Depois de 8 anos aqui você começa a notar certos comportamentos, atitudes e até estratégias comuns a quem é bem sucedido aqui na Austrália. Mas o que é de fato ser bem sucedido na Austrália? Obter sucesso na Austrália é simplesmente conquistar seus objetivos aqui, ou seja, se você veio para aprender inglês é voltar para o Brasil com um excelente nível de inglês, se é conseguir um emprego na área é conquistar este emprego, ou se como grande parte dos brasileiros aqui seu objetivo é conseguir o visto de residência permanente, ser bem sucedido é conquistar seu visto e poder se tornar um residente ou cidadão Australiano. Mas não só isso, é conseguir tudo isso de uma forma honesta e íntegra.

Como Ter Sucesso na Austrália

Semana passada estava conversando com um amigo que acabou de ganhar sua residência. Ele me contou como ele se sacrificou trabalhando em dois empregos, um de cleaner (faxineiro) e outro na construção carregando tijolos por 2 anos e meio, como depois foi reprovado na sua primeira aplicação para faculdade, mas persistiu e no semestre seguinte não só foi aprovado, como conseguiu uma bolsa parcial em uma das melhores faculdades da Austrália, como estudou trabalhando em cada hora que tinha livre para pagar suas contas. Me disse também como passou os anos da faculdade comendo ovo, macarrão e atum quase todos os dias para economizar e como neste tempo todo na Austrália não viajou uma só vez.

Ao se formar, antes mesmo de pegar a residência foi contratado por uma das maiores empresas de logísticas da Austrália por um salário que ele me confessou ser maior do que ele esperava.

Ao ver a história dele comecei a comparar com a de outros amigos que foram ou estão sendo bem sucedidos aqui. Um trabalhou como limpador de calhas por anos e hoje é gerente comercial de uma empresa online, o outro dirigia caminhão de sucos fazendo entregas e hoje é engenheiro de um das mais competitivas posições aqui na Austrália. Uma outra serviu mesas, trabalhou de garçonete, passou humilhações trabalhou em eventos e hoje é residente e enfermeira na sala cirúrgica de um dos maiores hospitais da Austrália. Outro amigo trabalhou mais de um ano como repositor de prateleiras no Woolies, trabalhando das 10 da noite às 7 da manhã, inclusive aos finais de semana e hoje é diretor comercial de uma empresa americana de TI.

Sinceramente, ao lembrar este 8 anos aqui eu não ouvi um caso, nem um apenas, de alguém que descobriu algum atalho e se deu bem por aqui. Nenhum. Todo mundo de alguma maneira se sacrificou demais para conseguir algo duradouro aqui.

Sou semanalmente procurado por brasileiros aqui que me pedem uma orientação sobre como atingir seus objetivos. Hoje sou mais seletivo em quem procuro orientar e o motivo é que muitos deles querem as glórias das vitórias sem qualquer sacrifício.

A primeira pergunta que faço é. Quanto dinheiro você tem e o que você está disposto a sacrificar para realizar seus sonhos? O dinheiro é uma questão importante, pois ele é um “facilitador” na hora de ir atrás dos seus sonhos. Sim, pois uma faculdade na Austrália custa entre 15 e 40 mil dólares por ano e se você tiver condições de fazer uma certamente isso irá lhe ajudar bastante. E a disponibilidade de sacrifício é fundamental para qualquer ser humano do mundo conquistar qualquer coisa que valha a pena na vida, por menor que seja.

Muitos brasileiros que chegam aqui olham pra outros brasileiros que se deram bem como se o sucesso deles tivesse vindo a toa. Mesmo os brasileiros que chegaram aqui com visto de residência permanente e um emprego na área em alguma etapa da vida tiveram que se sacrificar para conquistar o que estão desfrutando hoje. Não é sorte, é dedicação.

E é assim que eu vejo a diferença de quem tem sucesso aqui. A pessoa não vive baseado em suposições ou milagres, ela trabalha com a realidade. Ela olha primeiro sua situação, depois seus objetivos, depois a realidade ao seu redor e traça um plano estratégico e concreto para com muito sacrifício atingir seus objetivos.

Depois ele assume um risco, pois há diversas constantes que podem mudar a qualquer hora. A pessoa pode estar 4 anos aqui estudando TI na melhor universidade da Austrália e no ano que ela se formar TI pode sair da lista de profissões em demanda. Este é um risco para qualquer área aqui.

