards VET… e também gostaria de saber de alguem que saiba com é reconhecia a profissão de técnico em química na australia.
    Abraços!

  8. Oi jerry…o trabalho de pedreiro e bastante exigente mesmo , mas ouvi falar que ganha bem melhor do que os outros, sera q e verdade isso? Se for, acho que dou conta heheheh
    E pra quem estuda de manha ,pode esquecer? quem vai contratar alguem pra pedreito que vai meio periodo e ainda na parte da tarde?

    • Geralmente ganha-se mais sim, mas é preciso ter poder de negociação também, algo que só se consegue depois de um tempo e de ter adquirido experiência aqui. Mas ganha-se muito bem. Grande abraço.

  9. Olá Jerry!

    Primeiro quero parabenizá-lo pelo site. Acho que o melhor sobre a Austrália para quem está pensando em estudar aí.

    Estou com uma enorme dúvida: se vou para a Austrália ou se vou para a Irlanda estudar inglês. A grande dicotomia, na Irlanda é mais barato, mas mais difícil de conseguir trabalho. E na Austrália é mais caro, mas mais fácil de conseguir trabalho. Fora outras pequenas vantagens e desvantagens que vejo num e no outro.

    Vou contar-lhe alguma das minhas características e objetivos para ver se pode orientar-me um pouco sobre a Austrália para ver um pouco melhor se a Austrália seria a melhor opção.

    Vivo no litoral de São Paulo. Tenho 31 e sou formado em jornalismo. Mas infelizmente não trabalho na área. Desde 2009 estou trabalhando dando aula de língua. Atualmente dou aula de espanhol. E antes, morando na Argentina, dei aula de português.

    Tenho um inglês muito fraco no que se refere à conversação (principalmente para o entendimento do que diz o interlocutor). Embora tenha um razoável conhecimento gramatical.

    Não tenho, em absoluto, ilusões de sair de qualquer país para o qual decida ir falando inglês como falo português ou espanhol. Talvez nem uma fluência possa ambicionar. Sei que isto demoraria muitos anos de vivência ou de estudo para uma língua com as características do inglês.

    Minhas expectativas a respeito do inglês fazendo esta imersão cultural vão desde simplesmente melhor o inglês, mas ainda tendo problemas para a conversação, até atingir um nível de pré-fluência , em que, ainda cometendo muitos erros, possa conversar tranquilamente e entender bem coisas que são importantes para mim, como jornais e telejornais.

    O nível do meu inglês vai depender principalmente do tempo em que possa ficar no país que escolher para ir.

    Se for possível financeiramente, gostaria de morar durante dois anos no país anglófono para o qual eu for. Para isto, obviamente, terei que conseguir um trabalho. E é justamente aí que gostaria que me desse seu prisma sobre alguns pontos da Austrália.

    Pelo que deu para perceber, com dedicação em até três meses a pessoa consegue trabalho. Acredito que isto seja possível mesmo para quem vai falando muito pouco inglês. Desde que esteja disposto a fazer trabalhos braçais como de limpador e lavador de prato, como eu estou.

    Tenho cerca de R$ 30.000 na poupança. Pelas contas que fiz, teria que gastar R$ 19.000 com passagem, curso, seguro, visto e hospedagem inicial. Sobraria uns R$ 11.000 – claro que gostaria de voltar com algum dinheiro “no bolso”.

    Meu medo é mesmo conseguindo trabalho não pode sustentar-me. Pelas contas que fiz, vendo uma publicação sua, mesmo dividindo quarto e tendo uma vida restrita a pessoa gastaria cerca de 1500 por mês. Só com o alojamento seria 880. Sendo que trabalhando em meio período num trabalho de baixo nível só ganharia 1300 por mês. Mesmo se gastasse um pouco menos teria diferença entre renda e gasto todos os meses. Mesmo para quem é austero acha que os gastos chegam a 1500 todo o mês? Outro medo, a irregularidade dos trabalho. É mesmo constante ficar sem trabalho e ter que recomeçar a procura ou não é tanto como dizem?

    Querendo ficar dois anos, teria que renovar o visto. Para isto, teria que comprar outro curso. Minha pergunta, é mais barato quando a pessoa compra o curso na mesma escola no momento de renovar a estadia? E quanto mais barato seria. Um curso de 5500, poderia cair para quanto?

    É normal permitirem renovar o visto para continuar estudando três vezes (assim poderia completar dois anos no país)?

    Se tentar dar aulas de espanhol , acha que conseguirei trabalho? Há demanda para o aprendizado de espanhol na Austrália? Se sim, o mais viável seriam aulas particulares ou aulas em escolas de idioma? Há escolas de idioma?

