A Austrália tem o maior salário mínimo, com os trabalhadores ganhando uma média de US$9.54 por hora. Depois vem Luxembourgo, onde os trabalhadores recebem pelo menos $9.24 depois de descontar todos os impostos. Em terceiro vem a Bélgica, com $8.50.

O relatório divulgado pela OECD em 2015, mostra a situação dos 27 países analisados em 2013. O valor foi calculado depois dos impostos e ajustados ao dólar americano.

Screen Shot 2016-04-08 at 9.56.57 am  Australia tem o Melhor Salário Mínimo entre os Países Desenvolvidos Screen Shot 2016 04 08 at 9

Fonte: weforum.org

 

Solicite Orçamento 160×160

6 COMMENTS

  1. Michelle, tenho visto constantemente matérias e notícias, fora os comentários muito positivos do pessoal que está morando na Austrália, sobre a boa fase econômica do país, revertendo em uma ótima qualidade de vida e boa remuneração mesmo em trabalhos não qualificados. No entanto, estudando um pouco a base da economia da Austrália, observei que é sobretudo exportação de minério, carne bovina e setor de TI, o que gerou uma certa curiosidade quanto a sustentabilidade da economia a longo prazo, visto que países bastantes desenvolvidos no mundo estão sofrendo medidas de austeridade.
    Dito isso, gostaria de saber se você tem uma opinião a respeito e como é noticiado esses temas por aí, porque nós aqui realmente ficamos alienados sobre medidas econômicas que não seja sobre o Brasil ou EUA.
    Abraços e desde já agradeço a atenção!

    • Olá Gostavo, muito boa a sua pergunta.

      Sim, aqui eles conseguiram criar um sistema de renda muito justo. E para ser honesta, até hoje eu não consigo entender com precisão. O importante é que a conta fecha há 25 anos e pessoas que trabalham em cargos que são considerados de “não qualificados” (não gosto desse termo, eu acredito que todos trabalhos precisam de muita habilidade para ser desempenhados bem) conseguem ter uma vida digna.

      Além dessas que vc citou, tem também a indústria de educação e o setor imobiliário, mas realmente a sustentabilidade é questionável. Aqui eles estão apertando os cintos, muitas pessoas já não estão mais tão seguras em relação a estabilidade do emprego, estão cortando alguns benefícios na saúde, educação e enxugando contas públicas. (Vale ressaltar que a crise deles é melhor do que a época prosperidade no Brasil)

      Eles sempre estão comentando nos jornais sobre uma possível crise, mas eu acredito que eles vão sempre manipular e segurar até onde podem para garantir que uma bolha imobiliária não estoure, primeiro pq muitos políticos tem interesses pessoais e segundo pq poderia falir o país.

      A verdade é que a Austrália não se preparou para os anos de vacas magras e agora estão meio que desesperados. A GFC não atingiu o país, o pós shock também não. Muitos economistas não conseguem explicar, e é por isso que a Austrália tem o apelido “The Lucky Country”, mas agente sabe que ninguém consegue viver só de sorte em sorte.

      Acompanhe o http://www.afr.com para ter uma melhor ideia do que se passa por aqui.

      Abs, Michelle 🙂

      • Faz alguns anos desde a crise de 2008-2009, que todos os anos falam que a Austrália vai entrar em recessão e acaba tendo crescimento maior que o esperado. Ano passado teve o crescimento de 3%, maior que EUA, Canadá, e outros desenvolvidos. Acho que é um país de sorte mesmo.

        • Concoerdo. A previsão é de recessão, mas a hora que vier também acho que será imprevisível a reação da população, pois a maioria das pessoas aqui nunca passou por uma crise.

          • Vcs que são religiosos, que eu tbm sou, acham de fato que a Austrália é um país abençoado por Deus?

  2. Queremos nos mudar do Brasil e se ano, a Austrália e uns dos destinos mais citados na nossa conversa. Sou administradora de empresas e tenho 25 anos, meu esposo não tem faculdade e tem 30 anos. Estamos a procura de um lugar que nos proporcione mais qualidade de vida e mais oportunidades. Qual é a melhor maneira d pedirmos o visto para a Austrália?

    Grata!

LEAVE A REPLY