Só que muitos brasileiros querem uma opção barata, sem risco e sem muito sacrifício. É possível. Basta apenas voltar no tempo e nascer de novo como filho de um Sheik Árabe ou virar a Paris Hilton. Ainda assim vai haver algum sacrifício. O que estas pessoas não percebem – e isso pode se tornar um caminho para ao fracasso contínuo pra elas – é que é um enorme desafio ter sucesso em qualquer coisa. Posso lhe garantir que os desafios que você vai encontrar para ser bem sucedido na Austrália serão muito menos difíceis de lidar do que as decepções de não ter conseguido.

Deixa eu lhe explicar uma coisa. Esta semana abriu uma vaga para Agile Coach em Sydney. Esta é uma de diversas vagas do tipo aqui na Austrália. Esta vaga paga $1200 dólares POR DIA. Ou seja, ao final de um mês você vai levar pra casa $24,000.00 dólares e ao final de um ano $288,000.00 dólares. Sem dúvida um salário nada mal. Agora deixe-me lhe fazer uma pergunta. Por que eu e provavelmente você, não podemos aplicar para esta vaga? Por que muitas pessoas que vão aplicar para esta vaga não serão chamadas e o que a pessoa que pegar estava vaga tem de diferente?

As exigências para a vaga respondem todas as perguntas. Primeiro por que a pessoa que for selecionada para esta vaga tem que ter estudado em uma excelente faculdade de reputação mundial. De preferência Stanford, Yale, Harvard, MIT ou pelo menos da University of Sydney ou ANU pra cima. Depois que ela precisa ser uma pessoa altamente especializada em Agile com mais de 3 anos de experiência como coach de times de grandes empresas como Coca Cola, IBM, entre outras. Depois a pessoa precisa ter, de acordo com a vaga, Strong communication, presentation, and facilitation skills, ou seja, se você não for australiano, americano, inglês, etc, é bom que seu inglês seja tão perfeito quanto o deles e que você consiga se comunicar de uma forma extremamente eficiente. Além disso precisa ser um Certified Scrum Practitioner e além disso precisa ter um alto conhecimento das Agile engineering practices. Estes são alguns requisitos para que seu currículo seja pelo menos considerado e não termine em uma pilha ao lado do lixo.

E agora eu volto a minha pergunta. O que a pessoa que conseguir esta vaga precisa ter? Sorte na vida ou ter investido anos da vida dela para conseguir este emprego hoje?

Mas então, se você virar pra mim e falar: “Jerry, eu gostaria deste emprego. Eu quero ir pra Austrália e quero ganhar $288 mil dólares por ano como Agile Coach, mas não sei nem o que é Agile”. Qual você acha que seria minha resposta mais óbvia pra você? Pode ter certeza que seria: “Excelente, então vamos começar a preparação para que um dia você também possa concorrer a esta vaga. Vai demorar, vai levar tempo, vai dar trabalho e vai lhe custar bastante, mas pode ter certeza que vai valer a pena.

Como esta existem muitas outras vagas na Austrália e pode ter certeza que qualquer brasileiro que chegar aqui, mesmo sem residência e tiver os requisitos necessários tem grandes chances de pegar esta vaga. O Diretor do Yahoo na Austrália é brasileiro. O ex-CEO do HSBC na Austrália é brasileiro e existem muitos outros brasileiros bem sucedidos aqui. Agora a pergunta não é se você não quer passar este sufoco agora para conseguir algo da sua vida, a pergunta é se você quer passar este sufoco a vida inteira, por que a receita pra isso é continuar reclamando, ser ingrato e achar que não teve sorte na vida.

Eu sempre digo que, para conquistar mais, é preciso primeiro tornar-se mais, e para tornar-se mais, devemos começar o processo de trabalhar mais em nós mesmos e gastar menos tempo com outras coisas. E isso leva tempo, muito tempo e exige paciência, persistência, dedicação e principalmente humildade.

Há um mês fui jantar com um casal de amigos. O cara já estava super bem aqui na Austrália, mas me procurou a um ano e meio e disse que queria mudar de área e trabalhar em IT. Expliquei para ele quais eram as melhores possibilidades, quais ferramentas tinham mais demanda no mercado e o que ele deveria estudar. Ele passou um ano e meio estudando. Estudava todos os dias, todos os finais de semana e mergulhou de cabeça em IT. Obteve 4 certificações Microsoft durante este tempo e quando fomos jantar há cerca de um mês atrás ele já estava trabalhando na área como programador.

Eu nestes 8 anos de Austrália tive 4 sponsors na área de TI e tirando meu primeiro emprego e segundo empregos, os outros 2 não eram tudo o que sonhei pra minha vida. Trabalhava até altas horas, tinha reuniões até tarde da noite, gerenciava diversos clientes, passava um grande stress, mas sabia que aquele seria um passo para que eu atingisse coisas que julgava importantes para minha vida, e de fato foi.