    Desculpa o tamanho da mensagem. Se puder responder agradeço-lhe muito.

    Um abraço!

    Cauê

  10. So uma coisa, indicacao para emprego na area aqui ajuda mais q indicacao no Brasil, ja vi minhares de vezes pessoas indicadas serem selecionadas enquanto as nao indicacao nao….claro que o dificil e achar quem te ajude….mas se tiver aguem… pode ter certeza q ta no papo
    obs to aqui a 10 anos e trabalho na area

  11. Ola Jerry,tudo bem??? Penso em recorrer a uma bolsa,que vantagens tenho??? Segundo tenho uma filha de 5anitos,e possivel vir estudar na Australia ganhando a bolsa com uma filha?? E e possivel fazer periodo prepedeutico???

  12. Ola Jerry…gostaria de tirar uma dúvida, você acha que os serviços de “manicure” são bem vindos na Austrália, especificamente em Gold Coast???

  13. Olá Jerry! tenho acompanhado o seu blog há algum tempo e as dicas estão me ajudando muito a traçar o meu plano de ir pra Austrália. Tenho algumas dúvidas que gostaria que me respondesse, se possível:
    1ª) Eu sou Bombeiro Militar aqui em São Paulo e como tal atuo na área de Atendimento Pré-Hospitalar (EMT). Sei que não tem nada a ver com a sua área, mas saberia me dizer como eu poderia exercê-la aí e se tem bastante oferta?
    2ª) Você teria um modelo de currículo que é utilizado aí para me mandar. Ficaria muito grato.

    Abraço!

    • Fala Willian bravo mike..
      Também sou BM militar no DF atuando sempre na emergência médica. Estou indo para Australia em Fevereiro agora.. Você já foi? Conseguiu se informar a respeito da sua pergunta, se há campo para nossa atuação por lá? Agradeço o contato. Grande abraço.

  14. Oi Jerry , sou massoterapeuta e terapeuta holística, tem chance ? e manicure como a Lilian preguntou ? tenho muita vontade de ir! ha e ja fui garçonete e adoro atendimento ao público sou boa vendedora também ! abraço e parabéns por este blog maravilhoso

    • Olá Alejandra, tudo bem. Uma proposta recente oferecida a um amigo do curso técnico me chamou a atenção. Sou formado em massoterapia pelo senac Sorocaba e atuo na área a um ano. Vamos conversar e alinhar quem sabe não vamos juntos.

  15. Ola jerry, trabalho no corpo de bombeiros no rio de janeiro, sabe como funciona o trabalho dos bomebrios ai na AUS? Ele e voluntario ou remunerado? Sabe se abrem determinadas vagas para estrangeiros? Digo isso tanto nas partes de salvemento/resgate/combate a incendios quanto na parade de salva vidas em praias! Obrigado e parabens pelo site!

  16. Ola Jerry uma pergunta é possível arrumar um emprego de caminhoneiro na Austrália sem falar nada de inglês e só por indicação de alguém do País?

  17. Oi Jerry, nossa nao sabe como me foi útil todas estas informações! estou pesquisando muito pois pretendo ir pra Austrália como au pair e tbm trabalhar em algum café. Agora estou tentando encontrar o visto adequado. Muito obrigada pelas dicas e parabéns pelo seu post.

  18. Jerry seu blog é muito bom, acabei conhecendo ele um pouco tarde, estou em Melbourne a 8 meses, vim sem “nada de ingles” e o unico emprego que consegui foi de ajudante geral com um brasileiro, ele me pagava em dinheiro, nao ultrapassava minhas 20 horas semanais, permitidas p estudante, mas ele nunca me pagou pelo tax, mesmo eu tendo um, saimdo emprego e ele ficou me devendo 400 dolares e disse que nao irá me pagar, vc poderia me dar uma dica sobre como devo proceder nessa situação, tenho provas que trabalhei com ele em emails trocados, e uma carta feita no fim de 2013 dizendo que eu trabalhava lá. Gostaria decsaber se existe uma forma de procurar na justiça meus direitos ou se é uma causa perdida. Agradeço desde já. E agradeco por esse blog.

    • Olá Cintia. Sinto muito por você ter passado por esta situação, mas saiba que ela não é tão incomum como se imagina. Infelizmente muitos estudantes internacionais passam pela mesma situação. Neste caso você deve entrar em contato como o Fair Work Austrália e explicar sua situação. Caso precise eles possuem tradutores que falam português. http://www.fairwork.gov.au/languages/Portuguese/portuguese ou você pode ligar no 13 13 94. Me avise se eu puder ajudar com algo mais. Abraços
      .

  19. Olá, Jerry
    Estou estudando a possibilidade de me aplicar para o programa de visto permanente da Austrália. Já sou formado na área de TI e pelas informações que busquei, tenho boas chances de receber o convite para aplicação do visto (atingir 60 a 65 pontos, não sei se você é familiarizado com o processo).
    Achei o processo todo um pouco caro, principalmente se contratar os serviços de um agente de imigração oficial (praticamente dobra o custo), mas estou disposto a fazer.
    Esta é uma boa maneira de migrar para a Austrália ou existem formas mais simples e menos custosas de fazer isto? Lembrando que não pretendo, a princípio, ir como estudante, vou para trabalhar na minha área.
    Grande abraço e parabéns pelo blog.

  20. Olá Jerry!
    Gostei mt das suas informações.
    Estou pretendendo ir para a Austrália morar, trabalhar e aprender inglês (no convívio), mas atualmente não falo inglês, somente entendo algumas palavras por gostar muito de música internacional.
    Você sabe se é possível conseguir emprego na Austrália sem inglês?
    Agradeço se puder me ajudar com informações.
    Fique com Deus! 🙂

  21. Hi there I´m a brazilian english teacher I ´ve been thiking about moving abroad with my wife and 9Y.O kid and Melbourne seems a nice place to live. How is it now to find a job there (certainly not to teach english .’giggles’) which are the sectors hiring more currently ( I have no prejudice to any kind of job whatsoever, but being a christian family we´d certainly oppose to kind of jobs…let´s say agressive to our faith.) Thanks, Waiting for a reply

  22. Sou engenheiro com experiência de quase 20 anos em rodovias. Você saberia me informar alguma agência de empregos que contrata engenheiros brasileiros? Soube que o mercado está bombando ai para esse nível técnico. Tenho nível avançado em inglês.

  23. Muito bom o blog, parabéns!! Sou Bombeiro Militar na Bahia, tenho uma vida razoável, mas gostaria de sair do país, estou cada vez mais decepcionado com a politica praticada por aqui e não vejo perspectivas de melhoras. Gostaria de saber como consigo me inserir na mesma profissão na Austrália e se é difícil conseguir emprego na área de administração. Desde já, obrigado!

  24. Oi Jerry!

    Desde já, quero agradecer pelas dicas valiosas do seu blog!

    Ví que meu questionamento é semelhante a um já feito, mas que não ví comentário seu a respeito.

    Você sabe dizer se eu já tendo curso de massoterapia aqui no Brasil, é possível trabalhar com massagem na Austrália. Eu teria que me submeter a algum exame de habilitação da profissão ou seria exigido eu fazer outro curso aí?

    Grata!!

  25. Bom dia!

    Gostaria de saber comp está o mercado de trabalho em Melbourne atualmente (ago/2015).

    Em relação a minha formação Administração com habilitação em Comércio Exterior tem boas oportunidades?

    No aguardo,
    Grata

  26. Olá, Trabalhei por 22 anos em manutenção predial e, tenho cursos em elétrica, montagens de paineis elétricos…
    Gostaria de conseguir emprego na Austrália, por exemplo, em hotel, para fazer manutenção geral…. elétrica hidráulica e mesmo cuidar do jardim. Caso alguém por ai tenha alguma dica, por favor, serei muito grato. A sim, falo um pouco do Inglês e estou estudando muito.
    Brasil, não dá mais.

    • Olá pessoal, sou profissional na área de metalúrgica e capacitado a trabalhar com sistema de segurança eletrônica.
      Estou interessado em morar na Austrália , tennho poucas informações sobretudo por ter tomado essa decisão agora,percebi que vocês estão bem aprofundados nos assuntos e muitos conseguiram seus objetivos com sucesso.
      Vocês poderiam me ajudar com algumas informações sobre o assunto(serviço e como conseguir) ,uma partida já dei ,foi de iniciar curso de inglês .

  27. Oi, o meu inglês é bem básico e estou querendo ir para a Austrália para estudar passar pelo menos uns 7 meses. Quero saber se é fácil encontrar um emprego para pessoas que nem eu. Com o Inglês bem básico.

  28. Ooi Jerry, adoro o teu blog, me ajuda muito!!! Obrigada por dividir conosco tuas histórias e nos fornecer ótimas dicas!!
    Cheguei a alguns dias em Sydney e já estou montando alguns curriculos para largar nos lugares, queria ver se existe a posibilidade de tu dar uma analisada e se possivel me dar umas dicas do que colocar!!

    Abraço

  29. Sou caminhoneiro e gostaria de saber se há possibilidade de ser caminhoneiro na Austrália. Não falo o idioma, apenas leio e entendo uns 80% de inglês. Tenho 49 anos.

LEAVE A REPLY