Connect with us

Brazil Australia – Estudar e Trabalhar na Austrália

Amigos na Austrália

Vida na Austrália

Amigos na Austrália

Hoje a tarde um dos primeiros amigos que fizemos aqui se mudou para Hong Kong, talvez por alguns anos, talvez de vez. Depois que alguém muda uma vez para tão longe, não se sabe mais onde irá parar.

Ficamos ao mesmo tempo felizes e chateados. Felizes pelas conquistas que ele tem obtido na sua vida pessoal, tendo se casado recentemente, como na vida profissional, mas tristes pela cadeira que vai ficar vazia nas tardes de domingo no Max Brenner de Manly. O pior de se mudar para fora do país é que quando você começa a se acostumar com o fato de ter deixado pessoas queridas em seu país e se mudado para tão longe, vez por outra você tem que se acostumar de novo com a partida dos amigos que fez ou tinha por aqui.

Percebi isso logo no meu primeiro ano ou um ano e meio de Austrália. Vim para a Austrália com minha namorada (hoje minha esposa) e meu melhor amigo do Brasil. Com o tempo aqui cada um começa a fazer uma coisa e a vida na Austrália, principalmente sem carro como eu estava no meu primeiro ano aqui, pode tornar os encontros menos frequentes. Contudo, após 6 meses em decorrência de alguns conflitos que tinhamos com sua então noiva acabamos dando um tempo (sim, amigos também dõa um tempo). Tudo corria até que bem, afinal amigo que é amigo briga vez por outra. Porém alguns meses depois recebi a notícia através de outra pessoa que ele havia voltado para o Brasil.

Apesar do tempo separado a notícia me pegou de surpresa. Da noite pro dia não tinha mais meu amigo por aqui e acredite ou não, a vida sem ao menos um dos seus verdadeiros amigos sempre fica mais difícil. Depois voltamos nos falar e por sinal hoje pela manhã passamos quase 2 horas conversando pelo Skype, eu, a Mi, ele e sua nova esposa (muito mais legal, gente boa e simpática que a anterior), isso por que já havíamos nos falado no dia anterior. Sempre tento convencê-lo a voltar pra cá de vez, mas com a vida boa e bem sucedida que ele leva no Brasil acho pouco provável que isso aconteça.

Depois foram muitos outros amigos que foram partindo, cada um de uma vez e por motivos diferentes, e pouco a pouco, ou melhor, amigo a amigo, você vai percebendo como em alguns aspectos a vida aqui é bem menos estável. Sim, pois no Brasil você tem sua família que você sabe que vai estar sempre lá e que se mudarem provavelmente acabam levando você junto, ou seus amigos, alguns dos quais que você conhece desde o primeiro dia de escola e com os quais você tem a liberdade de abrir a geladeira e comer o último pedaço do pudim.

Aqui você nunca sabe direito o que vai acontecer. Um dia você simplesmente acorda com a notícia no Facebook: Obrigado a todos por estes 6 maravilhosos anos na Austrália, mas agora estou voltando pro Brasil… indo pra Inglaterra, Itália e até Emirados Árabes.

Isso tudo traz saudades, mas me fez refletir em quantos amigos maravilhosos Deus nso deu desde que chegamos aqui e como Deus foi cuidadoso ao ponto de que sempre que um amigo se foi, seja qual for o motivo, Deus sempre colocou novas pessoas em nossa vida (não em substituição) que ajudaram e ajudam a tornar a nossa vida na Austrália muito melhor e mais agradável.

De fato, os amigos que você fizer aqui irão contribuir demais sobre como será sua vida na Austrália. Portanto saiba escolher com sabedoria.

O mais interessante de tudo foi que nunca acreditei em network como forma de se fazer amizades. Network é algo que você faz para atrair pessoas que possam lhe ser interessantes por qualquer motivo e que duram apenas o tempo que durar o interesse. Nunca fiz isso nem sai desesperado pelos mais diversos grupos em busca de fazer algum tipo de contato, pois sei que amizades verdadeiras, aquelas que você pode realmente contar, raramente nascem assim. Deus foi pouco a pouco colocando pessoas em nossas vidas aqui, muitas vezes das maneiras mais não convencionais.