Por isso, preparei algumas dicas que se bem trabalhadas podem ser muito importantes para lhe levar a conquistar seus sonhos na Austrália ou em qualquer lugar. Vamos chamá-lo de Princípio Kelly Slater para o sucesso.

1 – Descubra Quem Você É e Quem Você Não é.

Primeiro você precisa descobrir não apenas quem você é, mas quem você não é. Eu adoraria ter o emprego do Kelly Slater e ganhar a vida viajando o mundo sendo surfista profissional. Mas eu sou um bom surfista? Claro que não! Então antes de descobrir quem eu sou eu preciso enfrentar a realidade de quem eu não sou e os talentos e habilidades que eu não tenho, caso contrário eu vou viver numa eterna frustração.

2 – Examine suas Circunstâncias.

Depois preciso examinar minhas circunstâncias. O que eu tenho que poderia me levar a ser um surfista profissional. Eu tenho tempo suficiente para praticar todos os dias? Eu tenho condições financeiras de ir atrás deste sonho? Caso contrário, o que eu preciso fazer para que minhas circunstâncias mudem e eu possa investir o tempo necessário no meu sonho?

3 – Examine Sua Disposição

Eu estou disposto a deixar de fazer diversas coisas que eu gosto, viajar, passar tempo com minha namorada, sair, descansar e fazer tantas outras coisas para investir no meu sonho? Eu estou disposto a baixar meu padrão de vida, acordar mais cedo, dormir mais tarde, passar menos tempo com meus amigos e familiares e deixar de gastar dinheiro com coisas que eu gosto para investir no meu futuro?

4 – Examine os Riscos

Mesmo que eu não atinja meu objetivo final eu ficarei feliz obtendo resultados menores? O que eu farei caso não dê certo? Eu estou disposto a aceitar a possibilidade de fracasso mesmo tendo investido bastante no meu projeto?

5 – Reality Check

Meus sonhos e objetivos são possíveis ou são fantasias da mina mente? Eu poderei me sustentar financeiramente através disto que estou buscando, ou este é apenas um hobbie? Eu estou disposto a aceitar os compromissos deste projeto e me comprometer com o que for necessário para realizá-lo?

6 – Ajustes

Eu medi corretamente meu sonho ou preciso ajustá-lo para minha realidade. O que precisa ser ajustado para que meu sonho se encaixe a minha realidade?

7 – Sinceridade

Depois de avaliadas todas as condições e demandas, ainda assim eu estou disposto a iniciar e concluir este projeto, mesmo que demore mais do que eu esperava? Estou disposto a aceitar e enfrentar os imprevistos que acontecem com quaisquer planos e projetos? Avaliando todas as circunstâncias eu me sinto ainda mais motivado a continuar?

Se depois do passo 7 você decidiu que realmente está disposto a ir atrás do seu sonho e trabalhar em seu projeto você deve montar um plano de ação para conseguir seus objetivos. O que eu preciso fazer, o que eu preciso estudar, que horas do dia irei praticar, como irei me manter financeiramente durante este tempo, que emprego preciso procurar e assim por diante.

Solicite Orçamento 160×160
SHARE
Previous articleComo Imigrar para a Austrália
Next article10 Diferenças entre os Estados Unidos e Austrália
Jerry Strazzeri
Jerry Strazzeri vive na Austrália com sua esposa desde 2006. Trabalha como Analista Digital na Austrália já tendo trabalhado em empresas no Brasil e Estados Unidos. Cidadão Australiano, junto com seu trabalho está concluindo uma graduação em Leadership. Junto com sua esposa Michelle, foi responsável por diversos sites na área de educação e TI e criaram o Brazil Austrália em 2006 para ajudar aqueles que estavam imigrando ou vindo estudar na Austrália. "Mas eu e a minha família serviremos ao Senhor" ~ Josué 24:15 Veja meu outro blog - Siga-me no Quora

15 COMMENTS

  1. Jerry, meus parabéns pelo blog!

    Uma sugestão: Já que estamos em período eleitoral no Brasil, seria muito interessante abordar em seu site uma matérias sobre política na Australia. É eficaz? como anda o governo de Tony Abbott? Etc.

    Um abraço, até mais!

  2. Post Irado!
    Sempre acompanho seu site.
    Esse post em especial, tive que comentar.
    Além de dicas sobre Austrália, esse post é dica para qualquer situação de vida.

  3. Sem dúvidas um dos melhores post’s de todo blog! Obrigado pelo texto Jerry. A propósito você ainda possui Instagram? Procurei aqui mas não acho. Abraços.

