Essa semana nos jornais da Austrália voltaram a falar sobre a possibilidade de vender o visto de imigração para levantar US$ 7.6 bilhões por ano. Mas as notícias não são muito animadoras.

A venda do visto daria o direito de pessoas de qualquer parte do mundo vir morar na Austrália e obter todos os benefícios dos residentes, os valores que eles gostaria de atingir seria algo em torno de US $ 35.000 a $ 45.000 por imigrante, para reforçar o orçamento financeiro do país.

Uma comissão ainda estuda a possibilidade e criou um relatório que será divulgado nessa sexta-feira, dizendo que se o governo não tiver bons parâmetros pra decidir quem entra na Austrália pode causar mudanças sem precedentes no programa de imigração e perder o apoio da comunidade.

A Coalizão solicitou à Comissão de Produtividade examinar a ideia como parte de um acordo firmado com o senador Liberal David Leyonhjelm em troca de seu voto sobre a reintrodução dos vistos de proteção temporária para requerentes de asilo.

O relatório conclui que os imigrantes dispostos a pagar pelo visto Australiano são mais  mais velhos e tem mais dinheiro do que outros imigrantes,mas são menos propensos a contribuir com economia do país.

A comissão disse que se a Austrália implementar esse visto, os candidatos mais qualificados vão procurar outros países para imigrar.

Ele diz que o valor $ 35.000 a $ 45.000 por imigrante seria menor em comparação com o imposto de renda que os imigrantes qualificados geram com os seus salários ao longo de suas vidas. A mudança da imigração qualificada por uma imigração comprada colocaria a  receita do país em risco à longo prazo.

Pra quem ainda não viu o artigo esta aqui: Austrália considera vender o visto de imigração

 

Fonte: SMH

Solicite Orçamento 160×160

6 COMMENTS

  1. Michelly, qual sua opinião sobre o tema?

    A minha é que não se deve entregar o visto em troca de dinheiro porque isso acabaria com a seletividade do país, além da qualidade, tanto em termos sociais quanto econômicos. O ideal é usar esse quesito como facilitador para imigrantes de já tenham um certo vínculo com o país e demonstrem que sua permanência nele será benéfica tanto para si quanto para a nação.

    Por exemplo, um indivíduo que já reside na Austrália há mais de 2 anos – ininterruptos, trabalha há pelo menos 1 ano (mesmo que em.varias empresas) e fala a língua nativa fluentemente. Esse seria um candidato excelente, assim como um imigrante que encontra um.sponsir, etc.

    Acho que a imigração é um caminho longo e que pode ser atenuado com essa questão da “compra”, que geraria receita e ao mesmo tempo não diminuiria a mão de obra qualificada. Pelo contrário, seria um incentivo à mais.

    O que não acho plausível é cancelar ou permitir apenas a compra, sem critérios.

    Grande abraço!

    Um.dos melhores blogs, senão o melhor.

    Parabéns!

  2. Michelle, sabe me dizer “em que pé” está essa questão da venda do visto de residente permanente?

    Aí na Austrália ainda estão falando disso?

    Pergunto pq a notícia foi de maio de 2015 e agora, em fevereiro de 2016, fiz buscas no google e não achei nada a respeito.

    Desde já te agradeço. E parabéns pelo blog, é excelente!

  3. Olá, Michelle!

    Poderia, por gentileza, dizer o que andam fala do sobre essa questão da venda do visto?

    No Google não há nada sobre o tema.

    Ouvi dizer que em março desse ano haveria uma posição do Governo, média te discussão com parlamentares, a respeito do tema. Todavia, infelizmente nada tem sido veiculado.

    Muito obrigado pela atenção!

    Estou no aguardo de sua resposta.

    Abraço!

    Att.: Rafael

LEAVE A REPLY