Essa semana o Jornal australinao de Sydney Morning Herald fez uma matéria especial sobre o que pensam os estudantes internacionais que escolhem Sydney para viver.

Quase 9 de 10 estudantes recomendariam Sydney como um ótimo lugar para estudar e viver, apesar de reclamar sobre o alto custo da acomodação e do transporte.

O que os Estudantes Internacionais pensam sobre Sydney

  • 80% dos estudantes disseram ter gostado de estudar em Sydney
  • 88% deles recomendariam Sydney como um ótimo lugar para estudar
  • 66% dos estudantes trabalharam durante seus estudos
  • 82% disseram que foram tratados bem pelos seus chefes
  • 55% disseram que conseguiram um lugar bom para morar em Sydney.

A maior preocupação dos estudantes internacionais: 

  • Alto custo de vida
  • Encontrar trabalho
  • Conseguir falar Inglês

Em outubro de 2016, a Australia tinha 683,000 estudantes internacionais matrículados, sendo que 256,875 são só em NSW. A maioria desses – 72,429 vieram da China, seguidos pelos Indianos, Tailandeses, Brasileiros e Indonésios.

Sydney atrai mais de 50.000 estudantes para as universidades e mais de 50.000 para os cursos técnicos e escolas de inglês somando mais de A$ 20 bilhões na ecomomia do país.

A pesquisa foi feita para universidade UTS em 2016 e mostrou que os “Estudantes internacionais contribuem verdadeiramente para a prosperidade da cidade de Sydney e também enriquecema vida cultural ajudando nossa cidade a se tornar um lugar mais globalizado”
disse Clover Moore.

“Quando os estudantes voltam para seus países de origem, eles sempre encorajam seus amigos e familires para estudar na cidade. Alguns ainda voltam com outros familiares para obter mais desenvolvimento profissional. Isso ajuda Sydney a atrair e conquistar pessoas talentosas.”

A maioria dos estudantes tem uma boa experiência, mas alguns estudantes relatam exploração no trabalho, na acomodação, descriminação e isolamento como pontos negativos de sua experiência aqui.

Dois estudantes disseram que os “estudantes internacionais não são tratados da mesma maneira que os estudantes internacionais”. – Estudantes internacionais são tratados como números e dinhiero para o governo australiano e pelas universidades.

A estudante de pós da UNSW, Jing Su, 28, de Quanzhou do suldeste da China, ficou sabendo de Sydney nas olimpíadas de 2000.”Eu sempre quis ir para os EUA, mas eu tenho 2 amigos que vieram para Sydney e falaramq ue eu deveria ir para a Austrália que sempre tem praia e sol.

Ela também disse que foi fácil encontrar acomodação, mas que os custos são muito altos, os cursos são caros para estudantes internacionais, nós pagamos muito mais que os estudanets locais e temos que arcar com os custos de acomodação e viagem. É bem caro”.

“Quebrar barreiras entre diferentes grupos sociais é bem díficl, muitos dos meus amigos vivem em grupos dos mesmo país. Na China você não levanta a mão para perguntar algo para o professor, com medo de interrompe-lo.

Linus Faustin da Tanzânia, tem 22 anos e estuda comunicação na UTS mora na Austrália desde 2015. “Encontrar trabalho é um desafio, mas eu não acho que existe uma descriminação contra estudantes internacionais”. Mas reclama que estudantes internacionais não tem o mesmo direito ao transporte público mais barato. Estudantes internacionais já pagam mais para estudar, reclama ele.

Linus Faustin ainda diz que já sofreu racismo no transporte público, mas disse que não são só os estudantes internacionais que passam por isso.

Fonte: SMHe a Pesquisa da UTS.

Solicite Orçamento 160×160

1 COMMENT

  1. Estudantes internacionais nao pagam mais.

    O que acontece e’ que o estudantes que tem residencia permanente ou sao cidadaos tem parte de seus cursos financiados pelo governo atraves dos impostos da populacao. Que eu saiba, uma grande parte do imposto pago pelos estudantes internacionais e’ devolvido no fim do ano fiscal (mas acredito que a grande maioria nem ganhe muito acima de $18k, que e’ o teto para nao ter cobranca de imposto). Para a grande maioria dos residentes e cidadaos, isso nao acontece; muitos de nos na verdade pagamos ate mais imposto no final do ano fiscal, alem do que ja foi descontado de nossos salarios.

    A mesma coisa com transporte publico – ele e’ financiado pelos impostos.

    Nao existe nada de graca na Australia, todos os beneficios sao gerenciados com o dinheiro da populacao.

LEAVE A REPLY