  4. Oi Jerry,

    Parabéns pelo blog conheci conheci agora e já gostei muito, queria tirar uma dúvida com você, já que você é de TI, eu sou formado em Redes de Computadores, porém a 5 anos 2 meses como Consultor SAP ABAP, queria saber se você tem algum conhecimento como anda as vagas de um ABAP aí na Austrália em relação a demanda de profissional e a média de salário, a impressão que passa aqui no Brasil é que profissionais de TI tem grande aceitação e que existe bastante demandas para consultores SAP, inclusive estavam terceirizando as demandas para Índia pelo alto salário dos consultores, em que você pode me ajudar nisso? Sou casado, tenho um filho de 3 meses inclusive hoje estou fazendo 30 anos, você sabe me dizer pela sua experiência na Austrália quais são as chances que eu tenho em conseguir morar e trabalhar na Austrália que é o meu sonho.

    Desde já muito obrigado!

  5. Que texto animal!! Muito completo e motiva a gente a cair um pouco na realidade e perceber que só um skilled visa não é a receita do sucesso. Vão muitas horas de estudo, pensamento forte e foco. Parabéns pela dedicação, com certeza estão orientando muita gente!! Aloha!!

  6. Jerry, muito bacana este site. Estava analisando minha situação, hoje sou profissional de TI formado aqui no brasil. Gostaria de saber se há alguma possibilidade de conseguir um emprego já na área de TI ai na Australia, mesmo que seja com um visto inicial de estudante.

    Abç!

  7. Muito legal!
    Desse jeito você está dando muitas dicas para quem planeja visitar a Austrália um dia ou mesmo para quem quer fazer por exemplo um intercâmbio!

    Parabéns!!!

  8. Estive em Perth no começo do ano (2014) e fiquei encantado não só com a beleza da cidade, mas sobretudo com o espírito cosmopolita e a tranquilidade. Isso indica educação, compromisso e dedicação de todos, por isso concordo com o que escreveu:

    “Eu sempre digo que, para conquistar mais, é preciso primeiro tornar-se mais, e para tornar-se mais, devemos começar o processo de trabalhar mais em nós mesmos e gastar menos tempo com outras coisas. E isso leva tempo, muito tempo e exige paciência, persistência, dedicação e principalmente humildade.”

    Verdade. Nada cai do céu e, mesmo que caia, é bom estar preparado.

    Penso em voltar: é que fiz amigos que me perguntaram por que não ficava mais algum tempo… achei uma boa ideia.

    Grande abraço!

  9. Ótimo post, tudo que eu li no seu post é 99.9% verdade, raras as vezes vi alguém se dando bem na vida por sorte. Tenho em mente ir para Austrália no meio do ano de 2015, estou em duvida entre Sydney ou Melbourne, não procurei nenhuma agencia ainda estou apenas em contato com um amigo meu que foi pra Sydney faz pouco tempo. Estou juntando dinheiro para conseguir pagar o curso, tenho em mente ficar 6 meses, se possível ir renovando o visto, aqui no BR sou formado em Analise e Desenvolvimento de Sistemas, espero chegar ai na Austrália e conseguir um emprego na área de IT, por isso estou lendo todos os seus posts. Parabéns pelo seu blog.

  10. Olá Jerry,

    Fantasticos seus post, tenho me interessado bastante pela idéia de morar na Australia, gostaria de uma opniao sua, Tenho 29 anos e sou formada em Ciência da Computação trabalhei 2 anos como Analista de Sistema e a quase 1 ano trabalho cmo DBA SQL, Tenho inglês bem avançado pois morei um ano nos EUA, Gostraia de saber se você sabe como está a demanda de vagas para esta área, tenho medo de não conseguir trabalho :s, será que consiguiria algum sponsor pra visto temporario ou Skilled Migration é muito dificil? Tambem sou casada meu marido tem 32anos porem nao tem graduacao (apenas tecnico em mecatronica sem experiencia na area), pois trabalhou muitos anos em financeiro de coperativas aqui no Brasil e ingles bem basico, será que consigo visto de spouse pra ele junto com meu?

  11. Perfeito, Jerry! Simplesmente me vi conversando com minha companheira sobre nossos planos de imigração: cada passo tem de ser pensado, tem de se estar preparado para eventualidades, tem de ser resiliente, tem de ter capacidade de renunciar a o que mundo oferece de bom durante um bom tempo, tudo isso em proveito de um mundo o qual não nos foi legado, mas, sim, haveremos de conquistar!

LEAVE A REPLY