E assim foi. Hoje, sou grato a Deus por mais este suporte que ele nos proveu e tem provido aqui, de não apenas manter nossos amigos, dar novos, mas acima de tudo por manter nossas amizades, mesmo que elas estejam há mais de 15 mil km de distância.

“…melhor é o vizinho perto do que o irmão longe”. Provérbios 27:10

Continue Reading
You may also like...
10 Comments

10 Comments

  1. Ypuã

    January 11, 2012 at 1:11 pm

    umas das coisas que mais tem pesado no momento é deixar os amigos pra tras !!
    Otimo post Jerry !!
    abc

  2. Eduardo

    January 11, 2012 at 5:05 pm

    Jerry,
    Tem sido reconfortante ler seus posts. Eu e minha esposa acabamos de chegar em Sydney, onde ela cursa um MBA na Macquarie. Os amigos e família, foram as coisas mais difíceis de deixar para trás, quando decidimos que passariamos inicialmente 15 meses na Australia.
    Pude sentir nas suas palavras o verdadeiro respeito e carinho pelas pessoas que passam (e ficam) na sua vida, e o que posso lhe dizer é que a vida nunca fecha a janela para ninguém, sem abrir uma grande porta.
    Ver o copo meio-cheio tem sido meu exercício diário, e suas reflexões e comentários são os mais completos e lúcidos, alem de sem vaidade, que vi ultimamente em publicações do gênero.
    Saiba que você tem muitas pessoas que não tem vergonha de admirar o seu trabalho. Eu sou uma delas.
    Fique com Deus!

  3. Wagner Nunes

    January 13, 2012 at 1:06 am

    “De fato, os amigos que você fizer aqui irão contribuir demais sobre como será sua vida na Austrália. Portanto saiba escolher com sabedoria.”

    Pura verdade. Às vezes me perguntam se tenho algo contra amizades com estudantes pelo fato da maioria dos meus amigos também serem residentes ou cidadãos e a resposta é simples: não sou eu que escolho, eu apenas cultivo as amizades que ficam.

    Abraço,

    Wagner
    http://blog.wagnernunes.com

  4. Rafael Magalhaes

    January 12, 2013 at 4:06 pm

    Oi. To indo praí passar duas semanas em abril. Vou realizar um sonho. Vou sozinho. Quero muito conhecer Hillsong, curto demais os louvores e o estilo de adoração. Gostaria de fazer um algum contato por aí pra não correr o risco de me sentir tão só.

  5. porfirio martins da costa

    January 19, 2013 at 1:54 pm

    o meu sonho e trabalhar na Australia sera que algem me pode ajudar?

  6. marie

    February 15, 2014 at 6:03 pm

    ola sou cozinheira e o meu sonho e trabalhar na australia preciso duma ajudinha

  7. Alex Gomes

    February 28, 2016 at 4:01 pm

    Gostaria de fazer amigos na austrália moro no japao e em breve estarei na austrália????????????????e gostaria de fazer amigos para conhecer melhor ????????

  8. solange medeiros vilaça

    June 21, 2016 at 4:52 pm

    ola boa tarde eu e meu esposo temos um objetivo de ir trabalhar e viver na obra de Dues somos evangelicos

  9. Jose Cláudio de sousa Abano

    November 9, 2016 at 11:10 pm

    ola sou claudio albano gostaria de uma oportunidade de trabalhar e morar fora do Brasil com a minha família, trabalhei na antártica como encarregado de manutenção de pintura e no hospital unimed também como encarregado sou formado em pedagogia

  10. ruth

    November 30, 2016 at 3:09 am

    Quero conhecer a Austrália…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

More in Vida na Austrália

Posts da Austrália




To Top
%d bloggers like this: